12/01/2011

Eu tenho três filhos e dois sao meninos! Socorro!!!!!!!

Todo mundo gosta de falar que criar meninas dá trabalho. Dá nada!!!! Meninas você entende. Tem afinidades, sabe mais ou menos o que dizer a ela porque mais ou menos, já passou pelo que ela passa. Isso se você que estiver me lendo for mulher. Mas se você tem filho homem, vou te contar viu? Nao é fácil nao.
Quando o meu filho era bebê, por exemplo, eu perguntava ao pai pra que lado deveria colocar o bilubilu do menininho na fralda... o pai me olhava com uma cara...

O meu Joaozinho teve umas fases bem complicadas. Tudo comecou na temida adolescência. Uma das fases dificílimas foi a da mentira. Ele já nem conseguia mais falar a verdade, complicadíssimo... deu uma melhorada, tá quase, digamos, 80% melhor. Outro dia ele me falou que gracas a um amigo dele, que tudo fala pro pai, ele aprendeu que é melhor sempre falar a verdade. Gostei. Fiquei apenas pensando: putz, bato nessa tecla desde que menino nasceu, dou o máximo de mim pra mostrar o que é certo, pro moleque vir me dizer que foi gracas a um amigo que... enfim. Mas aí  o óbvio bateu na minha cara: Mana, acorda! Agora ele tá na fase de se influenciar com a turma dele. Tenho mais é que dar gracas a Deus pelos amigos terem boa influência sobre meu menino e dos meus filhos terem bom faro pra bons amigos.
Mas as influências nao param por aí.
Lembro do meu Joaozinho, tao bonzinho, quase inocente, com o presente comprado pelo pai, que adora um descontinho em loja de second hand, chegando em casa pra me mostrar todo orgulhoso a nova bermuda: Amarelo ovo, de cintura que batia na axila do menino. Olha mae o que o papai me deu. Enquanto eu escondia o meu riso, ouvia Laura resmungando: Olha mae o que o papai me deu, essa geringonca eu nao vou usar nunca, de que época papai desenterrou isso? falava ela enquanto me mostrava uma calca comprida bem anos 80, cintura alta, a velha Bag, largona e com canela afunilada,  na cor, branca! E Joao rebatia: Laura, nao fala assim, foi o papai que te deu...

Hoje, o meu Joaozinho nem parece o mesmo, tao vaidoso que está. Dessa fase da bermuda batendo na axila só sobrou o riso envergonhado falando do pai ao lembrar: é, papai é doido mesmo e, coitado,  nao tem muito bom gosto... Daí, surge o menino novo na minha frente, com suas piracoes com roupa. Só quer andar bonito, só pensa em moda o dia todo, vigia o que eu e a irma usamos e vive dando palpite sobre o que fica bem ou nao na gente. Inventou de trocar os óculos de grau, normalzinhos e simples que tinha, por  uns enormes, pretos, só porque estao na moda. Gracas a Deus a calca jeans subiu um pouquinho mais (nao até a axila, claro), porque antigamente, a calca mostrava a cueca, o que ele dizia ser altamente na moda, bacana, gangster. Socorro! Em compensacao, vive me pedindo que dê mais uma apertadinha nas pernas da calca, porque menino antenado que se preze nao usa calca frouxa. Como gangster... socorro!! (2).

De vez em quando me deixa de cabelo em pé, com sua pequena e mínima rebeldia. O quarto é uma bagunca! Roupa por todo o lado e mais parece um campo minado, nao tem onde pisar, cheio de embalagens de chocolate pelos cantos. Nao gosta de estudar, só faz o básico, o que é importante de verdade fazer pra escola. E só! Ainda consegue boas notas, nao sei por qual milagre... as professoras costumam gostar muito dele, desde muito pequenino era assim. Outro dia ele teve a coragem de me falar que paquera todo mundo, inclusive a professora: mas foi logo no início mamae, a professora percebe a gente, ela sabe que todo mundo faz isso e nem liga, até no Facebook a gente faz milhoes de convite e ela recusa todos, disse que quando a gente tiver 18 anos, ela vai aceitar todo mundo...   A professora é cabeca! E de fato, muito bonitinha e querida!

