28/02/2011

E você, se orgulha de que?

Meus filhos nao gostam que eu faca comparacoes entre os países, e eu já nem faco pra evitar conflitos com eles... mas outro dia conversando com Laura, foi ela quem fez algumas colocacoes que eu ainda nao havia observado. 

Ela disse que aqui as pessoas quando se encontram, ao serem perguntadas como estao,  nao costumam reclamar da vida, nunca!  E mesmo que você já conheca a pessoa e encontre com ela sempre, ela nunca vai ficar reclamando das coisas. Como a Laura vê muito frequentemente no Brasil.
Ela também disse que as pessoas aqui respondem geralmente, de forma simpática, um bom dia ou um olá, que nao é como ela vê no Brasil, onde as pessoas respondem, quando respondem, de forma muito automática e sem vontade. 

E por último, o que ela disse e que eu fiquei pensando bastante depois foi, que as mulheres aqui andam diferente das brasileiras, que elas tem um orgulho ao andar. E que ela faz uma diferenca grande entre as mulheres do nosso país, ela diz que no Brasil, as mulheres andam com orgulho, mas é um orgulho que quer chamar somente a atencao do outro, a mulher parece se vestir pros outros, nao tem orgulho de si mesma, mas faz tudo pra atrair a atencao do outro. O que ela diz ver aqui é a mulher andando como se estivesse mostrando todas as conquistas que ela obteve no decorrer dos anos, indo estudar feliz, indo pro trabalho feliz. E mesmo que essa mulher nao seja realmente feliz,  ela nao está de cara feia  e chateada com sua luta diária e nem é reclamona.

É claro que depende, nem todo mundo é assim, mas eu tenho a impressao de que Laura tem razao. Depois da observacao dela eu comecei a observar mais as pessoas, e ela tem razao...

Por isso, me deu vontade de te perguntar: do que você tem orgulho?

18 comentários:

  1. Nina,
    Tenho orgulho da minha simplicidade, da minha aparência, do meu conhecimento, da capacidade que tenho de aprofundar em assuntos que vão de uma flor até uma planta de incineração de resíduo urbano ou mercado acionário. Me orgulho do caminho que trilhei e isto se traduz num bem estar muito suave que acompanha meu sorriso.
    Um beijo querida!
    Márcia

    ResponderExcluir
  2. Tenho orgulho de ter reconstruído totalmente minha vida que chegou a um ponto que era lixo puro.

    Que país legal esse aí! O que falta a mulherada do Brasil é ter mais amor próprio.


    Beijocas

    ResponderExcluir
  3. Wie gesagt: du hast recht!!! eu concordo com tudo! beijos
    Carmen

    ResponderExcluir
  4. Eu tenho orgulho de ter parado de trabalhar fora para cuidar da minha casa, do meu marido, do meu filho e de mim. Eu me orgulho da minha família! Eu também me orgulho por ter boa vontade de aprender coisas novas e de ser uma perguntadeira...

    Beijos!

    Lívia.

    ResponderExcluir
  5. Boa pergunta! Eu tenho orgulho de ter conquistado algumas das coisas que desejei: trabalho, gosto da minha profissão, uso meu pouco dinheiro para bater perna por onde tiver oportunidade de ir, compro livro e tenho um blog... Gosto dessas coisas, tenho orgulho disso!!!

    E sim, vou tomar a observação da Laura pra mim e começar a andar mais com a cabeça erguida lembrando das coisas boas que Deus me permitiu conquistar!

    Obrigada!

    ResponderExcluir
  6. Da família, realmente, linda que eu construí, de fazer milagre com meu salário e tb de ser assim reclamona, vaidosa, inconformada... tenho orgulho dos meus "defeitos", afinal são esses pilares que ajudam a sustentar todo o prédio. Um abraço e apareça!

