05/12/2013

Minha doce e alegre amiga

Eu costumo gostar das pessoas, de muitas pessoas. E gosto assim, de graca e de cara. Nem sei se existe alguém de quem eu nao goste nesse mundo... acho até um pouco estranho isso, você nao acha? Mas enfim... algumas pessoas nem sabem o quanto sao amadas por mim, porque eu nao sou uma amiga que gruda em ninguém. Mas tem umas pessoas que eu amo um pouco mais que outras, porque elas sao simplesmente, assim, especiais.  
Uma delas, é a Márcia


Ela já viveu na Alemanha por uns dois  anos, fez uma pós graduacao e viveu numa das cidades que mais gosto no país. Cidade cheia de História e arquitetura belíssima, a linda Dresden. Nesse tempo, a Márcia que conhecia apenas de blog, veio nos visitar, e depois disso nos tornamos verdadeiras amigas. Ela ainda veio a nossa casa uma outra vez e depois voltou a morar, por opcao muito consciente, no Brasil. É que ela descobriu, que é lá que se sente mais feliz.

Entao outro dia ela  veio dar uma passeada na Alemanha de novo e veio nos ver. Que alegria!


Veio com sua inseparável mae - elas sempre viajam juntas -  e eu ria muito ouvindo as experiências  delas duas pelo mundo. Já havia escutado muitas histórias da Maria, mae da Márcia, e há muito tempo tinha vontade de conhecê-la. Esse dia chegou. E a Maria é tudo o que eu imaginava. Só podia ser assim  a mae de uma menina tao querida: tranquila, serena, engracada, inteligente, sensível, querida simplesmente...

E a Marcinha, que nao é somente linda, é também uma doidinha completa, ainda trouxe um bocado de maravilhas de presente. Olha a quantidade de shampoo da Natura (que a gente ama!) que trouxe para o Pedro! Já o livro, a bonequinha e a geleia, quem me mandou foi outra querida, a Ana, uma amiga de blog e também super amável,  que Márcia encontrou em Dresden.


Ela e sua mae ficaram na nossa cidadezinha apenas um dia, mas ainda dormiram aqui com a gente. Pedro ficou apaixonado pela Márcia, que brincava com ele como se fossem da mesma idade.  E quando elas se despediram da gente, no outro dia,  ele a ficou procurando ainda por um tempao, chamando alto a amiguinha pelo nome, como se ela ainda estivesse brincando de esconde-esconde com ele na sua barraquinha no quarto.

Eu já falei tantas vezes, ADOREI rever a Marcinha! Elas me proporcionaram horas muito especiais, adorei tê-las aqui com a gente, ficar juntinho da Maria e ver as duas sempre tao carinhosas e atenciosas uma com a outra, assim como relacao entre mae e filha deveria ser. Obrigada meninas, por terem vindo. E saibam que pra vocês a casa sempre estará aberta.


E eu continuo amando as pessoas, sendo que atualmente, tenho mais um nome a acrescentar a minha  listinha de pessoas amadas: Maria. A doce Maria, mae da doce Márcia ;-)

* * *

E essa menina Marcia, é tao esperta e delicada que nos últimos momentos antes de partirem, ainda conseguiu sair rapidinho pra comprar flores, que aliás, sao a marca registrada dela


Tao gentil!

ps.tenho só mais uma coisinha a acrescentar: na próxima vez Má, prometo te colocar num colchao melhorzinho ;-) ahahahaha

7 comentários:

  1. Que legal e tenho certeza que ela nem se importou com o colchão.Deviam estar felizes por aí, pelo que se pode ver, foram tratadas com o carinho e toda amizade! Lindo isso! beijos pra ti, Maria e Márcia! chica

    ResponderExcluir
  2. Ai que post lindo e delicado para Marcia! Amei! Parece mesmo ser uma pessoa muito serena e doce. Tudo de bom para ela!
    O layout esta lindo de viver, Nina! Adorei!!
    Beijao com amor!!!
    Chris

    ResponderExcluir
  3. Assim não vale, tô chorando na pausa do lanche aqui no trabalho.
    Volto pra comentar depois, Ninoca.
    Mas não sem antes te agradecer por todas as horinhas maravilhosamente felizes que eu e a Dona Maria passamos aí com você, com o príncipe Pedrinho e com seus familiares.
    - Chorar, neeeiinnn! kkkk
    Ai que saudade de vocês.
    Amo você minha amiga!
    Beijocks
    Márcia

    ResponderExcluir
  4. Que linda a história da amizade de vocês Nina! São por essas maravilhosas surpresas da vida que a gente acaba conhecendo pessoas especiais. Vocês duas são assim :-). Bjs e bom final de semana!!!

    ResponderExcluir
  5. Doce ficou este post! Linda tradução de amizade.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  6. As maravilhas da internet, que nos leva a conhecer pessoas maravilhosas, com a qual queremos conviver para sempre.
    Muito bom o reencontro de vocês, Nina. Imagino a alegria.
    Beijo e sempre boas amizades em sua vida.
    Como vc, também gosto das pessoas, à primeira vista, e quando isso não se dá, dificilmente insisto, pois não dará certo mesmo. Acredito no nosso "felling" pra colocar as pessoas em nossa vida, embora nada seja 100%, né? rs
    Beijo.

    ResponderExcluir
  7. Vocês são duas pessoas muito lindas, queridas do coração e eu adoraria estar junto a vocês num momento como este, principalmente conhecendo a Maria, mãe da Marcita que amo tanto também. Só mesmo ela para fazer esta delicadeza de te levar flores, que amor!
    beijos cariocas


    ResponderExcluir