Por causa do amigo que fala tudo ao pai, ele decidiu me falar tudo. Tudo até demais. Tem hora que peco: Ei menino,  dá pra me contar menos detalhes da tua vida amorosa???  Sim, caríssimas, vida amorosa ao 13, quase 14  anos! Outro dia abriu o jogo: mae, tenho uma namorada! O que menino? que papo furado é esse?? É sério mae, ela é turca e quer te conhecer. Meu Deus, turca? O pai dela sabe disso?????

Lá vem a menina conhecer a "sogra", uma pequena muito fofa e eu: teu pai sabe desse namoro, menina? Nao dona Nina, ele nem pode sonhar com isso.. quase tive um troco na sala e falei que ela deveria contar aos pais... passados alguns dias, ele me chega falando que o namoro acabou, provavelmente a turquinha nao encarou o pai brabo...
Desde entao, ele me diz sempre: mae, amanha vou estar de namorada nova, me aguarde... os amigos até riem dele porque da última vez que ele falou isso eu disse na frente da turma: todo dia tu me fala a mesma coisa  Joao e até agora, nada..
Mas sim, teve umas quatro ou cinco "namoradas" desde a turca, e confessou  já ter namorado um bocado antes dela. Gente, o que é isso? Puxou  à  mae quando jovem, abafa!

Tem dias que me deixa brava demais, quando responde torto, p. ex. Já tivemos dias piores, dias de eu me descabelar  de verdade, chorar como uma louca, querer dar umas palmadas e pensar seriamente em ir a um terapeuta, dias de ver tudo acabar na geladeira, pensar em colocar todos os doces trancafiados num armário à sete chaves, dias de muita mentirinha, de cara feia, de bater de porta, de resmungos e muxoxos... dias de adolescência!

Aí, assim, do nada, ele vem e faz uma gracinha qualquer e escreve numa plaquinha de aviso que tenho na cozinha:
Esses sao para as minhas mulheres favoritas que amo:
Com uma barrinha de chocolate amargo, nosso preferido, meu e da irma, a Laura.

Sim, tivemos fases complicadas, meu filho e eu.
Mas ele se revela a cada dia mais e mais carinhoso, amoroso, atencioso.
E eu fico na esperanca de que a fase terrível passe...

E o que vocês estao pensando do bebê? O Pedrinho?? Tao pequeno e já mostra que veio a esse mundo pra encantar: as mulheres, maes dos bebês que fizeram comigo o curso e nos encontramos de vez em quando, nao lembram o nome de bebê algum, mas todas, sem excecao, lembram do Pedro e nunca esquecem seu nome. Todo mundo admira-o e diz que é um bebê muito fofo. Uma diz sempre, mas esses olhos sao muito charmosos... Outro dia Pedro estava encantado olhando pro lado num outro curso que fizemos, eu tentava a todo custo virá-lo pra fazermos alguma coisa e percebi a razao. Adivinha quem estava do seu lado? Uma pequenina, ruivinha, olhos azuis e dois meses mais nova que ele.
Tisc tisc.
Tao novo e já paquerando.

E ainda tem o irmao mais velho que sempre diz:
Mano, sou eu quem vai escolher as tuas roupas! Tu vai ficar ainda mais gato...


Eu nao aguento.
Nem Laura...

16 comentários:

  1. Eita Nina, este universo eu ainda vou experimentar, mas concordo contigo de antemão que deve ser mais fácil lidar com meninas, é como passar pra frente um manual de instruções que recebemos das nossas mães...
    Boa sorte com seus Boys minha linda!
    Bjs
    Márcia

    ResponderExcluir
  2. Hehehe - esses seus meninos sao poderosos, hem? :-)
    Beijos, Angie
    P.S. Eu adorei os óculos de aro escuro do Joao :-)

