02/05/2012

Achado nao é roubado? É sim!

Ontem fomos caminhar e paramos num restaurante desses que as cadeiras ficam ao sol. Porque os dias aqui estao lindos e pedem sempre um bom passeio. Atrás de nós, na grama, havia um pequeno grupo de barulhentos adolescentes. Depois de mais ou menos meia hora que eles haviam deixado o lugar, meu marido notou um celular na grama. Foi lá buscar e já ia entregar ao garcon para o caso da menina voltar. Entao eu disse que seria bobagem entregar ao garcon, a menina nunca lembraria de ir perguntar a ele caso voltasse, e quem garante que ele nao ficaria pra si? Afinal era um belo telefone! Resolvi esperar um pouco mais por ela e disse que se ela nao voltasse, daria o celular a minha filha que perdeu também o seu há dois meses ou ao filho, que há mais de duas semanas me aperreia pra comprar um novo, já que o seu parou de funcionar. Adolescentes....

Essa decisao de alguma maneira ficou me martelando a cabeca desde a saída do restaurante depois de mais de uma hora e meia esperando a menina voltar até a noite. Meu marido fez cara de que nao era com ele, tipo: foi você quem pegou, nao fica me olhando com essa cara que eu nao tenho nada a ver com isso. E eu disfarcando que a decisao havia sido a correta, afinal quantos nao perdem coisas todos os dias e nunca tem de volta, nao é?

Acontece que nao consegui dormir pensando na mocinha sem seu celular. Marido já havia até mesmo tirado o chip. Laura, minha filha, ainda nao havia sido avisada que ganharia um aparelho novo, aliás, quase novo e dormia tranquilamente.

Eu fiquei me revirando na cama. 
Levantei determinada. Já era mais de meia noite. Encontrei o chip e liguei o celular. Por sorte nao havia senha. Vasculhei os sms´s da garota que deve ter uns 16 anos e também se chama Laura. Mandei mensagem pra quem eu imaginava ser pessoas mais próximas dela pelo meu celular, porque o dela a conta já havia sido cancelada.
Nao conseguiria dormir com essa culpa me martelando a cuca.
Hoje de manha bem cedinho recebi a resposta de uma das pessoas. Era o irmao dela agradecendo muitíssimo e já marcando um encontro hoje pra entrega.

Fiquei tao feliz! Já estava contente, 1 hora da manha, quando terminei de enviar as mensagens. Dormi como um anjo, sabe?! Como se um peso tivesse saído de cima de mim. Antes, olhando as fotos que fizemos ainda no restaurante, a garota aparecia atrás de mim, numa das fotos... nao dá! Se desse a minha filha, sempre que a visse com o celular na mao, iria sentir a culpa.

Porque sinto isso?
Simplesmente porque sou uma pessoa muito correta e tenho orgulho disso. Fiquei me sentindo mal por que agi contra meus princípios... 
Acho sim, que achado pode ser roubado. Claro que depende muito de como esse "achado" foi encontrado. No meu caso, eu sabia. Bastava um pouco de boa vontade, ligar o celular e fazer o que fiz. 

Simples, honesto, correto, tranquilizador.

Sou otária? Pode ser.
Mas é com a cabeca muito limpa, tranquila e leve que todo dia me deito na minha caminha...

21 comentários:

  1. Muito bonita sua atitude! Precisamos de mais pessoas que nem você no mundo!

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Você é tudo, menos otária, Nina querida! Adorei a atitude!
    Beijocas, Angie

    ResponderExcluir
  3. Amiga, você está corretíssima... também penso igual, acho a honestidade fundamental para se viver bem.

    Bjs, fiquem com Deus!

    ResponderExcluir
  4. É isso aí, Nina, o bom é fazermos o que a nossa consciência manda, pois ela nunca deixa que nos afastemos do que realmente somos. Já fiz o mesmo por alguém e sinceramente, adoraria que fizessem por mim caso um dia eu precise.

    Bjns.

