02/02/2011

O valor da costureira do seu bairrro e algumas coisinhas aqui de casa

Eu gosto de costurar, e gosto especialmente de falar, brigar, esculhambar com meus paninhos enquanto costuro. Fico igual uma certa velhinha que mastigava a língua enquanto costurava e falava sozinha e tinha uma netinha perto dela rindo do jeito dela.
Minha avó e eu, há muuuuuitos anos... e eu hoje, fazendo igualzinho...
Lembro da minha vó nesses momentos, íntimos, e tao só nossos...

Ontem tava falando algumas coisas sérias com os paninhos, tava rolando até uns xingamentos, porque o que eu estava tentando costurar nao era lá coisa muito fácil.
Eu fazia uma agenda.
É menina, uia, eu fiz a capa de uma agenda...


Olha que biitinha:

Fui lá num lugarzinho qualquer da cidade, comprei a mais barata que vi (já notou como  uma agenda é caro??) e fui fazer a capinha de paninho bonitinho pra me presentear, por que minha veia craft anda me perseguindo esses tempos.

Ao notar o quao difícil era costurar a capinha simples que fiz sem molde, nem nada, seria fácil desistir e ir comprar uma pronta e carinha lá na esquina. Mas nao me dei por vencida e fiz até o fim.  Porque é assim, quem gosta de costurar e se diverte com isso, dificilmente compra coisa pronta e cara demais...  

Verdade que foi difícil, mas nao demorou mais do que uma hora, agora que Pedro dorme cedo eu aproveito o comeco da noite pra fazer minhas costurinhas. Aí lembrei de uma coisa: caramba, é difícil costurar algumas coisas, sabia?? Você que nao tem a menor nocao de costura nao imagina como pode ser difícil fazer algumas costuras, olha, vou te falar, minha cabeca dá mil voltas pra costurar por exemplo, bolsos em calca comprida, colocar certos tipos de zíperes, fazer um forro pra alguma peca, colocar viés, fazer um franzido, ou pregas certinhas numa saia... 

Daí que fiquei pensando naquelas costureiras, tao comuns dos nossos bairros simples, que fazem coisas incríveis... e, quem é que dá valor a elas??? Difícil achar quem o faca. É como se costureiras fossem um tipo de pessoa de baixo nível intelectual, que nao estudaram muito e só sobrou a velha máquina de costura pra elas fazerem um dinheirinho. E ainda tem que aguentar certa clientela, difíííícil que nao tem o menor respeito pelo trabalho dos outros e só porque tá pagando (mal, por sinal, porque o trabalho da costureira ou qualquer outro profissional artesao quase sempre é pouco remunerado, porque se ela cobra de fato o que merece, esse valor fica impraticável...) acha que pode ofender, destratar ou menosprezar a costureira.

Eu fiz as tampinhas pros vidros que guardam os carretéis de linha...


Na verdade, a costureira é uma pessoa que precisa ser bem inteligente, sabia?
Eu ponho em prova minha inteligência ao costurar um bocado de coisas... acredite, nao é nada fácil, você se desdobra, vira a cabeca pra lá e pra cá pra imaginar as coisas acabadas antes mesmo delas estarem prontas.

costurei também esse pegador de panela, o verdinho...tortinho que só ele...

E essa mantinha pra cesta de paes


Tá certo que a perfeicao vem com a prática, e muito das costuras a senhorinha já sabe exatamente como fazer, a memória craft dela sabe todo o caminho...
Mas ainda assim, toda peca pode ser uma peca diferente, e toda peca diferente traz um desafio novo à costureirinha...


adoro fazer coisas com patchwork, fiz capas de  almofadas. Tá vendo, Berê???? :-)
dá pra ver os passarinhos e coracoes que fiz com o resto dos retalhos?? eu e minhas bobagens, marido vê e só ri...


Daí fico lembrando das costureiras dos muitos bairros  que moramos em Manaus, da minha vó que fazia mil babydolls pras netinhas e da minha tia, que foi quem me ensinou a arte da costura...

Como to esperando a vontade de desenhar, voltar, fiz as capinhas desses porta lápis. Cortei tubos de papel e encapei... simples assim.
Titia me ensinou direitinho, eu que nao faco nada perfeitinho porque minha paciência é muito curta, quero ver logo tudo pronto... mas à minha tia e minha vó sou eternamente grata. À minha tia pela paciência com que me ensinou essa bela e pouco reconhecida arte, e minha vó, que permeou toda a minha infância com aquele barulhinho de máquina de costura pela casa, a maciez dos seus paninhos em jersey pra nossos babydolls, e o seu carinho sempre docemente presente com os netinhos...