    ResponderExcluir
  3. Ohh que fase!!! Pensando bem, acho que menina deve ser mais facil mesmo. Nunca parei para pensar. So sei que amei ler seu texto e saber um pouco mais sobre essa fase numa visao de mae. E interessante e a fase e amesma por quais ja passamos, mas sao geracoes diferentes, novas girias, nova moda, novos gostos musicais.... ai me sinto velha ja! kkkkkkk

    bjuss

    ResponderExcluir
  4. Oi Nina,
    pois, minha mãe sempre diz que é mais fácil criar 10 filhas do que um filho. Ela reclama que os guris cedo ficam com aquele topete de homem, acham que não precisam dar satisfações... enfim...
    Adorei o texto! Como todos os teus escritos encantador!
    A fase difícil logo passa! Daí ficará o carinho e o amor que ele tem e aprendeu contigo!
    Beijão

    ResponderExcluir
  5. Ai, Nina, adorei ler isso por aqui sobre os teus meninos, pois eu que tenho apenas um, o Daniel e que já tem 25 anos, sei bem o que você nos conta. O meu Daniel foi quase como o teu João,ou seja, namorador, bagunceiro, não quer nada com a hora do Brasil, tem um carisma enorme com as garotas e todo mundo, está vaidoso demais e completa com carinho de vez em quando. Mas me deixa de cabelo em pé quando diz algo que eu ou o pai já havíamos falado para ele fazer daquele jeito, mas filho é assim mesmo. Ouvem mais o pipoqueiro da esquina do que a nós.
    E te cuida, porque a coisa só começou, daqui há pouco vem as japinhas como aqui em casa (namorou duas japas), começa um curso e pula pra outro e inventa toda hora uma novidade. Mas eles são lindos, né mesmo!?
    beijãozão carioca

    ResponderExcluir
  6. Acho que criar 3 é dificil sendo menino ou menina... mas nao posso afirmar que isso seja verdade, mas posso dizer que criar 3 é complicado ja que tenho 3 meninas...

    Boa sorte ai!
    beIJOS

    ResponderExcluir
  7. Eu tenho dois meninos e sinto falta de uma menina exatamente por isso que você descreve, pois me entendo perfeitamente com a minha sobrinha, parece que falamos a mesma língua. Meus filhos são pequenos ainda e não sei como serão ao crescerem, já ouvi de tudo, desde que os meninos são mais apegados à mãe até que eles nos deixam pelas namoradas e, sinceramente, não sei o que esperar, por isso procuro dar carinho ao máximo e aproveitar essa fase agora, pois talvez eu os perca para o mundo daqui há uns tempos.
    Seu post é lindo, feito com o coração, você é uma mãe maravilhosa!
    Beijo,
    Adri

    ResponderExcluir
  8. Ai Nina, que post bacana e divertido! Fiquei me colocando no seu lugar daqui a alguns anos quando o Miguel chegar na adolescencia. Sabe, eu adoro ser mae de menino, apesar de ter um milhao de duvidas de como lidar com ele. As vezes me pego pensando, se vou saber cuidar de uma menina, afinal ainda nao descobri o sexo do meu bebê. Mas, pelo que vc disse é mais fácil, pelo menos para as maes, né? rs
    Beijos

    ResponderExcluir
  9. VC TA CERTA..O meu tem 17 anos mas nao fala em namorada..eu o acho bem timido...mas, em compensacao..oq uarto..cheira a mofo, roupas everywhere...e o meu marido enloquece

    ResponderExcluir
  10. adorei... belo post, eu tenho so a mary, nao penso em ter outro filho, mas pra mim ja so a mary vai me dar mtos cabelos brancos antes do tempo... a guria vale por dez moleques!!! rsrsss
    bjus

    ResponderExcluir
  11. kkkkkkkkkk
    ai Nininha, só rindo mesmo, e vc bem sabe que eu tambem tenho dois, que loucura que é. Caio já está começando a ficar chatinho e super implicante e olha que só tem 11 ainda, Pedro muito na dele, mas já fico aflita de me ver com eles nessa fase que Joao está...