    ResponderExcluir
  7. Oi Nina!!!
    É muito verdadeiro mesmo tuas palavras, realmente tem pessoas que reclamam de tudo e infelizmente muitas mulheres são assim, nem todas, mas também tem homens assim... eu já me orgulho de muitas coisas, teria uma lista imensa para começar a citar todos, como não dá para falar de tudo se não daria um post eu sempre gosto de analtecer os meus pais, principalmente minha mãe, acho que as mulheres são o pilar da casa... em realação ao nosso país eu gostaria que fosse como os países Europeus e Japão, mais desenvolvidos, menos corrupção e sem tanta violência, sei que não devemos comparar, teus filhos estão certos, mas inevitavelmente eu comparo e queria realmente que nosso país se espelhasse no exemplo deles.
    Adorei teu post!!!
    Tenha uma ótima semana!!!
    Beijos
    Bia

    ResponderExcluir
  8. Olá Nina, adorei a Laura!!! Ela entendeu tudo! A educaçao e a cultura que fazem esta diferença.Infelizmente no Brasil, falta isso.
    Eu tenho orgulho de ter decidido vender tudo no Brasil (carros, casa, móveis, largar um ótimo emprego), para vir morar aqui para sempre. Tenho orgulho de poder dar a melhor educaçao aos meus filhos aqui e ver para onde o dinheiro que vc paga impostos vai!!
    Laura, vc tem que sentir orgulho de pensar assim! Beijos para vcs todos!

    ResponderExcluir
  9. Ahh ter um orgulho faz bem para a alma ne? Claro que tudo de menos ou demais e ruim. Mas um orgulho, sim, orgulho de ter uma familia linda (no Brasil e aqui!), garra para vencer as batalhinhas do dia a dia, de ter ainda as amigas de infancia, de poder fazer amizades, do marido maravilhoso, orgulho das belezas naturais do Brasil, orgulho das minhas conquistas, inteligencia e do meu jeito de ser! =)

    Beijo, beijinhos

    ResponderExcluir
  10. Eu tenho orgulho de ser a Dani!
    Aquele que caiu muitas vezes e se levantou com estilo!

    Aquela que aos 14 anos saiu de casa e com 22 anos comprou seu apto pra chamar de SEU!

    Aquela que encontrou pessoas nesse mundo a fora, no qual muitas apareceram mas só os boas permaneceram.

    Aquela que levanta com vontade de ser chique e que no outro dia quer ser perua cafona e não tá nem ai....

    Aquela que virou cabeleireira, manicure, depiladora, maquiadora, massoterapia e hoje brinca de ser estilista.

    Ah! Eu tenho orgulho de ser eu mesma....

    ResponderExcluir
  11. eu nao tenho nem qe comentar que voce é demaais : ) e a Laura tbe : )


    www.sonhosotarios.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. eu tenho orgulho do meu caráter, da minha simplicidade e com certeza de poder andar na rua de cabeça erguida, por saber que tudo o que tenho na vida, eu conquistei por mérito e não por passar por cima de outras pessoas... bjo

    ResponderExcluir
  13. na verdade não posso responder essa pergunta.Pensei e pensei e percebi que nunca fui eximia em nada, minha qualificação mediana nunca me deixou me orgulhar de nadinha...nunca fui a melhor aluna, mas a mediana, nem a mais bonita,interessante...enfim...Essa pergunta me machucou rsrsrsr.Como mãe,acertei mas falhei tambem.como amiga fiz muitas mas tenho poucas.Mas acho que ainda posso confiar no meu bom senso,acho que isso eu não gostaria de perder nunca..então vai ele mesmo....BOM SENSO.
    Aqui na cidade, as pessoas agem como na Alemanha, sempre respondem com alegria e sorriso e nunca reclamam....sou sortuda, moro num pedaço de terra evoluido.
    Abração para vc e para sua filha...

