09/03/2013

Qual é o seu hobby?

Morar fora tem pra mim uma qualidade muito importante: entre tantas, uma das que mais me deixa encantada é a gente ser obrigado na marra a se virar sozinho, a aprender a viver com menos pessoas ao redor e a lidar com a gente mesmo. É um aprendizado que levamos pra vida toda. E você nunca mais vai a ser a mesma pessoa depois de uma longa temporada no exterior. Tudo em você fica mais agucado, os seus gostos se refinam, você amadurece e passa a ter uma visao muito mais ampla da vida. Nessas muitas peregrinacoes que nós estrangeiros fazemos às nossas almas - que estao um tanto mais solitárias do que seria o normal em nosso próprio país - uma das coisas que muito pode nos ajudar a lidar com essa tal solidao, é conhecer um pouco mais o que gostamos de fazer. 
Muita gente nao tem um emprego, muitas nao estao estudando, muitas nao tem filhos pra passar o dia todo fazendo isso ou aquilo e é nesta hora que eu acho importante dar atencao aos nossos hobbies, aos nossos passatempos, pra nao ficar só resmungando do clima, da falta de amigos e do que fazer. 

Foi aqui que aprendi a observar melhor algumas coisinhas que antes eram despercebidas por mim. Quando eu estava no Brasil, se me perguntassem o que eu gostava de fazer, eu responderia que eu sabia exatamente o que eu nao  gostava, mas o que eu gostava, nao saberia dizer... triste nao? Os alemaes dao extremo valor aos hobbies. Eles sao capazes de gastar boa parte do seu salário mensal comprando aqueles itens que lhes manterao ativos em suas atividades prazerosas fora do trabalho. Aprendi com meu marido a dar valor a isso quando aqueles momentos de "ai meu Deus, que tédio" me dominavam...

Nada do que eu faco, eu reconheco, é muito bom, mas eu faco com o maior prazer do mundo, porque sao coisas que me dao muita alegria. Gosto por exempo, de costurar, de desenhar e pintar, amo cozinhar e escrever, me alegra muito quando tento decorar a casa, dancar e cantar, e ultimamente, tenho tentato tocar teclado. Marido comprou um no natal pra família, o treco ficou aí jogado num canto. Eu sei, todo mundo sabe, ninguém vai tentar tocar aquilo, vai ficar só acumulando poeira até o dia que eu vou me emputecer, colocá-lo de volta a sua caixa e mandá-lo pra Keller (porao). Entao, outro dia, pensando no destino solitário do bichinho,  sentei ao teclado e fui tentando sozinha, aprender a ler nas partituras, as notas musicais. Toco algumas coisinhas bem facinhas, mas bem facinhas mesmo, porque as notas sao mesmo bem complicadas pra ler, mas isso tem me dado um prazer e alegria tao grande, você nem imagina.

E o engracado na história é que eu sempre achei teclado um saco, porque só me lembrava aqueles bailes bregas do interior, onde havia aquelas bandinhas só com um teclado, sabe? Ah eu me divirto agora sendo breguinha...



Metida que sou, fotografei a partitura de Yesterday, mas dessa nao sei nem o comeco :-(


É isso gente. Esta postagem é só pra te animar a sentar, pegar um papel,  pensar e listar: o que eu gosto de fazer? Vamos pensar mais no que a gente gosta? Vamos pensar mais na gente? Vamos? E claro que isso nao vale só pra quem está estrangeiro ;-)

17 comentários:

  1. Lindo te ler e que bom encontrar ou reencontrar hobbies ...


    Legal o teclado e faz bem brincar com as notas musicais! Um dia algo sai delas,rs beijos,lindo fds! chica

    ResponderExcluir
  2. Olá amiga você que está sempre presente em meu cantinho, eu venho lhe agradecer de todo o coração, o carinho de sua presença. Que Deus a abençoe e guarde, hoje e sempre. Assim que poder voltarei. Tenha um lindo fim de semana coberta de muita paz e amor! Com carinho Maria Alice. Obrigadoooooooooooo!!!!!

    ResponderExcluir
  3. Eu gosto de tanta coisa, só tenho pena de ser um pouco inquieta...rsss...não tenho paciência para muitas atividades, mas se pensar bem, o que eu gosto mesmo, mesmo, é de cozinhar...isso eu adoro!!!

    Beijo,
    Bom domingo

    ResponderExcluir
  4. Ai Nina! Que vontade de ir para a serra... dormir na roça é um de meus passatempos favoritos!
    Beijo interiorano.