    Queridissima beijins:*

    ResponderExcluir
  12. Niiina,que saudade!
    Nossa mas o João virou Restart,é?! ahahahah
    Óculos grandes, calças apertadas.. mó restart seu Joãozinho,hein! xP
    (Restart = banda brasileira que usa roupas assim e supremamente coloridas) - acho que a moda não é só aqui no Brasil né.

    Eu não sei muito, até porque só tenho 19 anos e não tenho experiência de mãe como você e as mamães que comentam aqui.
    Mas você é uma ótima pessoa e ótima mãe - afinal, criou a Laurinha super bem *-*
    Aqui em casa somos 3, 2 meninas e 1 menino. Mas nós nunca fomos assim de sair e namorar, sempre fomos comportados, mas minha irmã é 'a esquentadinha' dos filhos! E sempre tem um assim ahaha =3

    Mas tenho certeza que é só uma fase!!! Afinal, 13/14 anos... oxe,tão pequeno!!
    Eu sei que às vezes deve ser perturbador ele falar algumas coisas ahahah mas ouça,é melhor do que um filho que não fala nada (sério). Dê apoio à ele e tente conversar e mostrá-lo que a vida não é só isso ahaha - e ele pode parecer ignorar,mas um dia isso vai atingí-lo!!!

    Seu trio vai se sair muito bem, você vai ver!! =)
    Amo vocês!!!
    ;***

    ResponderExcluir
  13. Ola sou uma mama de Portugal e estou a adorar o teu blog, bem que emocionante deve ser mama de 2 meninos e meninas.
    Concordo com o que diz, sobre a diferença das meninas e meninos, eu sou mama de um menino de 3 anos e sei o quanto é dificil, os temperamentos são diferentes as meninas aceitam melhor a mae, o menino parece que goza.
    E dificil sim infelizmente tenho pessoas que nao sabem o quanto é dificil educar e cuidar de meninos, o temperamento deles são masi fortes e cheios de personalidade...
    Adorei o seu Blog e vou acompanhar do outro lado do Atlantico...
    E vou deliciar me e preparar me para a minha 2 etapa ser mama novamente...

    Bjs

    Ana Lisboa

    ResponderExcluir
  14. Olá Nina! Estou estreiando por aqui hoje, mas já leio seu Blog tem algumas semanas. Foi uma dica da Adriane ;-), tenho me sentido mt bem, especialmente qd encontro temas em comum, que despertam meu interesse ou vao ao encontro de minhas necessidades. Também tenho 3 filhos, ainda estou me acostumando a essa nova realidade; tenho uma menina e um menino, e agora estamos esperando mais uma MARIA, foi um susto, mas aos poucos temos nos acostumado em sermos pais de 3 criancas. Acho que menina tem uma conexao par conosco, e os meninos é algo ímpar, é maravilhoso viver a maternidade sobre esses dois aspectos. Um abraco de uma conterranea, ainda meio perdida em terras germanicas. Keila

    ResponderExcluir
  15. Oi Keila! seja mt bem vinda :-) Ahh a Adriane te passou o blog? é uma querida mesmo. Como assim conterrânea? Tu nao é de Manaus, é?
    Se for, ahhh que boommmmmmm!

    A adaptacao ao país vem com o tempo, nao precisa ficar mt na paranoia, vc vai comparando aqui e ali, procurando as coisas boa nisso ou naquilo, matando a saudade da familia com telefonemas, e viagenzinhas qd der, enfim, desencana querida e aproveite as belezas do novo país.

    Sobre os filhos, ahhhh ter 3 filhos é mesmo mt doido, eu nunca pensei que teria mais um, mas rolou, e eu curto :-) E tbm acho isso, os meninos sao nossa paixaozinha e as meninas nossas eternas amigas. Vai dar tudo certo! Qd a outra Mariazinha vai chegar?

    Escreva qd tiver vontade, assim a gente troca experiências.
    Bj

    ResponderExcluir
  16. Amiga só vc mesma para me fazer neste dia tao Nass, kalt e chato...beijokas...vou me divertindo por aqui....

    ResponderExcluir