26/01/2011

Fazendo o bebezinho dormir

Aviso: este post, acredito,  só vai interessar às mamaes de bebezinhos...

 foto daqui
Nossa cama nao é muito grande. Mal cabe o casal, sabe? Marido engordou tanto depois que casou comigo... (quem mandou ser boa cozinheira?!! cof cof..) Por isso tive que tomar uma decisao um tanto drástica: tirei o bebezinho de lá! Nao dá pra caber 3. Porque é assim, desde que me entendo por mae, meus filhos dormem comigo na cama por booooons meses. E marido vai sempre dormir em qualquer outro lugarzinho na casa. Lá no Amazonas, marido ia pra rede, pro colchaozinho rente ao chao, pro sofá, pra casa da outra, enfim.. Foi assim com Laura, há 16 anos, com Joao, e tem sido com Pedrinho agora, 14 anos depois! Sim, desde segunda feira meu filhao nao tem mais 13 anos e pois nao é que voltou com a turquinha????!!!

Mas voltemos ao bebê e a cama e ao marido enjoado de dormir mal por longos seis meses num mínimo colchao desconfortável onde seus pés, de homem de 1,90m, ficavam de fora e onde coloquei minha querida Márcia pra dormir.. tadinha da minha visita...

É que marido tava reclamando. E Pedro nem ligava pras reclamacoes do pai, ficava lá só curtindo a mamae quentinha do ladinho dele, tendo sempre à sua disposicao um leitinho gostoso e morninho. Quando fazia qualquer barulhinho, lá estava ele, tal qual um bezerrinho grudadinho na vaquinha... que lindo! O problema era que o molequinho, acostumado que estava a essa gentileza de toda madrugada, acordava de meia em meia hora e nao tinha cristao que dormisse bem. Mamae Nina, que tem que trabalhar em casa feito uma condenada porque onde inventou de morar nao tem empregada doméstica, acordava como um zumbi e ele dormindo a manha toda... Mas eu sou uma mae muito besta, minha gente. Nao canso de repetir isso. Tenho uma amiga muito querida que diz que tá apanhando hoje do bebezinho dela, dois meses mais velho que Pedro, porque é mae de primeira viagem, que eu nao devo passar pelos mesmos problemas... que nada, digo a ela, se vacilar, tu tem mais experiência e tato pra lidar com teu filhinho do que eu, mae de três! É que cada filho, é um filho, né nao? E eu sou a mesma mae bobona de sempre. Filho no colo o dia todo. Sem chorar. Contando historinha pra dormir no colo. Indo pra caminha da mamae e mandando papai pras cucuias. Mas aí, vim finalmente ouvir o que minha mae dizia há 16 anos: "minha filha, nao deixa a Laurinha muito no colo. Vai acostumar mal ".  Nao, nao acredito nisso! Nao se acostuma  alguém mal dando amor e cuidado e atencao. Mas um pouco de razao minha mae tinha. Tem que ter a hora de dar um basta em certas mordomias desses bebezinhos.

Tudo continuo fazendo igual. Porque acredito na forma como crio meus meninos. O que mais pode compensar uma mae esforcada em dar o melhor de si aos filhos,  mas em dúvida do que fazer com o mais novo, do que ouvir da sua filha de 16 anos que você é uma mae muito completa, que ao comparar a mae dela com outras, ela só pode enxergar cada vez mais que sua mae é a mais legal que existe, e que você nao precisa mudar com o seu atual bebezinho, uma vez que se você agir como agiu com ela e com o irmao, você só demonstra que tem amor pra dar e que esse amor dura pra sempre?!! 

"Segura a mamae porque ela tá levitando ao ouvir a filha falar assim".

Tá, entao, eu continuo do mesmo jeito. 
Só nao sabia como colocar meu bebezinho pra dormir no seu bercinho. Porque isso, eu até queria...

Intrigada pra saber como outras maes se viram pra conseguir essa facanha, ouvi de tudo. De luzinhas piscantes como móbile, móbiles musicais, até o bendito deixa chorar... esse eu odeio! Nao tem quem me faca acreditar que dá certo. Minha sogra diz que fazia assim no tempo dela. Minha mae fazia assim no tempo dela, todas as mulheres faziam assim no tempo delas, mas EU NAO CONSIGO deixar meu filho chorar feito um desesperado num bercinho abandonadinho num quarto!
Minha sogra diz que colocava o filho pra chorar no corredor enquanto ela e o marido iam pro quarto dormir. """Nós tínhamos que trabalhar no outro dia, Nina! E reconheco, fui uma mae brutal" . Foi mesmo! A prima do marido, que dormia do mesmo jeito cruel, ou seja, chorando por horas, dentro de um moisés no corredor, disse que nao sabia o motivo de por longos anos, ter medo de dormir sozinha. Foi fazendo uma vasculha na memória, que descobriu a razao...
Eu já tentei isso. Nao dá, eu nao consigo. Meu coracao parece que vai se estracalhar. Daí percebi uma coisa: a gente deve fazer somente aquilo que nosso coracao quer. Por isso, pego no colo mesmo!

