17/02/2016

Família

Poucas coisas se comparam com o sobrevoo de nossa cidade natal, não é mesmo? Quando você está longe de casa há algum tempo e lá de cima, após horas de voo, finalmente enxerga as luzes (se for à noite, obviamente) da cidade que você conhece tanto e estava com tanta saudade. Isso te dá um senso de pertencimento tão grande! É dali que venho! 
- Olha lá embaixo, Pedrinho, Manaus! Manaus!!
- Vovóóóóó, estamos chegando! - Falamos querendo gritar...

Estar de volta ao Brasil é algo sempre indescritível.
Sim, não nego, o Brasil me deixa louca com todo aquele barulho, em todos os lugares e direcoes, ou a preocupacao constante do dia a dia, o transporte público complicado, o lixo, o desrespeito do brasileiro no geral, o preconceito, o preconceito e sempre o preconceito! A exagerada vaidade sensual das mulheres, a diferença absurda entre ricos e pobres, a falta de pontualidade, enfim. Mas foi dali que vim, e é pra ali que sempre vou. Porque Brasil é família e família a gente não deixa pra trás! Mas pra mim, especialmente, Brasil é Amazonas. É floresta, é rio, igarapé, é riso e é choro. Brasil é mistura de um bocado de emoçoes impossíveis de serem realmente descritas.

Se pudesse, ficaria só na casa da minha mãe, sabe?! Porque acho que ela tem tudo o que preciso do Brasil. O Brasil é ela. É os filhos e netos dela! E foi exatamente o que fiz esse tempo todo em que estive em Manaus, fiquei com minha família. Nao dá nem vontade de sair de perto dos meus irmaos e sobrinhos. Porque não há coisa melhor que estar com a família e ficar por dentro das novidades, às vezes não tão boas, às vezes, ótimas, mas que nos fazem tanta falta por morarmos longe. Como é difícil nao estar perto  e ver a sobrinhada crescer, ver a mãe envelhecer, a irmã consertando devagar a sua vida, a outra virando borboleta de patins :-)  Faz falta não ver o tio se recuperando, a prima ganhando um bebê, a amiga passando apertos mas com aquele sorrisão estampado no mesmo rosto tão conhecido, há mais de trintas anos! Rever o amigo da irmã que estava sempre perto alegrando boa parte da nossa adolescência, rever as duas amigas mais presentes e que sempre estiveram por perto, quando precisei, tao queridas! Como faz falta passar o natal com a família TODA reunida, o reveillon com a irmã que também mora longe e como é bom vê-la tão bem casada, tão feliz e saudável!
 
É verdade, meu amor pelo Brasil é um amor dividido, reconheço. Amo um dia, detesto outro. Não tenho vontade alguma de voltar a morar no país, e nem sinto saudade, mas quero sim, poder voltar sempre para revisitar minha infância, que vive na minha família, no meu estado, que é o único lugar que tenho essa sensação de pertencer.
E estar sempre na casa da minha querida mãe. Dentro da casa dela,  é esse o Brasil que amo.

 * * *


À minha mae, meus irmãos e sobrinhos. Aos meus cunhados.
Aos meus amigos, Vanessa, Joseane, Keury, Jander.
Aos meus primos e tios.
A Deus!







As fotos são das águas límpidas e apaixonantes, de cachoeiras em Presidente Figueiredo, próximo a Manaus. Banho gelado, maravilhosamente revigorante e de cor de guaraná, a cor dos rios da minha infância.

7 comentários:

  1. Lindo voltar e reencontrar a família! Vale muiiiiito mesmo! bjs, tudo de bom,chica

    ResponderExcluir
  2. Obrigado sua linda! Sempre emocionando né?!! Obrigado pelo carinho, e foi maravilhoso revê-la. Sua família tb é linda, seu esposo, seu filhote.....poxa, venha sempre que poder. Tenta em uma próxima trazer a Laurinha e o Joãozinho tb. Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tbm amei de rever, Jander, foi mt bom mesmo! me diverti horrores ;-)
      obrigada por ter ido lá.

      Excluir
  3. É um sentimento de pertencimento que só entre eles, familiares, se mergulha. É pena este país tão lindo despertar em nós, brasileiro, momentos de grande tristeza e raiva. Belo poster. bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem razao, Norminha, familia é tudo de bom! e sim, uma pena o Brasil despertar tantos sentimentos diferentes na gente :-(

      Excluir
  4. Me emocionando sempre.

    Amo, amo, amo encontrar você sua linda :)

    Água cor de guaraná, isso me lembra muito você minha querida amiga.

    Bjus

    ResponderExcluir