25/06/2014

Bel e a neta de Deus


Estava cuidando das plantinhas aqui de casa quando lembrei da minha amiga e irma em Cristo, Bel. Ela mora algum tempo em Berlim. Segundo ela, a vida na cidade tem lhe apresentado várias situacoes interessantes. Hoje quero compartilhar uma de suas experiências. O dia em que Bel conheceu uma moca com características muito alema: fala o que tem vontade de falar sem receio de ofender. Geralmente quem fala o que quer, ouve o que nao quer, nao é? E a Bel nao se conteve e também falou o que teve vontade...


"Estava andando numa rua e fiquei observando uma florista arrumar suas flores na sua linda loja. Ela perguntou se eu desejava algo, mas respondi que apenas admirava as flores, que eram lindas. Ela perguntou de onde eu era, fez a maior festa para o Brasil, falamos da Copa, do jogo que teria logo mais, ela disse que o Brasil tem espécies lindas de flores e até citou uma orquídea exclusiva do Brasil que eu nem sabia.  Ela me perguntou se eu gostava de flores ao que presto respondi que sim, que eu amava flores. Ela disse que era uma apaixonada por flores e gostava de aprender sobre elas o tempo todo, então me perguntou o nome de algumas no português. Que vergonha, eu só sabia “o nome da Rosa”, girassol, tulipa, margarida, violeta e lírio. Tentei me desculpar e levei um sermão que mexeu muito comigo!



Ela me disse, com todas as letras: “Então não repita mais que você ama as flores, você não sabe nada sobre elas... Quem ama procura aprender sobre todos os dias. Você deve é gostar do que elas te proporcionam: beleza, cor, perfume, magia etc, ou seja, você é uma exploradora das flores, não uma amante delas. Eu sim as amo, vivo por elas, não me imagino sem elas. São tão importantes para mim que é para elas que dedico a maior parte do meu dia”.

Ela falou toda sorridente, simpática, mas confesso que a firmeza com que ela falou, me tocou porque ela revelou algo sobre mim que nem eu sabia e porque também me levou a refletir. É verdade, o diagnóstico dela sobre mim foi correto. Eu sou, realmente, uma oportunista, me aproveito do que as flores me proporcionam mas não me dedico a elas. Nem tenho flor natural em casa, só artificial...




Fiquei meditando nas palavras dela e pensando no Senhor Jesus, em Deus! Quantas pessoas dizem amá-Lo, mas no fundo só querem o que Ele pode proporcionar.

Quanto procuramos conhecer sobre o Senhor? Quanto do nosso tempo dedicamos a ler a Palavra Dele? É nela que aprendemos sobre Ele! É ela que nos faz conhecê-Lo, dia após dia. O profeta Oséias disse: “Então conheçamos e prossigamos em conhecer ao Senhor…” (Oseias 6:3a). Aquela mulher, sem nem conhecer o meu coração acertou em cheio sobre mim! Que dirá Deus, que conhece tudo sobre nós, sabe o que ocupa o nosso coração, sabe se é Ele ou não. Não adianta tentarmos mentir para Ele!
O meu silêncio a incomodou, ela achou que tinha exagerado na dose e se desculpou, dizendo que não tinha tido a intenção de me ofender e eu lhe tranquilizei dizendo que as palavras dela tinham me levado a meditar sobre a minha relação com Deus, que eu deveria buscar conhecer mais Dele. Foi neste momento que ela foi dura comigo: “mas por que você acha que precisa conhecer o que você não vê? Vale muito mais a pena você conhecer sobre as flores!”.