Mas houve uma mudanca por aqui.

Entao, pra encurtar a história. 

Depois de mais uma noite muito mal dormida, conversando com uma amiga do prédio, ela me disse assim: Olha Nina, minha filhinha (1 ano) dorme há muito tempo no bercinho. Eu encho a barriga dela de papinha, todo dia, no mesmo horário, à noite, e ela vai direto pra caminha. É um ritual".

Fiquei pensando: Meu Deus, outra paranóica e tirana.

Mas aí, depois de um tempo me dei conta da palavrinha mágica que ela proferiu.: ritual!
Era isso, tinha redescoberto a pólvora! Crianca precisa de ritual! Ritual!!! Como eu, a super mamae, nao havia lembrado dessa palavra?

Entao é assim, há 4 dias que durmo muito bem, obrigada. 
O segredo?

Pontualmente às 7 horas da noite, Pedrinho come sua papinha. Explico: continuo amamentando-o, mas comecei com a papinha (batata, cenoura, carninha, ervilha, essas coisas. Obs.sem sal, é claro! e com um pouquinho de suco de laranja) há 3 semanas e ele ADORA!! Come tao entusiasmado que me deixa até preocupada se ele ficou passando fome esses meses todos :-(
Mas, mudei o horário da papinha pras 7 da noite por causa da vizinha, nao antes de perguntar ao pediatra se tá tudo bem com o horário.
Já de luzinha apagada. Deixo só uma lampadinha  noturna na tomada.
Logo em seguida, ele mama um bocadinho da mamae vaca leiteira dele, ouvindo uma musiqunha ou uma historinha curta que gosto mesmo de fazer e cama! Pra sua cama!
Aí, comeca o choro. No primeiro dia, 20 minutos chorando. Eu ia lá, fazia um carinho, às vezes carregava no colo pra acalmar, mas voltava a sair do quarto. Coracao doído, mas aguentando firme.  Segundo dia, ele chorou uns 10 minutos... ontem, ele nao chorou nada! Apenas dormiu, sozinho, e quase a noite toda! 

É claro que ele tem acordado de madrugada, mas como o berco é encostado na minha cama, às vezes, basta um toque na maozinha dele, que ele adormece. Às vezes, mama um pouco, mas volta pra caminha e dorme. Tem acordado duas vezes apenas, e isso é ótimo, pra quem acordava de hora em hora antes do ritual...

Entao: Fidelidade com o horário da papinha, barriguinha cheia, carinho, mamadinha, luzinha apagada, bercinho. No segundo choro, mamae embala, faz carinho, volta pro bercinho. Tá criado o ritual! 

Nenén dorme bem. Mamae  também e papai volta pra caminha, feliz da vida. 
Tá funcionando pra nós. Espero que você encontre seu ritual também.

* * *

Uma outra coisa que ajuda pra pegar no sono é um banho morno seguido de massagem. Mas, observacao: massagem nunca depois de comer!

12 comentários:

  1. Ai Nina! Que "brincadeira" foste arrumar depois de treze anos, hein? Até parece eu, quando o rapaz nasceu depois do mais velho ter doze anos. Pensei que não soubesse mais as "artimanhas" dos bebês, mas a natureza ensina (ou a vizinha). Papinha e CAMA! hehehe

    ResponderExcluir
  2. Bom sono para você e para seu bebê!

    Não sei como opinar porque minha pequena com 15 dias já dormia da meia noite às 6h, sempre na sua caminha. Ela nunca acordou à noite, nem para mamar, nem para reclamar. Tive sorte!

    Hum... pensando bem, ela sempre teve uma rotina. Dormir durante o dia, sempre no claro e no lugar mais barulhento da casa. À noite, sempre, shantala e banho morno. Até ela fazer 1 ano, fiz massagem nela TODAS as noites, antes do banho. Depois, pijama, brincar um pouquinho, mamar e dormir. Ela geralmente dormia mamando, colocava no berço e ela só acordava no outro dia.

    Montão de beijos, xará!

    ResponderExcluir
  3. Nina minha querida amiga, imagino que tenha sido mais dificil pra vc do que para Pedrinho, maezona do jeito que és, sem contar que é tao bom ter um bebezinho dormindo proximo a gente. Aqui em casa também temos um ritual com o Lipe, sopinha, musica e dança (o molequinho adora dançar), banho morno e bercinho, acontece que o pai dele trabalha uma noite e outra não, e eu aproveito pra tentar dormir pertinho do Lipe, mas o danadinho não gosta, prefere dormir sozinho.
    Bjus

    ResponderExcluir
  4. Nossa, passei por isso tudo. Marido reclamaaaava. Ainda hoje e bem ás vezes ela chora a noite pra ir dormmir na nossa cama, mas isso nós deixamos, até porque também ficamos com saudade de dormir abraçados com nossa ursinha...

