18/03/2011

Uma velhinha muito chique

Estamos quase no comecinho da primavera e essa estacao é quando a gente comeca a ver as silhuetas das pessoas, já que os casacoes pesados de inverno comecam a ser trocados por casaquinhos mais frescos. Tivemos temperaturas tao amenas esses dias que deu gosto. O sol aparece e os dias sao bem claros e mais longos, uma delícia. Gosto da primavera também porque admiro uma senhorinha que adora essa estacao.  É a minha  vizinha do andar de cima. Ela é lindinha demais e com seus 75 anos tem mais pique do que muito jovem que já vi. 
Porque primavera? Porque ela e as margaridinhas que nascem na grama por toda a parte, sao meus principais sinais de que a estacao está mudando. Ela comeca a sair com seus vestidinhos frescos e floridos, muito discreta e elegante e vai passear com o namorado, que é um senhor  muito discreto de uns 80 anos. Ele chega com seu carro antigo, e sua boina estilo francês, estaciona em frente ao prédio e ela já vai descendo, toda feliz e delicada ao seu encontro. Vao passear. Ela nao dirige, nao tem carro e adora pedalar sua bicicletinha com cestinha na frente. Dona Elise é meu exemplo de mulher madura que chegou nessa idade muito tranquila e feliz apesar de todas as dificuldades que já passou. Quem a vê nem imagina...
Outro dia estávamos conversando e ela comecou a falar um pouco de sua vida. Nasceu perto de Stuttgart, mas foi  morar uma época em Dresden, ainda muito menina.  Quase caí dura quando ela me contou que estava na cidade na noite em que os ingleses e aliados a bombardearam na segunda guerra. Dá pra acreditar nisso? (Pra quem nao conhece a história de Dresden, acesse aqui). Ela sobreviveu também a dois outros bombardeios! Duas vezes onde morava e essa que foi a pior de todas, em Dresden. Ela conta também que sofreu muito quando  um de seus três filhos faleceu ainda pequeno, e era uma menina, a única, e ao perder a filha, ela perdeu também seu grande amor na vida, como ela se referiu ao marido, que nao suportou a perda da filhinha e se separou dela. Entao a dona Elise ficou sozinha e criou seus filhos assim. E passou por diversas dificuldades e tá aí, sem reclamar de nada, e está sempre sorridente e é sempre muito educada. Dona Elise cuida também de sua saúde, nao só de seu visual, além de pedalar quase todos os dias, mesmo no inverno, faz caminhada com uns amigos nas montanhas constantemente e passeia sempre, sai todos os dias de casa pra pegar um ar fresco. Mora sozinha em um apartamento e faz tudo dentro de casa e quando os netos vem visitá-la, ela está sempre bem disposta pra brincar com eles.

O que eu acho legal na dona Elise é que ela é totalmente diferente da outra  senhora que mora no prédio. Essa outra deve ter uns 60 e poucos anos, é casada com um senhor que tem no mínimo 20 anos a mais que ela (que é por sinal, bastante simpático e é na verdade um Casanova, pois já está no terceiro casamento, e isso aqui é uma grande novidade!!) só que essa coroa, que é meio chatonilda, e que é beeeem magrelinha, de cabelos curtos modernos, óculos extravagantes, se veste também muito elegante mas o problema é que ela se veste como se fosse uma mulher de uns 30 anos. No verao fica tao esturricada com a pele morena do sol que fica esquisita em suas sandálias tipo gladiador e blusinhas e bermudas modernas. Sei lá, cada um pode se vestir como quer, mas há que se ter bom senso, nao é mesmo? Dona Elise é simplesmente chique! Na festinha que demos quando Pedro nasceu ela veio tao bonita num  blazer curto branco, uma camisa romântica florida, uma calca bege e um lindo colarzinho de pérolas, combinando com seus cabelos curtos e branquinhos, que ofuscou todo mundo. 