Eu não ouviria isso calada, jamais! Não porque eu seja encrenqueira, mas porque eu tinha o dever de dizer para aquela mulher que NADA vale mais a pena do que conhecer Jesus Cristo! Comecei a entender que eu não havia parado ali sem um propósito de Deus e agarrei aquela oportunidade que Ele estava me dando de tentar ajudar aquela pobre mulher a conhecer o que há de mais valioso na vida! Eu perguntei se ela amava a Deus e então eu conheci a neta de Deus…


Ela me disse assim: meu avô era pastor, mas minha mãe não seguiu a religião, meu pai não seguia nada e eu acho que puxei a ele, não perco tempo com isso, prefiro me dedicar às minhas flores, mas como meu avô era cristão, então posso dizer que sou também.
Eu: mas você ama a Deus?
Ela: claro que amo!
Eu: então você poderia me dizer alguma coisa sobre Ele? Sobre o Filho Dele, alguma coisa que Ele tenha falado na Bíblia, que é a Palavra Dele, em alemão?
Ela: ah não posso, eu não sei nada sobre isso, sobre Bíblia, até tenho uma Bíblia em casa mas não leio nunca.
Eu: ahhh, então você ama a Deus igual eu amo as flores! Ou talvez menos, pois aqui eu conheço pelo menos seis das flores que Ele criou e que você comercializa...

Trocamos um olhar silencioso durante alguns segundos e então eu a consolei: mas não se preocupe, apesar da sua situação ser pior do que a minha, pois as flores não sabem que minto sobre a minha relação com elas, já Deus sabe tudo, mesmo assim Ele continua te amando e esperando que você aceite o presente que Ele enviou para nós há mais de dois mil anos: Jesus Cristo! Eu já O aceitei! As suas flores não precisam sair do seu coração para Ele entrar, elas se tornarão ainda mais lindas depois que você deixar de viver por elas e passar a viver para o Criador delas. No dia que você crer em Jesus Cristo e o aceitar como o seu Salvador, você deixará de ser uma neta de Deus, passará a ser uma filha Dele! Quando você puder, leia o capítulo 1 do evangelho de João e preste atenção no que diz o versículo 12.

E anotei para ela: João 1.

Jesus disse: "Entrai pela porta estreita, porque larga é a porta e espaçoso é o caminho que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; e porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida e poucos há que a encontrem", então eu disse a ela que Jesus disse que Ele é a porta, Ele é o caminho e disse mais: "Ninguém vem ao Pai, senão por mim".



Ninguém irá a Deus se não for através de Jesus. Foi Jesus quem disse isso! Nisso me lembrei de uma mensagem preciosa, bem curtinha que ouvi um dia, A Porta Estreita, em que o irmão diz assim: "Por que a porta é estreita? Por que para você ser salvo você precisa seguir uma lista de restrições? Não! A porta é estreita porque é individual. Para ter acesso a Deus você precisa passar sozinho e pela única porta que existe, Jesus! Não existe outra porta? Ahhh, existem muitas, mas a única que leva ao Pai é Jesus".


Ela ficou sabendo que o fato do avô dela ter entrado pela Porta garantiu a salvação somente dele, que ela para garantir a dela, precisa entrar pela Porta também. O avô não é garantia para ela porque Deus não tem netos, bisnetos, sobrinhos, primos, Ele tem apenas filhos.

Logo depois eu me despedi dela!

Antes de me despedir deste post, quero deixar umas perguntas para você. E quanto a você? Você já pode dizer que é um filho de Deus? Você já recebeu Jesus Cristo? Se você não o recebeu, você não foi feito filho de Deus ainda.

Não sou eu que estou dizendo isso, é a Bíblia que diz em João 1:11 e 12, falando sobre Jesus: "Veio para o que era seu, e os seus não o receberam. Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, a saber: aos que creem no seu nome". Desculpe se você não gostou do que leu, você pensa que eu gostei quando a florista me expôs dizendo que eu não amava as flores? Não gostei, mas isso não mudou o fato de que ela disse a verdade, e olha que ela nem me conhece.