A vontade de ter uma casinha com meu jeito, me faz ficar louquinha de vez em quando, entao costuro, pinto, renovo, mudo tudo do lugar... aqui o movelzinho que era sem vida, eu pintei de azul e coloquei meus passarinhos e coracoes lá dentro da gaiolinha...
Ainda vou mudar a cor da parede, o quadro... talvez, a cadeira... é que tem um pessoal que me inspiiiiira, como a Carmen e a Vivi. Aliás, se vc quiser concorrer a um belo livro de decoracao, passa na Carmen que ela está fazendo um sorteio pelo niver de seu blog!
Basta clicar no nome dela aqui em cima, no link.

Dá pra ver melhor os passarinhos? Coisa mais fofinha e colorida, own... o lápis catavento, foi presentinho da linda e meiga Angie


Entao é assim, oh minha gente, quando você vir aquela costureirinha do seu bairro, faz um carinho no ego dela, faz... elogia, pergunta qual pano combina com o quê, leva um docinho caseiro que você fez pra véia, toma um banho antes de ir experimentar a roupa :-) e se você nem vai mais em costureira, pensa em ir, para de comprar roupa da China, vai...

* * *
ps. este post é em homenagem a Dani Seiler, que me surpreende a cada dia com a qualidade dos seus trabalhos, esforco com que aprende e luta diária.

16 comentários:

  1. Nina,
    Você é uma artesã e costureira de mão cheia, fala sério! Eu não consigo nem pregar botão direito, quanto mais fazer coisas assim tão certinhas e com linha reta.
    Vou te contar um segredo (pra você e pra Net), nunca aprendi a costurar e este é um dos meus recalques, pois agora que poderia estar fazendo algo como almofadas que estou querendo pra minha nova decoração na serra, terei que comprá-las prontas, pois não sei fazer nada disso. Vergonha total!
    Tua casa é uma fofura e é isso que teu marido deve achar destes cantinhos aconchegantes. Aliás, paninhos dão esse ar aconchegante, né!
    amei tudo!
    bjs cariocas

    ResponderExcluir
  2. Ai, Nina, tô me sentindo TÃO importante ao ver meu nome citado no seu post.
    Vi as almofadas lindas, vi sim, assim como vi os passarinhos lindos que eu estou doida pra fazer. A capa da agenda está primorosa, eu faço é colar o tecido na agenda, mas assim é bom porque dá pra trocar no próximo ano, gostei, vou tentar.
    Lindos seus trabalhos, lindo o carinho com sua casa, com sua família.
    beijo,
    Berê

    ResponderExcluir
  3. Nina, posso até imaginar você brigando com seus paninhos, falando scheisse pra eles, depois rindo de si própria...
    Sua casa é super fofa, cheia de mimos que você mesmo fez. Isto dá tanto aconchego na casa, sabe?
    Os corações que você fez pra mim estão pendurados na porta do quarto, amo eles de paixão!!! E quando eu marcar a data do casório, vou encomendar um paninho de patchwork para a cestinha de pães que comprei contigo na nossa loja!!! Vai ficar uma lindeza de biito!
    Um beijo querida, e continue costurando estas fofurices!
    Márcia

    ResponderExcluir
  4. Ameei o post, ameei as coisiinhas, liindas!
    historias-amigassempre.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Ai que coisa linda!!!! Aliás, que coisas lindassssss!!!! Nina, você encanta! Gente, os passarinhos e os corações são demais! E o móvel azul encheu meus olhos!!!!!!

    Coisa linda seu canto...!!!!!

    Beijo!

    Rê.

    ResponderExcluir
  6. Olá Mamãe Nina, td bem? espero que sim...passando para dar um Oi, rs! Ainda estou viva, viu?!!

    Mas casada e bem resolvida!! =]

    Estou com outro blog, dedico agora mais tempo à minha profissão: educadora de infância!

    percebi que a filha deu uma sumida, um tempo, né? mas tudo bem... ela volta,viu? sempre voltamos para o colo da mãe... XD

    Bom, um excelente ano para seu blog e muitas felicidades ai na sua terrinha! amei a capinha de pano, eu quero uma igual!!!

    Bjus e mais bjus


    http://sorvete-colore.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Nina!!!
    Eu amei esse post!!! Tocou meu coração, me identifiquei muito porque minha mãe costurava, ela fazia nossas roupinhas quando criança e sempre fez roupas lindas para nós e sempre contava que na juventude dela ela fazia vestidos lindos e sempre quando ia encon trar com meu pai (quando namoravam) era cada vez com um vestido diferente (eram lindos os vestidos que ela fazia) tu me fez recordar de tudo o que ela contava... Nossa quase me emocionei... lindo também tudo o que tu faz, os quadros lindos da tua familia, aqui em casa eu também coloco nossas fotos assim, estou encontrando bastante coisas em comum entre a gente, de vez em quando eu também fico bem louquinha, quando quero fazer tudo, um monte de coisas e não dá tempo pois o dia só tem 24 horas... kkkk... me vi muito nesse teu jeito ai no post... como os blogs são legais e nos proporcionam compartilhar tanta coisa legal!!!
    Beijinhos
    Bia

    ResponderExcluir
  8. Bom...pelo menos temoa algo em comum...vc fala com os paninhos e briga com eles....e eu uso o espelho rsrsrsrs.Nina...sua casa é muito gostosa.As almofadas a gailoa com passarinhos adorei...como não prendo os de verdade,vou pegar sua idéia tudo bem??????post gostoso, me levou a visitar também minha vovó que custurava muito.Por aqui elas paracem chinesas, cobram tão pouco e ainda tem os que baguelam por um preço maios baixo(tadinhas) Já peguei na costura e fiz algumas coisas no passado,e concordo com vc, não é facil assim....elas merecem uns elogios sim.....abração Nina e até a próxima.

