01/07/2009

Esquisitices alemãs

Como você sabe que está na casa de um alemão?
Simples:

Quando todos os sapatos da família estão dispostos fora do apartamento num pequeno móvel ou dentro do ap num cantinho da entrada

Quando ao entrar no apartamento, teus sapatos recebem um olhar de fuzilamento na hora e dali você não passa sem antes tirar os pobres coitados, sujos e cheios de pedrinhas na sola que vão estragar o piso e fazer com que o dono da casa gaste um dinheirão com consertos

Quando você ao ser convidado pra ir a casa de um, precise levar sua próprias pantufas

Quando você como batata e salsicha todo dia

Quando você abre um armário na cozinha e é atacado por todo tipo de cores, formas e tamanhos de tupperware


Quando você recebe pelo correio jornaizinhos semanais ou mesmo diários, com as promoções do supermercado e o povo lê aquilo com mais interesse do que você leria um livro de suspense

Quando a geladeira é tão pequena que você faz verdadeiros malabarismos pra encaixar suas compras ali

Quando mesmo que não tenha nada pra comer ou beber, a cerveja não falta

Quando você não encontra uma poerinha sequer nos móveis

Quando você é convidado pra ir dormir na casa de um e precisa levar seu saco de dormir

Quando no banheiro (toilett) tem sempre uma escova pra você limpar o que sujou (se é que você me entende...)

Quando na televisão, o povo só quer assistir programas bregas de músicos vestidos de forma MUITO estranha, ou passam horas rindo de programas humorísticos onde o "artista" fica falando sozinho num palco e se achando muito engraçado

Quando você vai tomar café da manhã um fim de semana onde tem amigos e você toma seu café normal enquanto eles tomam "cerveja clara-bretzel-salsicha branca e mostarda doce" (e em hipótese alguma essa ordem pode ser alterada, pode dar caso de polícia! O povo aqui não aceita com bons olhos mudanças nos padrões já estabelecidos- tradição é tradição e ponto final!).


Essa é uma das paixões da Laura, claro, sem a cerveja, mas ela come a salsicha com ketchup e o povo acha a maior heresia!

E quando é que você sabe que tá na Alemanha??


Quando você vai a um restaurante e não tem música ambiente (esqueça cantores com seus violões cantando música alta e ao vivo!! Isso não existe aqui)

Quando você, ao pedir um prato, o tal prato vier recheado como se fosse pra três pessoas e você precisa comer TUDO!!! Sem deixar resto e se deixar , vai ter sempre alguém na mesa disposto a comer teu resto, sem a menor cerimônia ou problema

Quando você entende somente 40% do que as pessoas falam

Quando você ri porque tá todo mundo rindo mesmo, mesmo que você não tenha entendido a piada

Quando qualquer coisa que você fale, faz todo mundo rir de você porque eles te acham muito engraçado ou doce ("oohh Du bist so süß!!")

Quando você encontra lados do que antes foram um par de luvas ou meias, ou ainda boinas, xales, casacos esquecidos em cima de bancos, janelas, escadas, pelos caminhos nas ruelas da cidade

Quando você está no meio de uma conversa e você precisa se concentrar muitíssimo no seu interlocutor, porque se você perder uma palavrinha da conversa, você não entende o que ele quis dizer (nunca um idioma foi tão complicado e nunca um povo demorou tanto pra completar uma frase como o alemão)

Quando você encontra bicicletas presas com cadeado em lugares públicos e a roda está quebrada, virada, esculhambada e o dono parece que esqueceu onde estacionou a pobre
Foto Google

Quando você vê meninos e meninas adolescentes com a mesma cara, tipo de roupa e penteado.

Quando os meninos adolescentes andam nas ruas como se fossem rappers (a calça mostra TODA a cueca, a boca da calça comprida, está dentro das meias, o tenis é obrigatório ser branco, mesmo num calor de 30 graus (isso aqui é muito quente!) eles estão de moletons com capuz, eles usam correntes douradas ou prateadas no pescoço e braceletes (??) como os que os jogadores de tênis usam e falam com as mãos em constante movimento

Quando as crianças pequenas são terrivelmente barulhentas e os jovens meio desrespeitosos, mas ao ficarem adultos, um verdadeiro milagre acontece e eles se tornam incrivelmente outros!

Quando os jovens acham o jeito de falar alemão dos turcos (maioria de estrangeiros aqui) muito bonito e "cool" e tentam imitá-los e aí o que você já não entendia em alemão, entende menos ainda

Quando você pensa que não tem nenhum policial por perto e quer dar uma de espertinho estacionando seu carro somente um minuto num lugar proibido e de repente, surge um policial ou mesmo um transeunte que anota o número da tua placa e você recebe em casa uma bela duma multa (esqueça a possibilidade de ser espertinho na Alemanha!!)