Eu decidi parar de mentir sobre a minha relação com as flores, não sei o que a florista decidiu sobre a relação dela com Deus, mas eu tinha que dizer também a você que Deus não tem netos, nem bisnetos, nem sobrinhos, nem primos!"
por Bel Fusaro

O que achei mais bonito nisso foi o toque de Deus na Bel. A maneira como ela respondeu ousadamente. Eu confesso que sou uma cagona. Sempre tenho receio de incomodar as pessoas falando sobre o Deus que amo e sirvo. Admiro a Bel e sua fé e forca. Por isso compartilhei sua experiência com você. E ainda completo o post com um comentário bíblico que nosso irmao Mário fez no post da Bel e que achei mais que lindo!
Isa 40:6-9 "Uma voz ordena: "Clame". E eu pergunto: "O que clamarei? " "Que toda a humanidade é como a relva, e toda a sua glória como as flores do campo. A relva murcha e cai a sua flor, quando o vento do Senhor sopra sobre eles; o povo não passa de relva. A relva murcha, e as flores caem, mas a palavra de nosso Deus permanece para sempre. Você, que traz boas novas a Sião, suba num alto monte. Você, que traz boas novas a Jerusalém, erga a sua voz com fortes gritos, erga-a, não tenha medo; diga às cidades de Judá: 'Aqui está o seu Deus!"

5 comentários:

  1. Interessante Nina, mas o que eu pude perceber é que a sua amiga, inteligente e alguém que não gosta de levar pra casa um desagravo, tratou de revidar na hora e foi com firmeza e buscando atingir o âmago da pessoa, sua fé, sua mais profunda intimidade espiritual.
    Eu não sei fazer este tipo de coisas, talvez ficasse magoada com a moça das flores e buscaria aprender mais e voltaria com outra resposta pra ela. Mas, cada um sabe reagir de uma forma e sua amiga demonstra que sabe tudo sobre a Bíblia e coisas de Deus, mas o que as duas não perceberam é que estavam falando de coisas divinas que é a natureza, e é ela quem expões verdadeiramente a face divina. Deus está nela, nas flores, na natureza, deveriam aprender mais sobre a natureza juntas.
    Ela se defendeu construindo 'conchas duras de palavras' como diz o filósofo Rubem Alves e termino com mais esta linda reflexão deste homem que admiro muito e me faz refletir todos os dias:
    "Uns acham que eu não acredito em Deus. Como não acreditar em Deus se há jardins? Um jardim é a face visível de Deus. E essa face me basta. Não tenho necessidade de ir olhar atrás das estrelas..."

    beijos cariocas, querida Ninoca.

    ResponderExcluir
  2. Nina, minha querida, seguindo a linha da Beth, hoje saí de casa pela manhã e estava um dia lindo demais. Olhei o céu, depois fechei os olhos e agradeci a Deus por poder vê-lo e sentir o vento morno deste Inverno, de brincadeira, do Rio de Janeiro. ELE estava lá e me acompanhou em cada minuto que eu trabalhei, que eu fiz compras pensando nos filhos e em Julinha, que sorri com toda essa "gringada" que alegra nossas ruas por causa da Copa do Mundo. ELE estava ali, sem muitas explicações, nem estudos, nem citações. Simples assim. Está no meu coração e me conhece, como eu a ELE.

    Beijos Nina

    ResponderExcluir
  3. Nosso Deus está em TODO lugar, em absolutamente tudo meninas.

    Bjs procês, minhas duas queridas amigas

    ResponderExcluir
  4. Legal essa relacao que ela fez entre as flores e Deus. Mas eu tenho ca pra mim que essa moca joga essa para todo cliente que fala que ama flores. Deus e perfeito e a cada um Ele tem um jeito de tocar e se manifestar. Um grande beijo!

    ResponderExcluir
  5. Olá, querida Nina
    Que bom tudo ser tão espontâneo e natural...
    Quando ia lendo a sua vivência de Deus, refleti sobre o que diz a Palavra sobre que não devemos preparar a nossa defesa... o Espírito põe palavras certas em nossos lábios...
    Foi assim com vc...
    É assim comigo...
    Deus seja louvado!!!
    Seja muito feliz e abençoada!!!
    Bjm fraterno de paz e bem

    ResponderExcluir