26/06/2014

Muito obrigada!

Obrigada Senhor, pela vida que Tu tens me dado, pela Tua grande misericórida em me dar tanto e muito mais do que somente o necessário. Obrigada pelos meus filhos. Por eles serem bons, honestos, bonitos, inteligentes. Pelo pai dos meus dois primeiros filhos, que na dificuldade em que vivíamos, foi sempre uma pessoa melhor que eu. Obrigada pelo pai do meu cacula, que é o melhor marido que uma mulher pode desejar. Obrigada Senhor, pela boa, responsável, cuidadosa e forte mae que o Senhor me concedeu ter nesta vida. Pelo meu pai ausente mas amoroso à sua maneira até sua morte, e até pelo meu padrasto, o qual eu sempre pensei que nao gostava. Obrigada pelos irmaos que tive o prazer de ver sempre ao meu lado, me acompanhando em meu crescimento. Pelas brigas e rompantes que tínhamos, pelas encrencas em que nos metíamos, pelas brincadeiras inventadas na pobreza, pelos patins e bicicletas, pelas quedas e arranhoes e cortes de queixo. Pelos Natais, pelas Páscoas, pelas refeicoes, pelas mangueiras e lagartas de fogo... Obrigada pela doce e terna avó que Tu me destes, por sua bondade comigo, por seu amor sempre presente quando tudo parecia me faltar. Pelas nossas conversas e risadas, pelas bonecas de pano que ela fazia, pela maciez dos babydolls inesquecíveis que ela costurava pra nós. Pela sua pele macia de avó, pelos seus cabelos ralos, por sua testa alta, por seus olhos bons. Pelas vezes em que ela adorava receber nossos cartoezinhos no dia das maes e elogiava nossa letra, mesmo nao sabendo ler. Pelas vezes em que ela doente, me abracava e dizia que ia melhorar, acalmando assim meu coracao de neta apaixonada. Obrigada pelas primas que tive e que entravam na porrada com todo mundo na rua se precisassem nos defender.  Obrigada pelas escolas que frequentei. E pelas escolhas que tomei. Pelos amigos que fiz e pelas amizades que desfiz. Obrigada pela saúde perfeita, por eu ter nascido mulher, pelas vezes em que fiquei grávida e pelas vezes em que nao fiquei. Obrigada por ter me feito nascer no Amazonas. Por ter crescido e me criado perto daquele rio. Pelos botos e peixes e sereias que vi. Pelas árvores que refletem no rio quieto, pelo sol sempre presente da minha infância. Pelo banzeiro que o barco faz no rio que vai até a margem, devagar e pesadamente. Obrigada por eu ter me formado engenheira florestal mesmo quando nem eu mesma acreditava ser possível, e por toda a imensa luta pela qual passei pra me formar, mas ainda assim, muito obrigada por eu ter escolhido ser uma dona de casa realizada. Por toda a experiência que ganhei nas dificuldades, por todos os ribeirinhos que encontrei no meu trabalho na floresta, por todo peixe e acaí que degustei na presenca terna daquelas pessoas que tao pouco tinham mas que tudo de si com alegria me deram. Obrigada pelas noites enluaradas, pelo friozinho ameno da noite em dia quente, pelo barulho da mata, pelas conversas ao luar. Obrigada Senhor. Obrigada por nao ter me deixado morrer sem ser mae, sem falar do meu amor ao papai antes de sua morte, sem ter conhecido meu atual marido. Obrigada por ter me livrado de tantas situacoes difíceis e de outras tantas que escapei mesmo sem saber. Obrigada por todas as dificuldades pelas quais passei, por toda dor que senti, por cada lágrima derramada. E obrigada principalmente, mais importante que tudo o que falei e deixei de falar, por ter me tocado, por ter me permitido conhecer do Seu Amor! 

Obrigada meu Pai, por ser meu Pai! 

***

Ontem estava conversando com meu filho Joao. Ele estava se queixando de algumas coisas. Falei, como costuma falar toda mae, que ele tem muito mais do que eu tive. Joao entao, comecou a enumerar algumas das muitas coisas especiais da minha vida, como minha avó e minhas irmas e primas. Ele tem razao. Tive e tenho tanto. Por isso este post hoje, em agradecimento a Deus, que sei e creio, que se faz ser ouvido até por aqueles que nao creem em Sua existência.

7 comentários:

  1. Sentir o amor daqueles que amamos e o melhor presente. Ha tantas coisas para agradecer, ser grata! Tudo isso, todas essas pessoas, experiencias fazer ser quem voce e... isso e unico! Obrigada por esse post lindo!
    Bjinhos

    ResponderExcluir
  2. Nina você sempre escreve o que eu quero ler. Sábias palavras. Como é bom agradecer. Beijos saudades.

    ResponderExcluir
  3. Nina, que linda consciência tem seu filho João! Parabéns!. Fiquei feliz com sua visita e também por ter visitado o "NOVO PENTECOSTES." Na verdade, Nina, ele é um blogue coletivo, criado pela Rosélia Bezerra, onde postamos no intuito de evangelizar. Ele realmente não tem comentários, para que justamente, não suba a disputa, vaidade, etc e tal, né! Meu dia de postar é sempre no 1º Domingo do mês. Um abração!

    ResponderExcluir
  4. Oi Nina. Estou lendo seu blog aos poucos a algum tempo (não me lembro como vir parar nele), mas fico muito emocionada em ler e me ajuda muito em rever minha relação com meus pais, meus familiares, com meus filhos e com Deus. Você escreve coisas lindas que realmente mexem com agente (as vezes acabo chorando, mas não de tristeza). Parabéns por seus textos lindos. É um prazer ter te conhecido mesmo sem você me conhecer. Fica com Deus.

    ResponderExcluir
  5. Obrigada Chris, por td teu carinho de sempre.

    Leny, imagino que seja minha prima, tbm sinto saudade da família! Muita mesmo!!

    É M. Luiza, ele tem uma sensibilidade grande, é mt emocionalmente inteligente, talvez até demais ;-)

    Dri, quem se emocionou com seu comentário fui eu ;-)

    Sabe, neste blog tem mais de 700 postagens (fora as mts que deletei por serem mt diferentes do que hj, sendo crista, eu penso, e que doiam em mim reler), entao, se um texto desses, apenas um dos mts que escrevi, tocar em pelo menos um coracao que o lê, me sinto grata e mt honrada e todo o tempo que passo escrevendo e abrindo meu coracao aqui, terá valido a pena.

    Obrigada de coracao


    ResponderExcluir
  6. Todas essas pessoas, experiências, lágrimas, luares, rio e sorrisos ajudaram a construir um pedacinho ou muito da Nina que lindamente transborda essa gratidão em palavras a todos, a tudo e a Ele.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  7. Ninoca,
    Li estes dias lá no Face uma quadrinha que tem tudo a ver com seu belo texto:
    "Quanto mais a gente agradece, mais coisas boas acontecem."

    Agradecer é um ato de profunda consciência daquilo que recebemos gratuita e divinamente.
    um beijinho carioca e bom fim de semana!

    ResponderExcluir