    Você tá indo bem, menina.

    Beijos, beijos.

    ResponderExcluir
  5. Que mãezona você é, Nina!
    Se eu fosse teu bebe ia chorar todas as noites sentindo sua falta. hehe
    Mas, estás certa, tem que ter este ritual, já está na hora, senão o papai não aguenta tanto tempo, né!
    Também fiz todo este processo com o meu filhote, mas sempre eu é que ficava com ele no seu quartinho até adormecer bem. Ia do carrinho para o bercinho porque maridex nunca cedeu lugar na cama, é mesmo um egoísta e sempre disputou espaço com o filhote, mas eu ficava com ele no quartinho dele até o sono pegar firme e de noite, com simples chorinho eu já estava ao seu lado.
    bjs cariocas

    ResponderExcluir
  6. rsrs, tá vendo Pitanguinha, onde fui amarrar meu burro?! mas entao, tu fez igual né mocinha??? eu to curtindo mesmo viu? é bom demais ter um bebezinho em casa :-)

    Nininha, xará, sempre te vi como uma ótima mae, agora, melhorou ainda mais, q ritual lindo!

    Keury minha irma-amiga, filho de peixe, peixinho é, né nao? o Felipe já é entao um pezinho de valsa? se puxar a mae, vai longe esse menino :-) e já tao independente, dormindo sozinho, te mete...

    Marcinha, a pequena princesa deve é gostar de dormir agarradinha com os dois ursoes queridos dela :-)

    oohh Beth, a gente sempre faz tudo pelos nossos pequenos, né? o que mae é capaz de fazer, nao tá no gibi... eu tbm, antes de ser mae achava q iria dormir a noite toda sem ouvir menino chorar, eu era mt dorminhoca... q poderia ser uma mae nao mt boa, mas q nada, no primeiro gemido ou movimento no bercinho, a gente já tá de pé.. mae é mae...e a natureza, como diz pitanguinha, ensina mesmo.

    bjs meninas!

    ResponderExcluir
  7. Nina querida, se você colocar o Pedrinho na cama que eu dormi, ele vai sonhar como um anjo!
    Mas a sua solução pareceu mágica, me fez até lembrar de um post que você escreveu sobre um desenho animado em que o personagem jogava um pozinho mágico pra criança dormir...
    Que maravilha ele estar se acostumando tão bem a este ritual, já gravei na memória pra quando eu tiver o Michael Júnior, ha ha ha. A propósito, ele chega no sábado aqui com o sogrão, tô super happy! Amanhã vai ser o dia do salão de beleza ;) ficar gatinha pro meu bem!
    Saudades de ti querida!
    Beijos
    Márcia

    ResponderExcluir
  8. Ai Nina que saudades me deu da minha cria...Tive 6 filhos...5 homens e uma menina.Acho que fui super mãe também.Levantava e já estava trabalhando.Nunca dormiram na minha cama durante a noite, mas as tardes quando sobrava um tempinho, descansava abraçado com pelo menos dois.è bom demais curtir os filhos, passa rápido e a energia que eles absorvem desse envolvimento, os envolverão para sempre com uma segurança espiritual e emocional.Hoje me regalo com os netinhos e não abro mão de paparica-los....é o melhor da vida sem dúvida.
    Abraços para vc e seu bebê fofo

    ResponderExcluir
  9. Olá
    Será que o maridão engordou para ocupar algum espaço que deseja????
    Filhos ocupam tanto espaço que o casal vira família e o par fica sem espaço para se durtir...
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Acho que tô com vontade de ter um bebezinho...só pra chamar de meu! rsrsr

    Nona, vou preparar 10 peças de roupas e vender no site. Já preparei os moldes e sábado vou pra americana comprar tecido. Não estou fazendo em quantidade, independente que a pessoa vista G ou GG ela pode me enviar um email dizendo seu tamanho que ela vai receber sua roupa linda maravilhosa. Prefiro trabalhar assim, pq daí acaba tendo mais qualidade.

    Bjos maravilhosa!

    ResponderExcluir
  11. Meus filhos nunca dormiram na minha cama, mas tenho o berço do menor no meu quarto. Aqui o ritual é deitar na barriguinha da mamãe e ficar bem quietinho,até adormecer. Que bom que achou o seu!
    Bj
    Adri

    ResponderExcluir
  12. NIna, meus filhos têm uma diferenca de idade de 7 anos.
    Fruto das inúmeras tentativas de engravidar.Mas, nenhum deles nunca dormiu comigo. Eu tinha esse ritual...Até porq ue, Nina, se eu nao durmo 8 horas, eu nao consigo fazer nada...Meu humor fica insuportável...

    ResponderExcluir