    ResponderExcluir
  9. Nina
    Eu te admiro porque costurar não é pra qualquer uma. E muito custoso. a minha melhor amiga é costureira lá em casa.
    E foi minha terapeuta porque enquanto costurava eu falava.
    E não fiz nada pra ajuda-la pois nem colocar a linha na maquina eu dava conta.
    tenho saudades de minha amiga.
    Mas sempre que posso vou lá ve-la
    com carinho MOnica

    ResponderExcluir
  10. Nina, lindo tudo isso!
    Costurar é muito emocionante, sempre quis aprender e hoje que eu faço é sempre maravilhoso, vou na aula 3 vezes por semana, por mim iria todos os dias, sempre que alguém falta trato de fazer aula extra...rsrsrsr

    Sempre que termino uma peça, olho pra professora e digo: Ameeeeiiiii!!!!

    Amoooo tudo isso....

    E lembrem-se: QUE POR TRAZ DE UM GRANDE ESTILISTA EXISTE SEMPRE UMA GRANDE COSTUREIRA!

    ResponderExcluir
  11. O SITE ESTÁ SEM FOTOS DOS MEUS LOOKS....PQ ESTOU PREPARANDO PARA ABRIR MINHA LOJA VIRTUAL....ALGUMAS PEÇAS QUE EU FIZ PRA USO PROPRIO VCS PODEM VER AQUI: http://www.thecoudre.com/

    E NINA, MAIS UM VEZ OBRIGADA!

    ResponderExcluir
  12. A GAIOLA COM OS PASSARINHOS É UMA IDEIA SUPER LEGAL....OIDEO PASSAROS VIVOS NA GAIOLA...

    ResponderExcluir
  13. Nina que coisas lindas, como é prendada essa minha amiga. hoje estou conhecendo a Nina artesã. Mana realmente muitas pessoas não valorizam o trabalho dessas artistas, minha vozinha também costurava e a sogrinha é excelente costureira, sei bem a trabalheira que dá fazer uma roupa.
    Bjus amiga.

    Ps.: Yes, agora só faltam 6 meses, hehehe.

    ResponderExcluir
  14. Estava indo tudo bem com minha maquina, ate o momento de trocar a cor da linha na carretilha/carretel (?)... perdi a paciencia e coloquei a maquina de lado. Agora tenho que pegar o manual com paciencia e ver como e que faz ou procurar na net. Nina adorei tudo o que voce fez!! Que coisa linda!! E Packwork!! Ownnn tudo tao fofo!
    Realmente e um talento muito grande quem sabe costurar bem.

    PS: Eu estava desde de quarta a tarde em Strasbourg, voltamos hoje. Com aquela mesma atmosfera gostosa.

    Bjinhos e poste sempre as atualizacoes das suas obras costurais =)

    ResponderExcluir
  15. eu tenho mta vontade de aprender a costurar, justamente por isso, poder fazer as coisinhas do nosso jeito, economizar uns euros quando ve na vitrine um vestidinho, simples, lindinho, mas carissimo, eh so chegar em casa e fazer, mtas vezes pode sair ate melhor, ai que vontade enorme me deu agora de começar um curso de costura, qndo eu era criança eu costurava a mao as roupas das bonecas, sempre gostei de remendar, da uma preguinha aqui e acolar, ajustar, acho que eu ia me dar mto bem com uma maquina de costura, rs, minha mae tbm tem mta vontade de aprender a costurar.... poxa... na proxima compra do mes vou ver se uma maquinazinha entra no meu orçamento, nem que seja em 10 prestações, rs.
    bjao
    Nina obrigada por sempre me inspirar.

    ResponderExcluir
  16. Oi Nina!

    Você é artista, hein!!! Caramba, cada coisa linda! Bem que eu queria aprender a costurar, eu adoro! Eu cresci indo à costureira com a minha mãe, nossas roupas não eram compradas, a gente tinha uma costureira perfeita aqui na cidade. Dona Lurdes era o nome dela. Uma artista! Eu sempre queria saber como é que ela fazia para transformar aqueles pedaços de tecido em roupas lindas!!!
    Concordo com tudo que você falou sobre as costureiras e a arte de costurar. Sim, costurar é uma arte!

    Beijos

    Carla

    ResponderExcluir