    ResponderExcluir
  5. Nada melhor que uma copnsciência tranquila. Acho que teria feito o mesmo!

    ResponderExcluir
  6. Que bom que vc se deu conta! Por vc e tb para dar um exemplo legal para os seus filhos..
    Abraço,
    Ana

    ResponderExcluir
  7. Nina, querida!
    Pois se você é uma dessas 'otárias', saiba que tem mais uma coleguinha.
    Acho também que não conseguiria dormir tranquila se cometesse um ato falho desses.
    E depois a gente que é mãe, tem por obrigação dar o bom exemplo sempre, pois os filhos são reflexos do que somos e garanto que eles têm muito orgulho dessa linda mãezinha que é você.
    Parabéns pro maridex e que saladinha mais deliciosa, heim!
    beijos cariocas

    ResponderExcluir
  8. Que orgulho da minha amiga!!!
    Não há nada de otária em ser honesta Nina! Sua atitude foi nobre e faz juz ao que penso de você.
    Imagino a alegria do irmão e da mocinha esquecida. Passei por uma situação semelhante na Alemanha. Fui ao toilete de um restaurante muito chique em Tegernsee e esqueci meus óculos lá.
    Voltei umas duas horas depois, segura de que havia esquecido meus óculos lá, mas sem esperanças de te-lo de volta...Era um par de oculos muito caro.
    E não é que encontraram e entregaram na recepção????
    Fiquei muito grata e mais uma vez, surpreendida com a educação da pessoa.
    E com certeza farei isso quando encontrar algum bem que não me pertence.
    Beijos e parabéns por ser tão linda e certinha!
    Márcia

    ResponderExcluir
  9. Nina, achado NAO e roubado, porem tambem nao nos pertence. O que e dos outros e dos outros, independente de qualquer coisa.
    Que bom que vc tomou a decisao certa pra ti.
    Bjs!!

    ResponderExcluir
  10. Exemplos como esses me faz acreditar na humanidade!! Valeu...beijoss

    ResponderExcluir
  11. Ah, se o mundo tivesse Ninas espalhadas por toda parte! O mundo tá carente de gente correta, Nina! Gente que se importa e que sabe amar de verdade o outro. Sua atitude certamente agradou o coracao de Deus e voce colherá os frutos de tudo o que voce tem plantado.
    Beijos

    ResponderExcluir
  12. Olá
    Sou adepta a esse tipo de atitude. Já ouvi dizerem que tenho padrão de valores que não existem mais. Eu prefiro ser leal ao que acredito.
    Bjs

    ResponderExcluir
  13. Oi gente, vim aqui contar o resto da história. Acabei de chegar da rua. Marcamos um encontro às 5 da tarde. Cheguei lá 5 minutos antes e ela já estava lá. A chamei pelo nome e ela tinha o maior sorriso de agradecimento estampado. Tirou da bolsa uma caixa linda de chocolates, insistiu mt pra que eu recebesse, entao, eu aceitei. Ela dizia sem parar que estava super feliz, que nem acreditava mais que veria o celular. Nao parava de agradecer... tirou da bolsa uma nota de 10 euros pra me dar, nao aceitei claro. Ela insistiu mas nao aceitei porque realmente nao precisava. Ela tanto como eu, estava feliz com o ato que vivenciamos. Nos despedimos, vi a menina se distanciar toda contente.

    e pra complementar: sai de casa hj mt cedo, logo depois de escrever esse post, preciso dizer que tive um dos dias mais gentis da minha vida??

    Entao. tive. As pessoas estavam radiantes pra mim, tanta gente me ajudou hj em algumas situacoes que contando,vc nem acredita. Apenas uma das coisas que me aconteceram hj pra te dar um ex.: contei aos meus filhos o que houve e ambos ficaram super contentes pelo que fiz. Outra: no caixa no Ikea, como Pedro estava aos berros, peguei o troco e saí rápido, a moca do caixa me chamou de volta porque tinha me dado o troco errado, bem menos do que o correto, e mts outras coisas gentis vivenciei hj.

