Mulher Virtuosa? Eu?

Ontem aconteceu uma coisa aqui em casa que, acredito, resultará em uma importante mudança em mim: Meu marido tinha que sair e procurava uma calça em especial. Me perguntou onde eu havia colocado e eu respondi. Só que não estava lá. Ele ficou meio nervoso e eu disse que é ele quem deve cuidar de suas coisas, como ele afinal, sempre fez. Ele não respondeu nada e eu parei por aí. A calça não foi encontrada e ele saiu resignado, com uma outra. 
Ele não achou porque somos meio desorganizados, sabe? Ele bem mais que eu.
Mas o importante nessa situação de ontem foi notar o quanto eu o deixo em segundo plano na minha vida cotidiana. 
Não é totalmente verdade que é ele quem cuida das suas coisas como eu afirmei antes. Sou eu pessoalmente (aqui não temos empregadas domésticas) quem lavo e passo suas roupas. Mas é ele quem as guarda no armário, porque eu simplesmente desisti de entrar naquele obscuro lugar, cheio de outras quinquilharias que ele tanto compra e guarda. Eu não acho nada ali! Nem espaço pra colocar a roupa passada! - E às vezes penso que vou me perder e me achar numa outra dimensão se entrar naquele treco! 
Mas adivinha? Acontecia o mesmo com meu ex marido! Ele guardava suas coisas...
Desde que tenho meus filhos (há 23 anos sou mãe), eu sou assim, faço tudo o que posso por eles, e o marido que se vire.
Isso me fez pensar em como eu priorizo os meus filhos muito mais que meu marido. 
Sempre fui uma mãe orgulhosa e sou mesmo feliz em ser. Mas, não posso como cristã, esquecer meu marido! Não somente porque ele é um homem maravilhoso, de fato, um marido exemplar, mas porque essa é uma ordem de Deus. Se sou uma ajudadora, como posso não ajudar?   "E disse o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma ajudadora idônea para ele. Gênesis 2:18"

Hoje, conversando com Deus, Ele me fez lembrar desse episódio de ontem. E uma coisa foi ficando clara na minha mente: eu quero ser uma melhor esposa! Não uma super mulher, uma mulher maravilha, absolutamente não!  Porque tentar ser isso tudo, seria uma luta perdida desde o começo, além de que, se assim fosse, eu somente me engrandeceria em mim mesma. 
Quero tentar glorificar meu Deus nas minhas atitudes com meu marido, e nao a mim. De verdade, não quero que ele veja a Nina nas minhas açoes em casa, mas o Senhor na Nina! Quero que ele enxergue Jesus na minha vida e nos meus atos. Sinceramente, é isso que desejo. 

Não quero com isso dizer que vou virar empregada dele. Não vou lhe dar banho, deitá-lo numa manta e lhe dar uvas na boca com uma mão e lhe abanar com uma folha de palmeira com a outra! Não é isso! Só vou tentar lhe dar mais atenção, carinho e cuidado, coisa que tenho estado em falta com ele, assim como estive com meu primeiro companheiro. 
Desde o início da minha gravidez, tenho andado pela casa de cara feia. Os enjoos e as dores, acabam sempre comigo. Depois do parto, a gente fica podre de cansada, dorme mal e tem dores também. Então, é normal que fiquemos distantes. Mas já estou cansada disso, e quero me alegrar não somente com meu nenenzinho, como tem acontecido,  mas também com o marido que Deus me deu.

Hoje na minha oração, eu estava olhando para o céu, como sempre gosto de fazer, e meu coração se enchia de alegria por esse Deus que confio e sirvo ser tão extrema e infinitamente bom, em me mostrar meus erros. Ele sempre é tão bom, e paciente comigo! 
Como não ser grata? Como não amar? Como não louvar um Deus-Pai assim?

Sei que hoje em dia, num mundo cheio de regrinhas-frescas-e-não-me-toques, afirmar que deseja ser uma mulher virtuosa como a que está em um livro "antiquado" como a Bíblia, é ir na contramão da modernidade. E quer saber? Sou uma pessoa que vai mesmo na contramão! E tudo bem por isso, sabe?! 
Sou contra o aborto, optei por ser dona de casa e quero ser uma mulher que respeita e faz mais pelo seu marido. 
Só isso...


Comentários

  1. Refletindo seriamente sobre este texto. Sinceramente eu preciso repensar sobre as minhas ações em relação ao meu esposo. Obrigada por compartilhar.
    Bjo grande Amiga.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao é mt fácil,ne? mas tentar nao é difícil.
      A gente consegue ;-)
      Bjssssssssss

      Excluir
  2. Que lindo seu testemunho! Sou divorciada e oro por um novo casamento, espero que Deus me dê uma nova chance. Ele é fiel!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Esse é um tema bem compliado, Luz. Mas permaneça em oracao que o Senhor de td cuida.

      Excluir
  3. Funcionou seu propósito de ajudar mais seus esposo Nina?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Camy, sim, tenho feito várias coisas diferentes, claro que tudo dentro das minhas próprias possibilidades e nada muito grandioso demais... ahahaha, mas a principal mudanca, que acho que errei mt com eles esse tempo tdo, é ser meio durona demais. Hoje me vejo mais carinhosa. Ele tá gostando ;-)

      Excluir

Postar um comentário