31/08/2012

Paixao por filmes brasileiros

Desde que comecei a pausa no blog, tenho me mantido o mais longe possível do computador, há dias que nem o ligo, e quando o faco, é sempre rápido, seja pra responder um email aqui ou ali ou pra ver algumas atualizacoes no facebook. Mas há uma coisa, somente uma coisa que me faz ter vontade de usar o computador: assistir filmes. Vejo no computador porque é esta a única possiblidade de ver algumas coisas em português. Tenho assistido tanto filme bom! Ando cada vez mais apaixonada pels brasileiros, vi tanta coisa legal, de Abril Despedacado a Estômago, Amarelo Manga, até E ai, comeu?



Muitos filmes, diferentes entre si e igualmente bons. Alguns sao pra quem tem sangue frio, outros, só pra rir mesmo e se deliciar com as brasileirices e brejeirices nossas, só nossas. Já viu Falsa Loura? Cazuza? Deus é brasileiro? Baile Perfumado? O horrendo, nojento e triste, Anjos do Sol. E tantos, tantos outros que já nem lembro mais. Fora as séries como As Brasileiras (que nao gosto muito na verdade, com excecao daquela com Gloria Pires e sua filha. No fim, chorei de solucar e ri de gargalhar, tudo junto asim mesmo, porque me vi muito naquela mae  divertida e paranóica :-) ou a linda série Amor em quatro atos (ADORO aquele episódio com a Marjorie Estiano e o Malvino Salvador! como eles estao lindos nessa série, meu Deus!). E tenho visto também muitos estrangeiros, tanto que sinceramente, já nao sei o que vi, algumas cenas me confundem e eu nao sei mais em qual filme vi esta ou aquele cena ou ouvi esta ou aquela frase, mas estao todos gravados em mim. Tantos filmes! Minha paixao! A super querida Marcia enviou aqui pra casa um bem gostoso que chegou na hora certa e chama-se O exótico hotel Marigold, onde um grupos de idosos fazem uma viagem ao seu interior, indo ao exterior, a India.

Tenho visto filmes engracados, de amor, de morte, até filmes de terror, coisa que nao é meu estilo. Tem um, pavoroso mas super bem feito, O Orfanato, fiquei dias lembrando das cenas mas a atriz é a cara da minha doce e apimentada amiga Lola :-) O último que assisti, hoje, agorinha,  foi Almost Famous, adorável!! E que há tempos queria ver mas que nunca surgia oportunidade de assistir e Toast (vi ontem à noite).  Que bonito.




Você ja viu Toast? É um filme gostoso, longe de ser no estilo hollywoodiano, o que muito me agrada, do mesmo diretor que fez o maravilhoso Billy Eliot! Adoro filmes ingleses!

Aproveitei essa semana pra rever meu querido e doce A Festa de Babette e tantos outros. Nossa, como eu amo filmes que tem como tema, a gastronomia, nhan :-)
Bom, isso aqui nao é um post com crítica de filme e muito menos, foi escrito a fim de dar dicas do que você poderia ver,  afinal sou uma pessoa com gosto um tanto discutível e nao sou muito admiradora de coisas que todo mundo gosta, mas o que eu queria mesmo dizer é somente uma coisa que tem me incomodado bastante quando me dou ao trabalho de ler alguns comentários em alguns sites dos filmes que vejo: deixe de lado o preconceito com os filmes brasileiros. A gente nao pode querer acreditar que só os outros paises fazem coisas boas.Temos sim, maravilhosas  producoes. Deixe de lado o preconceito com o nu. Deixe de lado o preconceito com palavrao, existem coisas que só sao de fato, colocadas pra fora, quando falamos do fundo do coracao em alto e bom som, um palavrao, sabia? Nao existe isso de nu gratuito, de cena de nudez desnecessária, oohh gente, o sexo e a nudez fazem parte do que somos, deixe de lado tanta hipocrisia, vai, isso nao te custa muito... E curta as producoes brasileiras sem preconceito. Elas falam muito da gente e sao um retrato bom, autêntico e artístico do povo que formamos. Esse povo colorido, bonito, feio, engracado, sério, risonho, triste, desdentado, decadente, pra frente, solitário, acompanhado,  sofrido, esculhambado, musical que somos. Deixe de lado o preconceito consigo próprio e olhe-se na tela. É você, sua família, seu vizinho que está retratado naquelas cenas.