Essa é uma senhora que sabe a meu ver, aceitar muito bem a idade que tem. 
Elegante, educada, saudável, simpática, inteligente, bem vestida.
Quando eu ficar velhinha quero ser bacaninha como ela.




 

15 comentários:

  1. Bom dia Nina querida, sua vizinha é uma velhinha moderna! Também tenho um vizinho assim, um querido senhor muito moderninho também! Ontem, o vi plantando em seus enormes vasos, várias flores e pensei: oba, o Herr Roither está plantando? É a primavera chegando!!! Que delícia de estaçao. Logo vou começar a plantar no meu jardim, carregar mesas e cadeiras e a churrasqueira para fora! Uma festa!! Beijos e um ótimo final de semana.

    ResponderExcluir
  2. Essa senhora velhinha que não reclama de nada, que você conhece, certamente é do grupo das exceções. A maioria das pessoas quando ficam idosas, ficam reclamonas, queria tanto não ficar assim. Por isso tenho meu blog para reclamar de tudo e não sufocar quem convive comigo... eheheh

    Minha mãe é uma senhora idosa que ninguém suporta conversar, tamanha são suas reclamações, visão negativa do mundo e ociosidade completa. Ela é o meu modelo do que não quero ser quando chegar na idade dela.

    Aqui estamos chegando no outono, e só me vem o alívio de sair do verão que detesto, adoro tempo fresco, frio, principalmente no Brasil, que o frio não é intenso.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  3. Nina, adorei o perfil da Dona Elise! Adoro reparar os velhinhos quando estou na Alemanha, parece que aí eles curtem a vida tao despreocupados... Caminham pelas ruas com seus andadores, se sentam nos bancos da praça... Tem uma serenidade muito diferente dos velhinhos brasileiros, que morrem de medo de sair na rua porque 1. podem ser atropelados; 2. podem ser assaltados...
    Um bjo querida!

    ResponderExcluir
  4. Que delícia de Elise!!!!! Onome já me cativou!!!!!! Rsrs...(sabe que meu sobrinho chama a Elisa assim?)
    E olha, convordo totalmente vim você! Nada mais bonito do que alguem que compreende o seu corpo e a sua idade.

    Novidadinha: Estou indo hoje dar uma passeada com as meninas, marido e mamãe. Vamos visitar a Cinderela!!!! Te dou notícias. Bjo!

    ResponderExcluir
  5. Oi Nina
    Eu tenho 62 anos e amo a vida e procuro me cuidar de corpo e alma e é assim que pretendo me ver aos 80 anos.
    Belo este seu compartilhar.
    bjs

    ResponderExcluir
  6. Oi Nina!!!
    Fiquei babando com este teu texto, adorei tudo sobre d.Elise, sua descrição me fez imaginar o jeitinho dela e querer conhecê-la, quem não queria ter uma amiga assim, são exemplos como estes que servem de inspiração e motivação. Impressionante também ela ter sobrevivivo ao ataque de Dresdem, quanta história e sabedoria ela tem para contar para os netos. Muito bacana mesmo. Parabéns pelo post, adorei!!!
    Bom fim de semana!!
    Beijos
    Bia

    ResponderExcluir
  7. Oi Nina,boa tarde !!
    Estou apaixonada na SRA ELISE !!!
    Que lição de vida heim?
    Me fez refletir muito,e acho q passarei este fim de semana na maior reflexão sobre valores na vida e na arte de envelhecer com dignidade,pq é isso q quero prá mim...na minha...distribuindo amor e bem viver...transpirando saúde e feliz por viver em harmonia com outras pessoas e agradecida pela minha colheita !!
    Fique na paz e com saúde,lindo fim de semana para vc e família !!
    beijo.

