04/01/2011

O que?? Já acabou o Natal?

Estava andando pelas ruas ontem e vendo os pinheiros cobertos de neve e luzinhas de natal. Um frio do cacete percorrendo a espinha, me assustei com meu pensamento: caramba, já passou o natal! E eu nem senti o clima dele ainda. 
Me senti meio perdida na rua enlameada de neve e algumas estrelinhas brilhantes grudadas no chao. Como assim o natal já passou? Imagina uma crianca esperando o Papai Noel  chegar e ele esqueceu de passar na casa dela.. foi assim ontem.
Nao que o natal nao tenha sido bom ou nao tenha ganho e dado muitos presentes, mas ele passou tao rápido que eu nem senti, nao deu tempo de realmente perceber.
Viajamos muitos, fizemos muitas paradas pra visitar amigos e familiares, o estress das compras dos presentes tinha ficado pra semana anterior, mas mesmo assim, é sempre tudo tao estressante. A gente respira aliviado quando passa, mas dessa vez eu nao notei nem o fim do estress. Só vi o passar do tempo. Correndo demais, como sempre.
Coisas da idade talvez.

No reveillon subimos montanha, tinha um frio suportável, mas como nevou a semana inteira e depois deu uma chuvinha fina, a camada superior ficou muito lisa, todo mundo alegre subindo a montanha pra ver os fogos, deslizando e deslizando, a maioria se divertindo e eu,  morrendo de medo, que horror cair ali, velho quando cai se quebra todo, né nao? 
Pensei na idade. 
E como nao tinha um pinguinho de medo ao descer as ladeiras de patins onde morava ao 11, 13, 15 anos, hoje, uma escorragadinha de nada na neve me deixa em pânico. VELHOTA medrosa!!!

Mas é assim. O tempo tá correndo mesmo. Esse negócio de tudo na nossa mao, essa tecnologica escandalosamente rápida na sua evolucao, essa proximidade enorme do que tá longe e diminuicao das distâncias, tudo isso parece ter feito com que o tempo ficasse tao relativo... Que coisa estranha.
Mas é fato que os mais velhos veem o tempo passar rápido demais enquanto os mais novos... meu filho contava cada minuto do dia até chegar o natal pra ganhar seu tao esperado celular (ele só ganhou agora, aos quase 14 anos, indignado que sempre esteve comigo por todos os colegas terem um, menos ele...).

Mas enfim, acabou o natal. O Reveillon. Os fogos nao foram assim, uma Copacabana, mas foram bacanas de ser vistos. Dia 06 tiro os enfeites de natal da casa. E estou aqui prepararando minha lista de resolucoes para o novo ano. Uma delas: parar com esse papo de que to ficando velha, já to enchendo o saco de mim mesma e afinal o novo ano vai me fazer apenas e unicamente,  entrar na casa dos 40!
Velha nada.
Mais vivida, mais sábia, mais bonita (cof cof, como tudo é tao relativo :-) com minhas ruguinhas mais aparentes. Meus cabelos brancos que os filhos insistem em tirar ou dizer: mae, você nao acha que tá na hora de pintar os cabelos?? Minhas dores na costas de vez em quando... mas um bebê e dois adolescentes  lindos pra eu cuidar e dar amor. Um marido maravilhoso. E o Brasil me esperando, quente, amigo e saudoso. Tao familiar...

Seja muito bem vindo senhor 2011!!!!!
Feliz ano novo queridos!
Que ele traga também coisas muita bacanas na vida de cada um.

*  *  *


Alguns momentos nossos em fotos, nao muito nítidas:


Da janela da casa dos sogrinhos, que moram mais pro norte e onde nevou muuuuuito. A árvore de natal que fica fora de casa, no jardim, tao natural e tao geladinha, coitadinha...

 Na companhia de uma amiga e seus filhos, brincando na neve. Também mais pro norte, Temperatura: 15 graus. Negativos...(uii!)