* * *
obs. A única coisa que me incomoda nas producoes brasileiras, sejam elas filmes, novelas, séries, é a apologia a traicao, nunca vi coisa igual, nao existe UM video sequer que nao haja a presena da mardita. Parece que somos só isso e que todo mundo é assim, e que trair é o maior alimentador da vida amorosa de um casal, poxa :-(

* * *

A pausa no blog continua, minha gente. Falei que só voltaria a blogar quando esfriasse por aqui, e os dias ensolarados diminuissem  e me obrigassem a ficar em casa. Hoje tá chovendo e fazendo 17 graus lá fora :-(
Entao, escrevi. 

9 comentários:

  1. Como sempre lindas palavras. Tenho varios filmes brasileiros aqui em casa, posso te emprestar.

    Ass: A chatinha Mor. rsrs

    ResponderExcluir
  2. Nina, que delicia te "ler" por aqui! Saudade grande... Aproveite muito mesmo, por que parece que os dias quentes nao vao durar muito tempo mais.
    Beijos e obrigada pelas dicas!

    ResponderExcluir
  3. Oi lindeza! Bom saber que você gostou do Hotel Marigold, mandei com todo o carinho.
    Assisti "E aí, comeu?" no cinema esses dias. Eu ri horrores!!! Principalmente da cena, hum, em que o Marcos Palmeira ensinava como fazer as coisas do jeito que o homem gosta. Brasileiro é fogo na peruca mesmo.
    Excelente sua crítica ao preconceito do brasileiro com a produção nacional.
    Me lembrou de uma citação do Nelson Rodrigues:
    "O brasileiro é um narciso às avessas, cospe na própria imagem e tem complexo de vira lata, sempre se colocando em posição inferior ao resto do mundo."
    Forte né?
    Viva os bons filmes! Inclusive os brasileiros!
    Bjão!
    Márcia

    ResponderExcluir
  4. Nina,você conhece a Joana do Blog UM ANO SEM ZARA ? Eu gosto muito do Blog dela...
    Ela está de férias na Alemanha.
    Acho que seria muito legal um encontro entre voces duas.

    Vou passar o contato:
    http://www.umanosemzara.com.br/

    Beijao!

    ResponderExcluir
  5. Bom revê-laa . Adoro filmes, mas vou muito a cinema e adorei saus dicas, alguns já assisti e outros ainda não.
    Bjs, Bom final de semana.

    ResponderExcluir
  6. Oi queridaa....adorei o post...eu tb já to procurando as meias no fundo da gaveta....o tempo tá mudando devagarinho....daqui a pouco vamos nos encontrar mais aqui...beijokas e aproveita ai o tempo longe da net...
    beijokas carinhosas...

    ResponderExcluir
  7. Nina, Abril despedacado é triste demais, amiga.

    Já o outro eu nao conheco.

    Um linda semana pra vc.

    Grande beijo

    ResponderExcluir
  8. Nina!!! que boa surpresa... adorei...
    amo assitir filmes... mas estou sem tempo, alias não é bem isso.... Valentina que não deixa memso...
    adorei as dicas!!!! vou ver se consigo ver... rsrsr
    beijãooo

    ResponderExcluir
  9. Que bom que vc voltou, estava com saudades.
    Eu amei Estômago.
    Vc assistiu a Dona da história? Muito bom. Com a Marieta Severo e Antonio Fagundes.
    bj

    ResponderExcluir