11/06/2014

Deixar Deus? JAMAIS!

Como me disse uma amiga crista, estou na fase da caverna. Assim como o profeta Elias numa caverna se escondeu com medo das pessoas e de Deus, pensando que poderia se esconder do Senhor, tenho me refugiado na minha própria caverna interior. Tenho passado por situacoes nao muito agradáveis nas últimas semanas. Usando termos cristaos, passo atualmente por algumas tribulacoes. Tive decepcoes com pessoas muito próximas e comigo mesma, essa última desencadeada pela primeira, acabou sendo a mais dolorida. É duro dar de cara com o que somos. 
Certo dia ouvi um pregador falando que uma das primeiras coisas que Deus nos mostra ao nos convertemos a Ele, sao nossos pecados. É como a luz que incide sobre nós na escuridao. Ela nos revela nossos erros. Ao sentirmos a luz, a tendência é fugir dela, assim como fazem os vermes embaixo de uma pedra. Quando esta é retirada, os vermes fogem desesperados. Porque a luz mostra o que nao queremos ver. Deus é luz, nEle nao há escuridao. Conforme você vai caminhando em direcao a Ele, seu caminho vai se "alumiando" e seus erros vao surgindo cada vez mais clara e fortemente. Alguns fogem com vergonha de Deus e duvidam do Seu amor. "Como pode Ele amar alguém tao podre quanto eu?"

Deus parece ter me feito um tratamento levemente diferente. Primeiro Ele me apresentou Seu grande amor, Sua leveza, Sua paz, Seu carinho comigo  e devagar, foi me mostrando quem eu verdadeiramente sou. E essa visao de quem sou é muito importante para que Deus possa fazer de mim a pessoa que Ele quer que eu seja. Sem essa licao, nao posso aprender dEle, nao posso crescer na fé, nao posso ter Cristo formado em mim... Tenho estado em contato com  meu interior ultimamente, me conhecendo. Há algum tempo, pensava que era alguém especial, sabe? Pensava mesmo! Me orgulhava disso ou daquilo. Hoje, devagar, estou levando meus joelhos ao chao, coberta de lágrimas, envergonhada. Pedindo que Deus me torne alguém mais humilde. Que me encorage a ser mais dEle e menos minha. Que me ensine, que me mostre mais. Tenho confessado ao meu Senhor, erros e pecados, que antes nem considerava a possibilidade de um dia revelar. Erros que nem eu sabia que eram erros. Confessado que nao passo de um nenén que ainda precisa de leite. E principalmente pedido que Ele me toque mais uma vez. 

E sim. Ele tem me tocado. Tem me falado. Tem me consolado. Tem sido um Pai amoroso e cuidadoso que segura minha mao ao atravessar a rua, um Pai que me permite encostar a cabeca no Seu peito. E que enxuga minhas lágrimas...

Uma das situacoes que me surgiram esses dias, foi alguém que muito considero, me falar que Jesus nao me ama tanto quanto eu penso e em outras palavras, que eu deveria esquecer tudo isso. Mas me pergunto, porque deveria eu deixar Deus de lado? Isso é simplesmente i-m-p-o-s-s-í-v-e-l! Por todas as coisas que Ele é, e que das quais nao sei nem mesmo sobre uma molécula (acho que esse termo nao é correto, Deus nao deve ter moléculas), sei o que Ele fez por mim. Se você nao conhece esse amor, vou exemplificar apenas uma das coisas que esse Deus fez comigo. Entao, imagine uma cena. Imagine que você tem vivido miseravelmente por trinta anos, lembrando de coisas terríveis de um passado triste e tem nesses trinta e poucos anos, lutado pra se livrar disso tudo sem a menor chance de sucesso. Por isso você chora cada vez mais, todos os dias, se sente mal, deprimido, solitário, abandonado, mesmo que seu físico nao exteriorize isso. Mas você sabe como sofre sua alma. Entao um belo dia, alguém surge e apenas te abraca como se tivesse bracos mágicos. E tudo o que você sentia, some, desaparece como bolha de sabao. Poc! Some! Você fica tao grata, maravilhada, porque alguém conseguiu a maior proeza jamais imaginada na sua vida, que decide sempre prestar homenagem a essa pessoa, quer acompanhá-la onde quer que ela vá. A pessoa que te abracou fica feliz com a sua companhia. Mas alguém diz pra você que aquilo nao é real, que você está enganado, que a dor nao saiu, que aquele abraco mágico nao existiu e que você deve carregar para sempre seu fardo porque esta é a sua "sina". 