    Enfim.
    Como mts de vcs falaram, gracas a Deus que tomei a decisao correta. Hj de sobremesa tem chocolate delicioso pra toda a família :-)

    e viva a gentileza e retidao de caráter!

    ResponderExcluir
  14. Queria eu que tivesse uns sem ´´otarios´´assim como vc Ninoca, isso un cem, por cada cidade do mundo rsss
    Tudo seria sem duvida melhor, inclusive nós mesmo!
    Vc nao foi nada otaria, vc foi vc A NINA de sempre, linda, gentil amiga e muito correta em tudo que faz honesta com os outros e consigo mesma, dormir bem vale muiiiiiito!
    Fiquei super orgulhosa de vc sabia?
    Eu ja perdi um fone na sala do cinema, e uma ´´Nina´´da vida tb me achou, e me devolveu, isso no Brasil ainda, foi uma coisa muito gostosa de se sentir, imagino como essa moca se sentiu. bjs lindona!!

    ResponderExcluir
  15. Nina, que orgulho de conhecer você e poder participar de sua vida, mesmo que à distância. Isso é caráter. Ponto.
    Há uns 2 meses deixei meu celular no balcão de uma agência de correio. Só dei falta dele 2 dias depois (não uso mesmo, só tenho por desencargo, pra quando estou na rua)e não me lembrava onde poderia ter perdido. Liguei pro número, chamava, chamava, e nada. Pelo menos não estava desligado. Depois de umas 2 horas, a pessoa ligou para o número daqui de casa e se identificou, falou que o encontrou e não sabia pra quem ligar, ficando esperando chamarem. Pensando bem, pode ser que estivesse mesmo esperando que eu desistisse de procurá-lo. rsrs
    Depois disso, coloquei o telefone de casa nos Contatos e depois do nome dele, coloquei entre parênteses "marido", para que a pessoa possa ligar de imediato, se tiver interesse.
    Que bom que existem muitas Ninas pelo mundo, né? Beijo!

    ResponderExcluir
  16. Fez super bem Nina!!!
    Parabéns!!!!
    Você sabe que logo depois do casamento Stephan foi para Alemanha, ele foi no banheiro em Frankfurth e tirou a aliança para lavar as mãos e acredita que ele esqueceu a aliança no banheiro? Mas alguém de muita boa fé entregou no achados e perdidos e o pessoal do aeroporto entrou em contato com ele para poder enviar a aliança...Isso é mais um motivo para o Stephan acreditar que ele tá amarrado, em nome de Jesus!!! rs....

    ResponderExcluir
  17. Sempre é bom se colocar no lugar do outro . Ja tive atitudes que me atormentam ainda hoje e nada, nada é melhor que uma consciência tranquila.
    Parabéns pela atitude !

    ResponderExcluir
  18. Ser honesta é o melhor princípio que podemos carregar, porque nunca temos que ter medo das consequências, e é muito bom poder olhar as pessoas nos olhos sabendo que está tudo correto.
    Parabéns, pois sao essas atitudes que irao aprimorar o caráter dos seus filhos. Bjs

    ResponderExcluir
  19. Nina, decisao altamente acertada. Eu teria na hora verificado a lista de amigos para telefonar na mesma hora. E marido jamais me deixaria ficar com ele na mao nem por 5 minutos, já teria procurado saber pra quem ligar.

    Boa a tua decisao.

    Bjao

    ResponderExcluir
  20. Certamente eu faria o mesmo. Não quero nada que não seja meu e se eu ficasse com algo assim (um celular, alguma coisa "achável"), ficaria dias sem dormir. '-'
    Você está certa, certíssima!

    ResponderExcluir
  21. Minha linda irmanzinha fazendo as coisas como devem ser. Com certeza voce fez mais do que certo :) Voce ficou feliz e a menina tbm!

    Um beijo enorme no seu coracao!

    ResponderExcluir