14/04/2009

E a Páscoa se fez em nós...

Foi Páscoa e eu nem havia me dado conta da data. Aliás já faz muito tempo que não percebo muito bem a beleza da Páscoa, afinal é mais uma data comercial. Apesar de que de todas as datas e feriados, essa ainda é uma que guarda em si algo mais interessante que parece se manter longe da euforia das outras. Mas o fato é que eu ainda não havia me dado conta, só fui perceber a Sexta Feira Santa no sábado, quando uma prima me mandou um recado falando das coisas que costumávamos fazer na data.
Preciso confessar que no dia que não deveria comer carne, estava mais preocupada com minha própria carne, mais uma vez cortada e costurada. Passei de quarta até sábado de manhã em um hospital, cuidando dessa carne que me sustenta, com a ajuda de Deus, ainda resistente e de rápida recuperação.
Mas me senti culpada por ter esquecido da sexta feira santa! Nenhuma oração eu fiz! Apesar de ter passado quinta, sexta e sábado agradecendo a Deus por tudo o que tenho.
Mas minha prima me trouxe de volta, ou melhor, me levou de volta às nossas sextas feiras santas em família. Num tempo em que de manhã, o pedido de „bença mamãe“ ou "bença vovó" era feito de joelhos. Música pela casa ou TV ligada?? Nem pensar! Isso era altamente proibido, a tv só podia ser ligada no horário que começava o filme da vida de Jesus. Aí, nessa hora, todo mundo se reunia na sala da casa para assistir ao filme mais triste do mundo! Assistir a vida de Jesus na sexta feira santa ou no domingo de Páscoa, era sagrado. Todos os televisores do bairro pobre que morávamos eram ligados ao mesmo tempo e a rua ficava em silêncio, entre os plimplins da tv.

Lembro de um dia, com 7 anos, que no meio do filme, não aguentei, inventei dor de barriga e fui chorar no banheiro de madeira velha, fedorento, que ficava fora da nossa casa, um banheiro comunitário, da estância de casinhas igualmente velhas que morávamos. Fui chorar e chorei longamente, por aquelas dores terríveis que aquele santo homem sentiu por nós. Me senti a mais suja, hipócrita e ingrata criatura da face da terra, por ver seu sofimento ali, sentada comodamente no chão lotado de família feliz, numa sala velha, de uma casinha velha, num televisor velho, vendo uma vida dura e linda, em preto em branco.

Muitos anos se passaram depois dessa tarde triste e a sensação de inadequação ainda persiste... Como o ser humano pode ser ingrato, insensível, reclamão... Tem uma vida que lhe cabe perfeitamente, e mesmo assim, pouco se lembra da gratidão de sua existência.

Às vezes eu acho que se mais pessoas tivessem chorado em banheiros fétidos, o mundo seria um pouco mais bonito de se viver...

* * *
Mas como nem só de tristeza vive a Páscoa, muito pelo contrário, que o diga os bons cristãos e as crianças...

Na casa dos novos avós







Procurando os ovos escondidos no jardim pelo coelho da Páscoa




Hmmmmm



Nessa época, dos meus sete anos, não nos era dado ovos de chocolate na Páscoa, talvez por não ser tão tradicional assim, ou simplesmente porque fosse caro aos bolsos de nossos pais e avós. Mas tinha algo que fazia a gente se alegrar e que era igualmente doce: mingau de mungunzá, pra todas as crianças.

E a gente se alegrava pelo renascimento, mais uma vez.

* * *


E por aqui, eu fico pensando na gratidão.
Depois que as crianças ganharam uma porcão de chocolates, João me olhou e ficou com peninha porque eu ainda não havia ganho doces como eles, e foi ao jardim, colheu um bocadinho de fores da primavera linda que está por aqui e me ofereceu.



E no hospital, da cama, meu olhos davam pra uma parede com esse quadro bonito, e pra uma mesinha com cadeirinhas e uma toalhinha de mesa, ambas tão parecidas com umas que minha vó tinha...