E aí?
O que você faria?
Será que com esse pequeno exemplo, você pode compreender a extensao e enormidade do que Deus fez comigo?


Entao querido amigo, agora falo com você diretamente, sinto muito, mas o que você falou está absolutamente, totalmente, 100% fora de questao... desse Deus nao quero, nunca, distanciamento e se um dia esse desejo terrível surgir em meu coracao, prefiro que Ele me leve daqui. 
E sinceramente, acho que é você quem precisa desse abraco.
Porque nao tenta pedir a Ele?




ps. e você, maninho em Cristo, também passando por tribulacao? Veja esse texto que um amigo me enviou. Aqui o link:  nao estejais inquietos por coisa alguma

9 comentários:

  1. Para completar o texto: Uma das coisas que tenho sentido como verdadeira, é que um dos sinais do quao fracos somos na fé, tao imaturos, é quando vemos somente "nossas" dificuldades, "nossas" tribulacoes, quando tudo em volta nao tem importância, só "nós" mesmos. "EU" passo por isso,"EU" passo por aquilo, "Eu" isso, "EU" aquilo...

    que Deus nos mostre a todos que há coisas mt mais importantes que nós mesmos...

    ResponderExcluir
  2. Isso bateu como um caminhão de carga sobre mim... Parece que sou eu ai nesse texto...

    ResponderExcluir
  3. Nina

    A situação de infertilidade que passamos nos trouxe muitas lutas, tribulações, esperas, angustias e incertezas, mas algo de que nunca duvidamos foi de que Deus estava conosco.
    Deus tem um tempo para cada coisa.Precisamos aprender a esperar,e enquanto esperamos, VIVER,que tenhamos vida em abundância apesar das tribulações.
    Que você tenha serenidade e paz nas tribulações.Elas passam.
    Beijos

    Kalita

    ResponderExcluir
  4. Deixar Deus??? E como vivemos???
    É para nós como respirar sabermos que estamos sob os cuidados de Deus.
    Lutas, tribulações, desilusões - nada se compara a glória que para nós Ele prepara.
    Fique firme e forte, e diga pra essa pessoa que disse que Jesus não te ama, que o amor Dele é tãããão grande, que abraça até a ela, sem que perceba.
    Bençãos incontáveis de Deus sobre a sua vida.
    Abraços, que vindos de Jesus são muito melhores.

    ResponderExcluir
  5. Nina leio sempre que posso o que escreve ,estou nesta caminhada com Cristo já a alguns aninhos, e no começo ´foi aquela euforia ,alegria alguém me ama ,Jesus me ama ,Ele levou meu passado,o que me condenava já não pesa mais ,Jesus levou meu fardo,...as lutas ,dia a dia ,espinhos vão surgindo, são os espinhos que Jesus se refere na parabola das sementes,vou lhe deixar dois links de videos ,são duas pregações que me falaram muito comigo nesta semana,eu agradeço muito a Deus por estas palavras que ouvi,e consegui aprender para mudar e continuar me edificando em Cristo,http://www.youtube.com/watch?v=9_DwKS45esU Recebendo a pedrada e http://www.youtube.com/watch?v=tgbC5sVrMTU Curando a ferida completa abraços ,uma irmã em Cristo

    ResponderExcluir
  6. "Mais vale um dia no centro do teu querer que toda a minha vida sem jamais te conhecer, Tu és minha fonte, minha colheita, minha herança..."
    O princípio, o fim, Ele é tudo....também não imagino a minha vida mais sem Ele. Continue firme em Seus braços, Ele te ama como ninguém, ninguém é capaz. Beijos e me visita quando puder.

    ResponderExcluir
  7. http://mundofeminissimo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. TUDO o que voce experimentou, toda a sua experiencia com Deus nao pode ser abalada por esse comentario Nina, tenha fe! Voce ja sabe o caminho ;) Texto lindo, como sempre, voce arrasa!! Bjos miiiil!!!

    ResponderExcluir