24/03/2013

Nosso primeiro encontro culinário e/ou curtindo as amigas

Uma amiga brasileira aqui resolveu de repente, que a gente deveria se reunir pra cozinhar e curtir a presenca uma da outra. Na mesma hora, pegou sua agendinha e foi logo marcando qual dia seria melhor para todas. Escolhemos a data e lá estávamos nós, para nosso encontrinho. Decidimos que o grupo nao poderia aumentar, porque nossas cozinhas nao sao nada grandes pra caber outras pessoas e porque também desse jeito, ou seja, continuando a ser um grupo restrito, teríamos  a chance de ficarmos a  cada encontro, mais íntimas, tanto na cozinha, quanto na forca da amizade.  own fofura...

Sao apenas cinco garotas (garotas!oh-làlà) e tá bom! Resolvemos fazer uma noite israelense ou israelita - como queira. Uma de nossas amigas, a Adri, esteve este ano em Israel, voltou de lá encantada, tanto com o país quanto com a boa comida. Como ela tinha conhecido alguns pratos bacanas, resolvemos fazer algo parecido e foi isso que fizemos ontem.

Aqui a entradinha: falafel, hummus, pao árabe, pesto, dip de beringela e como prato principal fizemos carne com quiabo. 
Tudo uma delícia!

O legal desses nossos encontros, é que a dona da casa que recebe a turma, nao faz ou nao deve fazer nada sozinha, a nao ser que seja algo que tenha que ser preparado antes. Adri fez por exemplo, a sobremesa de maracujá no dia anterior, mas só. Porque o que nós queremos é cozinhar juntas.

Sabe como a dona da ideia do encontro culinário se inspirou? Lendo meu blog! Acredita? Ela costuma ler o blog e diz ter se empolgado com as minhas invencoes na cozinha... me disse que há anos nao via prazer em cozinhar, mas vendo minha paixao e animacao, resolveu que era hora de voltar a ser feliz na cozinha. Ai gente,  isso nao é fofo? Eu fiquei toda prosa, claro! mas olha essas sao minhas palavras, tá? :-) Ela foi ainda mais doce que isso...

Entao foi ontem. E só ficamos nós, as mulheres. Sem marido e sem filhos por perto. Eu tava meio resfriada, como sempre ultimamente. Mas mesmo assim, fui pra me divertir. Cozinhamos, conversamos, tomamos vinho, chá, comemos muito bem, rimos a valer e ainda dancamos músicas árabes. Foi realmente ótimo!

Fomos vestidas a caráter. Era tanta bagunca na casa da Adri que você nao imagina - casa aliás, toda lindinha, muito bem decorada, que qualquer dia eu mostro aqui.

* * *

Post despretencioso com uma ideia cheia de pretensao: Este post é pra ti animar também a fazer algo parecido. Tá? Aqui na Alemanha eu vinha, desde que cheguei ao país, adotando grande distanciamento de brasileiros. Me fechei muito inicialmente porque tive decepcoes bem desagradáveis (mas que bobagem de frase foi essa? Existem decepcoes agradáveis?) com brasileiras logo que cheguei e já nem queria contato com conterrâneos. Mas agora que achei as pessoas certas, me sinto tao feliz com elas que nao sei como pude ficar tanto tempo sem essas minhas queridas amigas de alma ;-)

Entao, queridona, nao siga meu exemplo. Nao deixe suas amigas de lado. Procure-as. A suposta falta de tempo nos impele a nos manter longe umas das outras. Nao permita! Invente motivos pra se reunir e seja mais feliz!

14 comentários:

  1. Que lindo deve ter sido o encontro! E que bom achar a turminha certa! Faz bem! Muitos outros encontros desses, beijos,chica

    ResponderExcluir

  2. Oi Nina!!!

    Nossa, que maravilha! é tão bom encontrar gente assim, não é? esses encontrinhos só nos fazem bem... essa ideia foi muito legal mesmo.

    Aqui na cidade onde moro (BA) não tenho muitas amigas, porém tenho umas 3 que de vez em quando a gente marca um café, comida japonesa, alguma coisa assim... outro dia fui na casa de uma e levei uma quiche, lá papeamos, rimos e no final fizemos um lanchinho, foi bem legal.

    Gosto disso!

    Imagino como deve ter sido bom esse encontro de vcs, e não esqueça que essa ideia surgiu graças a vc e seu blog, êta que a mulé tá com tudo!!! rs.

    Bjs querida, fiquem com Deus!