    ResponderExcluir
  14. Não sei bem se é orgulho o que as brasileiras apresentam ao andar ou é uma sensualidade latente, às vezes meio exagerada, que não está presente em povos não latinos.
    Respondendo à sua pergunta, não tenho orgulho de muita coisa, não por não ter motivos para isso, mas porque sou uma pessoa que detesta chamar a atenção, low profile mesmo, então geralmente "esqueço" o que faço de bom e são as pessoas que me lembram de vez em quando. Talvez possa dizer que me orgulho da minha simplicidade, pois para mim está tudo bem, não exijo muito para poder viver.
    Sua filha é muito inteligente! Beijos às duas!
    Adri

    ResponderExcluir
  15. O que nos afasta de experimentar na prática o que a imaginação nos propõe e que nos enche o coração de glória, beleza e verdade? O que nos afasta de tão auspiciosa experiência? Em primeiro lugar nossa personalidade ser descoordenada e nossa mente vacilante, o que se demonstra através de tudo que fazemos, dizemos e sentimos ser de pouca duração. Em segundo lugar, nos afasta também o fato de nos apegarmos ao cultivo de um senso de distinção, apreciamos nos sentir diferentes e perdemos o fio da meada do que significa nossa glória. Em terceiro lugar, nos afastam também os credos religiosos, pois sem importar quão boas sejam suas fórmulas, todas produzem sectarismo. Em quarto, mas não último lugar, a soberba e cobiça também nos afastam.

    ResponderExcluir
  16. E o Carnaval? A Grande Festa da Gandaia Nacional! Como aquele bloco do Rio: Tá Tudo Certo Pra Dar Merda! Rarará! E olha a placa em Salvador, Bahia: "Alugo Minha Sogra Para o Carnaval". Ele tá tão otimista em alugar a sogra pro Carnaval que nem deixou telefone na placa! Tem que bater na porta! Rarará!
    E eu vou tirar 15 dias de Carnaval. Cinco dias é pra amador. E esse ano vou trocar a Bahia por Paris. Vou fazer xixi na Torre Eiffel. Pra ver se enferruja! Troquei a Claudia Leite pela Carla Bruni! Só vou sentir saudades dos coxão da Ivete, do trio da Daniela e daquele baiano gritando: "acordei virado na porra". Rarará! Eu vou sentir saudades do corno trio elétrico: atrás da minha mulher só não vai quem já morreu!
    E mais blocos 2011! Direto de Olinda: Quer Mamar Vai Debaixo do Burro! E temos ainda Muriçoca de Tanga, Dedo na Periquita e Vou Botar no seu Cuscuz! E os jornalistas do Recife criaram: Imprensa Que Entra! E direto do Rio: Empurra Que Entra. No Carnaval, tudo entra.
    E direto de Olinda o Bloco Gastronômico Só Como na Rua. Mas pela foto das foliãs do bloco, é melhor comer em casa! E direto da Bahia: Bloco da Espada Preguiçosa. Esse bloco no ano passado saiu atrasado e motivou a manchete: "Espada Preguiçosa saiu atrasado". Certo, pra quê sair? Rarará! E direto do Acre, o curto, grosso e solidário: Unidos e Fudidos! Rarará!
    Nóis sofre, mas nóis goza

    ResponderExcluir
  17. No momento, só tenho orgulho da minha criação em parceria com Deus e Marcus: Lara. Mas tô no caminho certo pra ter um orgulho de verdade de mim...

    ResponderExcluir
  18. Que lindas meninas! Botando pra quebrar no quesito orgulho de si mesmas, gostei MUITO!!! Posso até imaginar vcs andando e pensando: ah eu me orgulho disso e daquilo e daquilo e disso... que fofas!

    Só discordo da Eva,claro que entendi o que vc disse,mas fala sério gente, a Eva é maravilhosa, um ser humano tao lindo, e sei que tem mil motivos pra se orgulhar de si mesma. E todas vocês estao com tudo, viu? Amei ler isso. Marcinha Mapinha tbm, por favor, vc é demais,e sabe disso, além da pequena princesa, tem vc, a rainha mamae, maravilhosa e cheia de charme e inteligência...

    Agora, anônimo, hannn??? vc pode me explicar o que quis dizer??

    :-)

    ResponderExcluir