24/04/2013

Carlos Nuñez e a música celta

No dia dos namorados deste ano (aqui, 14 de fevereiro) meu marido me presenteou com alguns tickets para shows. Eram  cinco shows que aconteciam numa sala de jazz da cidade. Assistimos gente muito boa,  entre elas a ótima norueguesa Rebekka Bakken e o Hotel Bossa Nova. Mas fechamos o ciclo com chave de ouro, e eu na verdade, nao esperava muito desse show de ontem. Nao estava nem mesmo com vontade de ir, mas como o bichinho tava todo animado e deixou até de ver o jogo do Bayern München (time do qual ele é totalmente fanático) contra Barcelona, só pra me acompanhar, eu fui né?

Gente, nao me arrependi de ter juntado as poucas forcas que me restavam depois de um longo dia de trabalho quase escravo que tive ontem: foi MARAVILHOSO. Oha só, qualquer dia na vida que você ouvir falar que tem um concerto perto de você de um cara chamado Carlos Nuñez, nao pense duas vezes: vá!

Eles fazem um belo show! Do início ao fim, a música no estilo celta nos contagia, nos emociona, nos movimenta, nos alegra, nos faz voltar e ir no tempo, soltar o corpo, a mente, o espírito...  Uma coisa quase surreal de tao bonita, de tao bom astral. De tanta beleza.

É certo que esse tipo de música é sempre muito bacana de se ouvir, mas o Carlos Nunez faz uma mistura muito boa de tipos musicais. Ele pega cancoes tipicamente celtas, outras espanholas (o músico vem da regiao da Galicia onde ele tem sido responsável pela revitalizacao desse tipo de  música na regiao), outras cubanas, brasileiras, mexicanas, enfim e faz seus arranjos que ficam no fim, belíssimos. 
Ele parece fazer variacoes com as pessoas que o acompanham. Ontem ele se apresentou com alguns músicos que estao com ele fazendo esta turnê: um ótimo cantor e violonista espanhol, que toca uns instrumentos muito loucos e medievais, um percusionista incrível e charmosao, uma irlandesa lindinha que toca violino e músicas tipicas de seu país e um australiano vestido com roupas típicas escocesas que vive em Munique e toca gaita de fole. E arrasaram! (desculpa, esqueci o nome de todos)

Quando eles tocaram esta cancao, que coloco aqui como link, e explicou que a regiao da Galicia é famosa por na época da inquisicao ter matado muitas mulheres mediante tortura, alegando que elas eram bruxas, isso me emocionou, principalmente quando ele explicou que é por isso também que a Galícia faz parte do Caminho de Santiago - ele me fez lembrar que eu quero fazer esse trajeto um dia qualquer na vida - e isso ficou de tal modo marcado ontem na minha cabecinha, que acabei sonhando com minha mais antiga amiga, Simone, me mandando uma carta falando que estava fazendo o caminho, e junto com a carta, ela me mandava uma foto que aumentava a cada visualizacao, mostrando todo o trajeto percorrido...uma lindeza de sonho.

Pois é, isso ainda vou fazer, mas acho que vou ter que esperar pra quando Pedrinho crescer... marido ficou rindo de mim, dizendo que eu iria caminhar por longo meses, velhinha e sem dentes com bengala, ahahah... O engracado foi ele ficar impressionado quando eu falei ontem que desejo fazer o caminho de Santiago. Ele falou que sou doida mesmo, mas que enquanto eu estiver fazendo o caminho, ele ficará em Biarritz e no festival de Bayonne.

Diferentes tipos, somos nós, nao?
:-) 

Mas entao, é isso. Uma noite agradável que o casal meio atípico que formamos, teve ontem.
marido filmou um pouco mas nao teve jeito de o blogger topar funcionar hoje com vídeos :-(


 

9 comentários:

  1. Querida Nina, eu estou comecando a me preparar para fazer o caminho (ou parte dele ainda nao decidi) ano que vem...vamos??? beijokas apertadas...

    ResponderExcluir
  2. Diferentes, mas se combinam e se amam, isso é que é legal!
    Eu amo músicas celtas e aí o cenário ainda por cima deve ajudar muito. Linda noite, heim!
    Beijo carioca

    ResponderExcluir
  3. Delicia de noite!!!
    tão bom quando menos esperamos e acontece algo que nos "abala"...

    Hoje pra mim e Ivan foi uma noite bacana, Valentina dormiu na escola, em um evento que fizeram lá, foi a primeira noite nossa em Dresden sozinhos!!!!
    Fomos a um bairro cheio de pubs que tem aqui, escolhemos um "mexicamo"... tequila com morangos!!! eta noite gostosa, conversamos muito e namoramos muito! beijokasa

    ResponderExcluir
  4. Maridão hein! Deixando de ver futebol pra ir à um show!!! Inacreditável!!!
    Eu também gosto de música celta!
    Bjs,
    Claudinha

    ResponderExcluir
  5. Seu marido é muito querido Nina, o meu nunca iria a algum lugar que não fosse do gosto DELE. rs!

    Eu também gostaria de fazer esse caminho Nina...
    Acho que em um futuro deveriamos juntar a mulhereada e ir... E os marido que fiquem tomando cerveja...rs!

    O que você acha?

    ResponderExcluir
  6. Oie Nina, tudo bem?
    Que interessante menina eu nem sabia da existencia desse caminho. Sabe aquela historia de que os opostos de atraem? hehehe e bem assim!
    Acabei de conhecer teu cantinho e amei! Ja to seguindo. e convido a dar uma passadinha la no meu bloguito flor :)

    bjiimm e bom domingo

    http://meuamorpaquistanes.blogspot.ie/

    ResponderExcluir
  7. Li no face, numa das mensagens, que é melhor vc estar com quem tem os mesmos valores do que com quem tem as mesmas afinidades. Assim sendo, há muitas vertentes de pensamentos e muitas estratégias para um casal que dá certo
    bjs,

    ResponderExcluir
  8. Pois eu acho que casais diferentes podem dar mais certo do que casais iguais. Pois existe a complementação. Casais iguais é um tanto quanto tedioso! :)
    Não conhecia nenhum dos artistas!
    Boa semana!!
    Beijus,

    ResponderExcluir
  9. Sempre sabe a música nova é por isso que você tem que viajar para abrir a mente, espero aprender um pouco mais da Argentina e do tango, espero ser capaz de obter um Aluguel temporada buenos aires

    ResponderExcluir