Quando o povo tem cabelos muito, muito estranhos
Foto Google
Quando os pais andam lá na frente, na rua e menino pequeno vai andando atrás, uns 5 metros de distância (eu acho isso o cúmulo aqui!!)

Quando você está gripado e não tem um "Tempo" ou seja, um pacotinho de lenço de papel e você é visto como um alienígena

...
...
Eis algumas maneiras de você saber que está em território alemão, e olha que essas são apenas algumas das esquisitices deliciosas desse povo que é mesmo, um barato!


15 comentários:

  1. Nina, aqui em casa de longe e casa de alemao, porque eu sempre deixo (sem querer) poeirinhas pelos moveis. hahahah
    Mas acho muito legal essa peculiaridade toda!
    Realmente a Alemanha o povo abusa mesmo na originalidade no cabelo. Acho incrivel o tanto de coisas que eles fazem, mas tenho certeza que eles so inventam tanto porque tem cabelo bom! hahaha
    Agora, adolescente em todo lugar e assim ne?! Aqui nao e a maioria, mas os meninos de 12 a 17 anos sempre usam moleton colorido, calca baixa, mp3, alguns usam um topete do cristiano ronaldo. Acho horrivel, mas sei que qdo a gente ta nessa epoca, todo adolescente imita o outro. Quer a marca tal e o produto tal.

    E toda vez quando vou na casa do sogro, que fica a 2 km da divisa da Alemanha, vejo as familias de alemaes visitando algum lugar e os meninos pequenininhos correndo bambo, com suas perninhas pequenas, cabelinhos dourados atras dos pais ou na frente a metros de distancia! DEpois, quando o menino pega numa planta (nao sei se venenosa) os pais vao andando na direcao e mexe na mao da crianca e diz que nao pode! Fico abismada como eles confiam mesmo no anjo da guada das criancas! hahahaha

    bjks

    ResponderExcluir
  2. Adorei saber Nina, garnde contrinuto esse que nos ofereceu e quando eu fôr a Berlim, já irei de certeza muito mais alerta!

    ResponderExcluir
  3. MEUDEUSDOCÉU!
    Eu sou alemã e não sabia!
    hahahahahahahah
    Porque sabe dona Ninoquinha, eu sou uma pessoa só um pouquinho esquisita, mas também né, olhando de perto ninguém é normal!
    Tenho pavor as poeirinhas(culpa da mamis que sempre me fez tirar pó), adoro um potinho colorido, encartezinho de mercado? Passo horas comparando os produtos para ver onde sai mais barato de fato a compra, mesmo que eu nem vá ao mercado...
    Programa tosco na tv? é comigo mesmo(normalmente tem alguma aberração na tv a cabo) heheheheh
    No meu banheiro tem a escovinha(êca!).
    Mas na minha casa você pode circular livremente com seus sapatos, se bem que é muuuuuito mais higiênico deixar os sapatos na porta. Minha família de Joinville que tem forte influência alemã, não entram de sapatos em casa, fica tudo na porta e minha tia que é casada com um alemão tem um prateleira do lado da porta de entrada para colocar os sapatones sujos.
    Ninoquinha semana que vem acho que terei uma noticia muito boa, tô me coçando querendo contar, mas vou esperar até lá, por enquanto só vou deixar em suspenso:D

    Beijins fada:*

    ResponderExcluir
  4. Ninoca,
    Vou imprimir este post e levar na minha bolsa quando for para a Alemanha. É um guia de convivência e entendi depois de ler suas palavras o porquê da minha linda Swigermutter me dar um lindo pacotinho de lenços com motivos provençais!
    Nina... eu também adicionaria aquele barulho estrondoso que os alemães fazem quando espirram, mein Got, não fazem nenhuma cerimônia, a primeira vez que ouvi eu contive meu riso.
    E sobre a comidinha no prato... ta aí uma boa observação! É uma afronta deixar restinhos...
    ADOREI o post! Extremamente educativo!
    Te adoro linda!
    Bjão

    ResponderExcluir
  5. Vc vê Chris, eu fico horrorizada com esse negócio de os pais andarem longe dos pequenos, fico apavaroda! Um dia quase que um Straßenbahn (bonde de rua) atropelou um molequinho e isso vc ve todos os dias, e eles sao ainda tao pequeninnhos,qd sao grandes é normal, nesse caso sao eles que fazem questao de ir bem longe dos pais, rsrs...mas acho estranho, eles dizem que é pra crianca ficar mais independente, humpf!

    Ihh Patti tinha tantas coisas mais, mas iria ficar um post muito extenso, mas olha, pode vir sem receios, eles sao especiais e principalmente em Berlim, o que talvez vc estranhe é o modo meio grosseirão com que um vendedor vai falar contigo ao comprar uma Bratwurst por exe, ehehehe, mas isso é do dialeto de Berlim mesmo, um barato!