Outro pinheiro enfeitadinho de natal, lindinho demais.



No Reveillon, na subida da montanhinha, parada pra ficar no Biergarten (lugar a céu aberto onde no verao, os alemaes bebem suas cervejas e comem suas salsichas....

No inverno, bom, a mesa do Biergarten pode ficar coberta de neve, assim, com gelo natural pra nossas cervejas e espumantes


A vista  do Biergarten, a nossa cidade querida, amada e preferida no país, Freiburg, com alguns foguinhos saudando o novo ano

Em casa no dia primeiro, tomamos Feuerzangenbowle, que é algo como vinho quente feito sob um pedaco de acúcar (o Zuckehut, ao pé da letra, chapéu de acúcar, que tem a forma, na cabeca dos alemaes,  do Pao de Acúcar e é como os alemaes chamam o o nosso Pao de Acúcar no Rio) e fogo, rum, frutas, canela. Delicioso, nao só pelo sabor, mas pelo ritual. Todo mundo reunido ao redor do fogo, o cheiro do vinho pela casa, as conversas... enfim. Tudo muito bom. Tranquilo, como deve ser.

 Aqui o acúcar em chamas caindo dentro do vinho, foto escura, mas é isso aí...dá pra imaginar? Será se tem algo parecido com isso no Brasil?

*  *  *

E de novo: Feliz Ano Novo gente!

7 comentários:

  1. Amém, em dobro para você. Lindaaaaas as paisagens, lindo NATAL.
    bjs,

    ResponderExcluir
  2. Nina queridona!
    Que delícia seu final de ano!
    Eu gostaria imensamente de estar num lugar gelado nesta época, pois acho que tem tudo a ver com natal e a expectativa para o novo ano. O frio e a neve fazem com que as pessoas parem mais, pensem mais, reflitam.
    Não precisava ser -15 graus, mas uns 3 grauzinhos positivos já me faziam feliz. hehe
    Seu novo ano será cheio de coisas boas, tenho certeza disso, afinal entrar na casa dos entas é uma das melhores coisas, você verá. Já pressinto-a mais sábia.
    beijinhos cariocas (de um verão ameno, graça a Dios)

    ResponderExcluir
  3. Oiaa!! Adorei a cerveja ali!hahah Geladeira para que ne? kkkk
    SAbe que tbm tive essa sensacao do Natal ter passado rapido demais! Nossa, tudo numa velocidade impressionante!
    Adorei as fotos, lindas!! E o pinguinho Pedro? Em 15 graus negativos? Ownn Haja amor de mae para esquentar!! =)

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  4. HAHAHAHAH. Eu tô rindo por causa dessa história de velha pra lá e velha pra cá e eu tomei um tombo federal ( e foi federal mesmo que foi em Brasília heheh) e vc deve me achar "matusalênica! hehehehehe Tem um mes e ainda não tô legal.

    Olha ô Nina, velha aos 40 anos "tu tá de brincadeira, né não"?

    ResponderExcluir
  5. Nina, você não me venha com este papo de velhota pois você é muito linda e muito nova! Oche!
    E os cabelos brancos minha amiga, eles aflingem inclusive quem te escreve, sinal de que o tempo passa... mais depressa do que imaginávamos!
    Que as lembranças do Natal durem mais do que o próprio tempo...
    Um beijo a todos!
    p.s: o sertão vai virar mar! Não para de chover no Brasil!
    Márcia

    ResponderExcluir
  6. Oi Nina!
    Obrigada por me achar uma fofa!
    Que lindas imagens! Mas muito frio eu não resisto!

    Um feliz ano novo pra você!
    Beijos e sucesso!

    ResponderExcluir
  7. Feliz 2011!!!!

    Muita Saúde, Amor, realizações , Paz, Amor!!!

    Você vem quando para o Brasil?

    Beijinhos!

    Thaís

    ResponderExcluir