Só motivos pra se sentir feliz. O tempo inteiro.


* * *
Meninas queridas, como ainda estou em recuperação, não tenho muita disposição pra andar nos blogs, assim que me sentir melhor, passo na casinha de cada uma, ok?!

22 comentários:

  1. Nina, nao se preocupa, o importante é você ficar boa!
    Um beijo bem grande, e saúde, muita saúde pra voce!
    Angie
    P.S. Que gesto sensível o do seu filho, eu adorei!

    ResponderExcluir
  2. Mas o que aconteceu???? Deus meu!!! Você não disse nada...E eu aqui achando que você tinha ido passear de novo!!!!!!!!!!!!!!!!!

    MAs.....O importante é que você está se recuperando e nós estaremos aqui, torcendo por você. Sempre.

    Beijo carinhoso,

    Rê.

    ResponderExcluir
  3. Linda, melhore logo. Adorei o post de Páscoa. Ah, tô grávida do meu primeiro filho! Isso é pra te animar. Vou me inspirar muito em vc. Beijos http://pedacinhodacel.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Nina o que acnteceu? fique boa logo viu? saudades gordas de vc bjokas

    ResponderExcluir
  5. Eu estava preocupada com você! Que aconteceu?

    Fico feliz por ter se lembrado da sexta-feira santa porque nos dias de hoje as pessoas se esquecem do real valor dessa data. É um feriado para nos dedicarmos Aquele que deu a vida por nós.

    Ninoca, fica bem tá?

    Amo você

    ResponderExcluir
  6. Nininha, como de costume é claro que todas sentimos sua falta em nossos jardins(como fada que é sempre nos visita deixando um pózinho mágico), mas muito mais que isso, sentimos falta do seu jardim, sempre florido com histórias do coração.
    Hoje, não sei se é porque o dia amanheceu cinza, eu estou meio cinza também, chorei com seu relato porque é muuuuito parecido com o meu e eu sempre lembro desses detalhes nessa época.

    Que você sare logo:)

    Beijins:*

    ResponderExcluir
  7. Nina, que sua recuperação seja rapidíssima... Melhoras!!

    Fique com Deus!
    Estou com saudade...

    bjux!

    ResponderExcluir
  8. Oh! Nina, nem sei o que provocou tua cirurgia mas, vejo tantas cores, luz, como um traço nítido primaveril em teus escritos, que sei que a vida pulsa em tuas paragens. Há páscoa, há renascimentos, sinto daqui. bjs acolhedores.

    ResponderExcluir
  9. OH ! Nina espero que vc fique boa logo que o senhor Jesus aquele mesmo que morreu e ressuscitou levando sobre sí nossas enfermidades vai te cobrir de bençãos de cura minha amiga...fica com Deus e melhoras.
    beijos!!!

    ResponderExcluir
  10. Nina, te desejo uma ótima recuperação!
    Se cuide, ok.

    Como sempre vc me emociona com seus posts, suas lembranças e seu jeito de pensar e agir. Parabéns!

    Um ótimo Renascimento pra vc tb! :)

    Beijocas com carinho.

    ResponderExcluir
  11. Espero que não seja nada grave e que logo esteja de volta com toda força e energia.
    Bjs no coraçao

    ResponderExcluir
  12. Um grande beijinho e um abraço forte para você, querida.
    O importante é que recupere depressa e passe nos blogs só quando bem entender, que nós não saímos do sítio.
    O essencial é a sua saúde.

    As melhoras rápidas, Nina.