    Soninha menina, entao vamos ja comecar a falar so alemao, preciso tanto melhorar, snif snif... e que noticias é essa?? Vou aguardar semana que vem ansiosamente e fico desde já torcendo aqui!!

    Nossa Marcinha, sobre espirro eu nao posso falar porque o meu é MUITO alto, puxei a minha mae que espirra parecendo que vai acabar o mundo, agora, o que ainda me incomoda é eles assoarem o nariz na mesa, claro, sempre usando o lencinho e virando o rosto, mas na mesa, e sem a menor cerimonia e parcimonia, o barulho é um estrondo de fato, rsrs.

    ResponderExcluir
  6. Eita Nina, uma postagem cultural!
    Confesso que me surpreendi com muita coisa que escreveu...
    Ô meu Deus...é muito choque cultural!!! Minha amiga Márcinha vai precisar mto de ti...rsrsrs

    beijão

    ResponderExcluir
  7. Que salsicha mais esquisita...Pq ela é branca?
    Um dia eu comi chucrutis (acho que não é assim que se escreve,né?), nossa, eu amei, acho que foi uma das coisas mais deliciosas que comi na vida. Outro dia comprei enlatado e não foi nem parecido com o que comi na casa de uma amiga.

    Eu vi uma reportagem sobre o fato de não haver barulho em restaurantes na Europa e achei engraçado, porque aqui é quase impossível isso!

    Esse negócio de não poder entrar com sapatos em casa acho super justo apesar de cansativo,rs! Agora, quando eu e o Fábio formos te visitar, não vou levar saco de dormir, tá?
    rs

    ResponderExcluir
  8. Aíiii...
    Acho que vc quer que me de bichas na minha barriguinha....

    Que delicia...adoro...
    Coisa que eu mais gosto é salsicha alema, de preferencia bem grande...rsrsr

    Ñ tem coisa melhor que parar e comer um pao com salsicha e bastante mostarda....
    E tomar uma Radler bem geladinha....


    Bom, em Langenzenn onde moro, o povo é meio estranho...ñ conheço ninguém....o máximo que vc pode arrancar é um Hallo....

    Só tenho uma amiga brasileira que mora em Nürnberg....Que aliás foi uma fofa comigo....desde o dia em que cheguei na Alemanha...
    Me ensinou a sair de langenzenn de Trem e pegar o metro até Nürnberg...rsrsrr

    Até eu aprender a comprar o ticket correto eu perdi alguns euros....
    rsrsrs

    Agora fiquei com saudade da minha casa....Das minhas coisas!

    Quero comer salsicha, comprar sopa de lata, comer bola de batata (ñ Lembro o nome) comer uma barra de Milka bem grande ( sozinha) comer um pao fresquinho, saindo do formo.
    Ah! Estou com vontade de tudo....rsrsrsr


    Bjos...

    ResponderExcluir
  9. Gostei da parte dos sapatos, já tentei aqui em casa. Mas meu olhar fuzilando pés não serviu pra muita coisa a não ser pra um quase linchamento! kkkkk hilário estar na Alemanha. bj

    ResponderExcluir
  10. Eu iria passar muito aperto por aí...rs Muita coisa pra assimilar, viu. Agora, não vou mentir, tupperware eu a-do-ro e tem que ser muitas, milhares delas... Amo!!

    bjux Nina!

    ResponderExcluir
  11. Menina!! que coisa tenho algumas coisas alemãs também...hehehe!!
    detesto entrar em casa de chinelo,mas é mesmo um povo esquisito,rsrsr! Nina quando eu for na alemanha vou me lembrar do seu post kkkkkk
    beijo !!!

    ResponderExcluir
  12. Hehehe - adorei, Nina :-) E, lendo o post, notei que a minha casa tá bem alemoa mesmo (com excecao da poerinha [que tem por todos os lados], e do quarto de hóspedes (a gente tem cama pras visitas, prometo, hahaha).
    Beijoquinhas para a Süße :-)
    Angie

    ResponderExcluir
  13. Faltou falar das lojas BIO em cada esquina!!! hahahahah

    Ah mana, e tem outra coisa que nao falta na mesa alema: CIGARRO

    ResponderExcluir
  14. Hahaha, adoreiii!
    E sabe que o jornalzinho que vem aos sábados com as ofertas dos supermercados e parfumeries eu leio (devoro) rapidinho! hahahaha...

    E salsicha branca no café da manhã?? Blerghhh... afff!

    Ah! Alemão tb não toma líquidos gelados. Suco, refri e água sempre em temperatura ambiente. Será que é pra economizar energia e espaço nas microgeladeiras?? HOHOHO...

    Beijocas!! Adorei o post!

    ResponderExcluir
  15. Adorei, tenho uma amiga queridíssima casada com um alemão, vou mandar este post pra ela!

    beijo!

    ResponderExcluir