    ResponderExcluir
  3. É isso Chica, a gente tem que achar "a" turminha certa!

    Mt bem Juli, otima ideia mesmo!
    Na verdade amiga, notei desde Ita, onde tinha poucos mas queridíssimos amigos, que nao importa a quantidade de gente ao redor, mas a qualidade de relacionamento que temos com essas pessoas que nos sao caras. O resto, é resto.


    Desde menina sou mt quieta, de poucos amigos mesmo, mas agora que to mais enturmada, nao perco uma oportunidade sequer de estar mais próxima das pessoas que amo. Isso vale pra família e amigos. Coisa boa é a gente se sentir querido, nao?

    ResponderExcluir
  4. Noooooossa que essa mulherada quando se junta... Olha, achei perfeita a ideia mas pensei que fossem cozinhar comida brasileira, cada uma da região a que pertence aqui, só pra matarem a saudade, mas o importante é se divertirem mesmo.

    beijos Nina

    ResponderExcluir
  5. Ninguem sente saudade, Pitanga. ahahahha

    ahaha, brincadeirinha...

    a gente vai fazer varios encontros se Deus quiser, e vamos sempre mudar o tema do rango :-) tem mt o que fazer ainda... Adri e eu p ex., somos de Manaus, e ja falamos que qq dia vamos fazer pirarucu à casaca... ate porque é legal pras outras meninas conhecerem os pratos tipicos que elas nao conhecem... so nao sabemos onde vamos arrumar pirarucu na Alemanha :-/

    ResponderExcluir
  6. Bis!! Bis!! Bis!! :)

    Adorei!! Quero mais!!

    Bjs Adri.

    ResponderExcluir
  7. Também gostei muito mesmo da nossa noite!!! Faz tão bem né! A união é uma coisa importante na vida da gente, mesmo que com data marcada!
    E o negócio é a gente tentar se abrir um pouco mais pra coisas novas e trocar ideias né!E se divertir; é claro!
    E o teu blog é muito interessante mesmo Nina! Continua me inspirando pra caramba! Tá de parabéns hein Nina!
    E Simbora; unidos correremos!!!
    Beijocas,
    Claudinha

    ResponderExcluir
  8. Adri e Claudinha!!!! A noite foi OTIMA, eu amei.

    Claudinha, eu soube da corrida, nossa, vcs arrasaram... Vamo que vamos. Simbora, miga ;-)

    ResponderExcluir
  9. Ai adoroooO... estar entre as amigas é um dos meus programas preferidos e quando é na intimidade dos nossos lares melhor ainda. Nos tempos da faculdade (que não faz tanto tempo assim) sempre estávamos juntas, cozinhávamos, estudávamos, fofocávamos. Ahhhh que saudades. Agora esses encontros são mais raros, já que algumas não moram mais na cidade, mas é mesmo uma delícia. Que bom que você se rendeu. Beijos!!!!

    ResponderExcluir
  10. Que delícia de encontros, Realmente esses encontros de mulheres são criativos e nutrem a vida.
    bjs

    ResponderExcluir
  11. Que post legal! E olha a coincidência, essa semana vou fazer uma festinha aqui em casa pras minhas amigas brasileiras que trabalham comigo. Pena que daqui uns meses elas vão embora...mas aí outras vão aparecendo, né?! hahaha
    Imagino o quanto vcs devem ter se divertido!!!
    Um beijão Nina e uma ótima semana também!

    ResponderExcluir
  12. Conta pra mim o que foi que vocês fizeram com os maridos e filhos?? Onde vocês conseguiram esconde-los para poder aproveitar este tempo só para vocês?? Imagino como deve ter sido bom. E por falar em bom eu improvisei naquela receita de ovos na tigelinha e ficou ótimo.

    ResponderExcluir
  13. Nina, que idéia bacana e literalmente "gostosa"...
    Aqui em Dresden temos um grupinho também, alias mais duas delas tem blog... da Tamine e da Larissa.
    O blog da Larissa se chama "Brasanha"...
    o da Tamine "Carambolege", nossa acho que isso mesmo...
    Sempre nos encontramos, para tomar cafés, em reuniõeszinhas em casa e barzinhos...
    ë bom né???
    agora poderíamos um dia marcar o "encontro das blogueiras", seria bem bacana hem???
    beijos
    ADOREI!!!

    ResponderExcluir
  14. Oi Nina!!!

    Que encontro legal!

    Adorei!

    Beijos

    Selma

    ResponderExcluir