    ResponderExcluir
  5. Acho que sei do que não gosto, mas ainda procuro o que realmente gosto.
    Artesanato, por ex., gostaria de ter habilidade para encarar;
    música, nunca pensei em estudar, embora ame piano, mas nunca tive "o sonho" de tocar.
    Acho que, afinal, sou meio preguiçosa. rs
    Gosto de arrumação, mas não é bem hobby.
    De verdade, não sei qual o meu, a não ser o óbvio: escrever e ler. Ler é uma maravilha na minha vida.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  6. Eu acho isso tão bacana nos alemães, admiro muito quem se dedica a outros afazeres que não sejam aqueles obrigatórios, por dinheiro ou por necessidade.
    Eu pinto, demoro às vezes um tempo, mas retorno aos pincéis quando me dá na telha ou tenho alguma inspiração; já bordei arraiolos; já fiz découpages; coleciono porcelanas, desde xicrinhas à bules; agora coleciono canecas que trago de qualquer parte do mundo, aqui ou lá fora; cismei de pintar móveis e têm ficado legais com caras novas e alegres na minha casa da serra e por último agora, vi na casa da minha comadre Teresinha e comprei pra mim e por dois finais de semana tenho feito pães maravilhosos na panificadora que deixei aqui na serra para curtir nos finais de semana, levo para o apartamento de Niterói e temos pão gostoso e sem bromato por alguns dias.
    Sou daquelas que vive inventando moda e isso me faz feliz comigo mesma.
    Continue no seu tecladinho, daqui a pouco estarás tocando esta beleza de Yesterday, então grave um vídeo e mostre pra nós seu talento.
    Gostou da ideia???
    beijão carioca

    ResponderExcluir
  7. So pra dizer que Keller é o nome do meu imão caçula haha

    ResponderExcluir
  8. Sabe que quando conta essas histórias de quem mora no exterior fico aqui morrendo de inveja.

    Agora posso te dizer que a minha maior vontade de morar no exterior vem da questão da transexualidade. Não é a mesma coisa ser transexual no Brasil e ser transexual na Suiça... rsrs. São vidas completamente diferentes. Tenho amigas trans que moram no exterior e dizem sobre as diferenças para melhor que é ser trans e viver como uma em alguns países, especialmente os da Europa.

    Bem, acho que não foi dessa vez para mim, mas quem sabe, esperança nunca morre... rs

    Beijocas

    ResponderExcluir
  9. Oi Nina!

    Muito legal seu post.
    Por um longo tempo na minha vida não tive hobby nenhum e hoje, percebo o quanto é legal pra cabecinha da gente. Meu hobby é fotografar. Fotografia é uma paixão pra mim.

    Beijos

    Selma

    ResponderExcluir
  10. Oi Nina, espero que qdo vc vier a Estocolmo, de um alo pra mim, ja que esta na sua listinha vir ate aqui.
    Quanto ao meu hobby, eu acho que o que gosto mais mesmo é de cozinhar. Pode ser comida, bolos, doces e salgadinhos. AMO simplesmente está na cozinha. Boa semana. Bj

    ResponderExcluir
  11. "... muitas peregrinações que nós estrangeiros fazemos às nossas almas". Nina adorei isto! Penso que um hobby pode ser um dom que não tenha encontrado espaço profissional, mas é uma voz da alma. É preciso ouví-la.
    O meu? Escrever!
    Bj

    ResponderExcluir
  12. Nina,
    Como sempre você vai fundo na questão da adaptação... E joga uma luz linda pra ajudar!!!
    Boa sorte com o teclado! Sabe o que eu pensei aqui? Você animando o forró dos brasileiros com um "brega" bem tocado!
    - Nossa, nossa, assim você me mata! kkkk.
    Ah lindeza, a música é alimento pra alma! Ano passado eu comprei um violão porque coloquei na cabeça que iria aprender tocá-lo. 4 meses depois eu desisti, não consigo tocar nem asa branca direito :( Mas a tentativa foi válida :)
    Meu hobby forever and ever?
    Fotografia!!!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  13. O meu hobby é um rosa com desenhos do Bob esponja hihihihi....(palhaça eu). rsrs
    Sabe o curioso?
    No meu caso é que grande parte das coisas que gosto, como hobby sao normalmente coisa que eu nao sei fazer bem(estranho né?)
    Eu amo canta no banheiro(canto mal pra burro)
    Adoro cozinhar(e nao cozinho bem tao pouco sei fazer bolos)
    Curto muito fotografia(e sempre acho que nao ficaram boas).
    Vim de uma familia onde todos os homens sabem tocar violão, pai tios, gatos e papagaios, casei com um cara que ja foi baixista de uma banda, que toca baixo, guitarra, violão..e sabe o que e sei tocar? Parabéns pra você, nessa data querida, muita felicidades muitos anos de vida.....
    Só....
    bjs Nina...

    ResponderExcluir
  14. Teclado? Que show!
    Meus hobbies sao quebra-cabecas (esqueco da vida montando os ditos cujos), fazer arrumaçao (principalmente papéis - vai entender, hahaha), trabalhar no jardim (tirar tiririca me faz ficar zen, hahaha) e escrever, escrever, escrever.
    Beijo grande, Angie

    ResponderExcluir
  15. Muito reflexivo este teu post Nina. Ultimamente não tenho tido a oportunidade de me dedicar aos meus hobbies tanto quanto gostaria, mas eu adoro fazer ponto de cruz e artesanatos reutilizando coisas que iríamos descartar.

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  16. Yesterday dos Batles? você é fã deles?
    Te gosto mais ainda!!!
    Eu adoro fazer crochê, fotografar e agora estou numa onda de criar vasinhos de decoração, trabalhos manuais com juta e renda. :)

    beijinhos

    ResponderExcluir