    ResponderExcluir
  8. Oi Nina, voltei !!
    Só para acrescentar...ontem a noite,conversando em família...fazemos todos os dias,falei para minha filha que por favor,qdo eu alcançar determinada idade...se eu perder o meu foco...e começar a entrar em órbita...para ela me puxar para a realidade...não quero ser uma senhorinha ridícula e sem noção como muitas q conhecemos por aqui...ela me olhou com uma cara estranhíssima,mas deixei bem claro que não é para o momento não...bem mais prá frente...
    beijo.

    ResponderExcluir
  9. Nina querida!
    Vim correeeeendo te conhecer,o teu comentario fofo me deixou super curiosa e olha onde cai? Em um blog ainda mais fofo!!!
    14 e 16 e um bebe de 8 meses e com essa carinha?? Isso da um super post,hein(caso ja nao o tenha feito..rs).
    Quanto a esse aqui, essas senhorinhas de bem com a vida, sao o maximo mesmo, quero ser assim e nao dar trabalho aos fihos no futuro. Nada como ser independente ao maximo!!
    Voltarei aqui com certeza!!
    Beijocas!

    ResponderExcluir
  10. Existem pessoas que, simplesmente, decidem ser felizes, apesar dos dissabores da vida. Essa vizinha é um exemplo, além da admirável atitude frente à velhice. Quanto à outra, creio ser o oposto, alguém que não aceita envelher e amadurecer ainda busca a fonte da juventude nas roupas. Lastimável!
    Obrigada pelas palavras de carinho lá no blog! A previsão não é de melhora a curto prazo no país, mas felizmente estamos conseguindo recuperar a nossa vida aqui no Brasil.
    Beijo
    Adri

    ResponderExcluir
  11. Nina.........a Dona Elise é um personagem de foto novelas......aquele ser perfeito que é fotografado para produzir um conto uma poesia.Construí ela na minha imaginação e acho que posso até escutar sua voz.Namorado,boa aparência,elegância, tudo o que se pode desejar na maturidade.Já ganhou mais uma admiradora.Acho lindo uma senhora se portar como uma ,valorizando a maturidade.Que texto gostoso para um sabado de manhã..obrigada por ele...beijokas e bom final de semana

    ResponderExcluir
  12. Realmente a Dona Elise é um exemplo de vida! Fico emocionada de ler historias de vida como esta... a pessoa tinha tudo para ser infeliz, mas preferiu passar a perna no destino e tornar a vida a seu favor! Parabéns a ela e a tantas outras 'donas elises' que temos nesse mundão. bjos

    ResponderExcluir
  13. Ahh que linda!! A gente vai fazendo a imagem dela aqui, imaginando a fofurinha que ela deve ser! E sempre um grande exemplo para todos ter uma pessoa que passou por tantas coisas, mas ainda assim aproveita a vida da melhor forma! Tbm vou querer ser assim, com energia, bom humor e toda bonitinha.

    bju bju e otima semana!!

    ResponderExcluir
  14. Nina
    Nossa mamae também é assim. Daqui alguns dias no dia 20 de abril completará 80 anos.
    Mas os ultimos exames deram que está com osteoporoso e Parkison.
    Mas está de otimo astral, um pouco magrinha mas estamnos com nutricionista e varios medicos e fisioterapeuta.
    Mas vestir? E com a mamae! Ela sabe ser alinhada sem exagero.
    Os seus 70 anos foi uma festança e os 80 será uma apoteoso. ( estou brincando) e exagerando.
    Mas a nossa mamae é a mulher mais linda e maravilhosa do mundo. Voces a verão linda no dia 21 pois a festa será neste dia.
    E lá do ceu o nosso papai vai bater palma por ve-la tão linda e alegre!
    com carinho Monica

    ResponderExcluir
  15. Adorei a D.Elise, no futuro quero ser igual a ela. Não sei se tu sabes, mas eu adoro idosos, tenho um monte de avós por aqui, gosto de ganhar abraços e sentir cheirinho de talco que vem deles, me lembra muito minha infancia, daminha vovozinha querida que partiu tão cedo.
    Bjus

    ResponderExcluir