    ResponderExcluir
  13. Nina... mais hospital?! :-(
    Melhoras...
    Beijos muitos

    ResponderExcluir
  14. Moreco vc tem meu e-mail e telefone... LIGA ou escreva!!! Estou esperando

    ResponderExcluir
  15. Poxa Nina eu nao sabia que vc estava no hospital, desejo que vc melhore bem rapinho. A Pascoa eu passei na casa da minha sogra. E o feriado nao e na quinta e sexta aqui, achei isso bem estranho, confesso, mas nao deixei de respeitar.
    O ano vem passando tao depressa que as datas apenas acontecem e a gente nao se da conta. Gostei das fotos, esses ovinhos nas arvores sao bem tradicionais ne?
    Fica boa Nina, que Deus continue a te abencoar!
    Beijo enorme do seu coracao e onde doi, para vc ficar logo boinha.

    ResponderExcluir
  16. Mungunza e tipo canjica?? E doce?

    ResponderExcluir
  17. Ei meninas!!! Como sempre enchendo de carinho essa caixinha de comentários, né? Tá tudo ótimo de novo, na verdade, estava tbm antes, foi só um probleminha de leve, que me incomodava antes, agora, nao mais :)
    Obrigada pelo carinho de cada uma, obrigada mesmo!!!!!
    Beijao

    chris, no amazonas a gente chama mingau de mungunzá, alguns conhecem como canjica... sim é doce! Hmmm eu adoro gagau, rsrsrsr

    ResponderExcluir
  18. Puxa, Ninoca, vc dodói e não fala nada??
    Operou de novo, foi?
    Vê se fica boazinha, te amo de coração e quero te ver sempre bem, cheia de saúde e feliz!!!!
    Que linda a flor que o João te deu.
    E nessa Páscoa vc renasceu também, para nossa felicidade!
    Quanto à novidade, é que vou trabalhar no escritório da Sea Shepherd aqui em POrto Alegre!
    Se tu quiser saber quem eles são vai no post mais abaixo onde eu falo do programa que eles tem no Animal Planet, que tu vai conhecer o trabalho deles.
    É uma ONG fundada pelo mesmo fundador do Greenpeace, e eles lutam pra acabar com a matança das baleias, das focas, dos golfinhos...
    É um trabalho fantástico e eu tô muito feliz de ter a chance de trabalhar num lugar desses.
    É um estágio que vou fazer.
    Mas não vou sair no navio em campanhas, porque não dá.
    Mas o que eu puder fazer, em terra, pra acabar com esta barbárie contra estes bichos, eu vou fazer.
    Me deseja sorte!!!
    E quero ver vc bem boa logo, logo!!!
    Eu e esta mulherada toda que vem aqui não vivemos sem você!!!
    Bjo pequena grande mulher!!!!!

    ResponderExcluir
  19. Não sei exatamento o que vc tem, mas desejo a vc muita saúde e que em breve esteja de volta ao mundo virtual!

    ResponderExcluir
  20. Nininha, semana passada tive que fazer a terapia do palavrão, sabe a semana que parece que dá tudo errado? Você faz o possível acorda otimista, dá o seu melhor e parece que nunca é o suficiente? Teve uns dias muito ruins por aqui...
    E essa semana que está um pouco mais leve o clima mudou radicalmente, hoje o Pedro começou a vomitar, resultado: Tô aqui com aquela vontade de chorar no banho para aliviar o cansaço, tá dificil viu? Mas vai melhorar:) Vai melhorar porque eu quero e sempre é assim não é mesmo?

    Beijins na família toda:*

    ResponderExcluir
  21. Eu sei que tudo já passou e se aliviou mas queria mesmo assim deixar minhas palavrinhas pra ti: agradecer a tua insistente delicadeza. Mesmo num hospital agradeces e sabes valorar todos os presentes que te rodeiam. És uma querida mesmo.
    E o que são essas fotos de páscoa?
    Aqueles ovinhos pendurados naquela palntinha ... um encanto só, Nina! E os chocolatinhos ...fiquei louca com aquele embalado em forma de joaninha .... mereces delicadezas....poruqe assim és.
    Um grande beijo,
    bel

    ResponderExcluir