16/03/2009

Sua voz mamãe, é música pra o meu ouvido

Pra mim, não tem coisa mais linda do que o acalanto num filho.
Nada supera o momento em que voce está sozinha com seu bebezinho, num cantinho do quarto, com uma luz fraquinha, ninando-o pra ele dormir. É um momento só seu e dele. Ele já pode ter mamado em você ou na mamadeira e tá ali, te olhando encantado. Você o pega no colo, ele toca com sua mãozinha a sua mão de mamãe, se aconchega no seu abraço, fecha e abre os olhinhos, sorri, dá um gemidinho com aquela vozinha de bebê... É mesmo um momento de encantamento no dia a dia de uma mãe. Eu não perdia esse momento por nada no meu mundo. Não havia uma noite que não participasse desse ritual com meus dois filhos.

Primeiro a historinha do livrinho, depois o dar de mamar, depois a musiquinha de ninar. E assim o momento mágico se repetia todos os dias. Por anos. Eu fazendo bem aos meus filhos e me fazendo bem a mim mesma.
Músicas de ninar são maravilhosas, algumas, tiradas de nosso folclore, tem umas letrinhas meio assustadoras, é bem verdade, mas o que importa ao seu filhinho, é a sua voz de mamãe, é a melodia, é o seu tom de voz, é o seu bater de coração perto dele. Nāo se prive disso. Nem importa mais a idade de seu filho. Cante pra ele.


Olha que site interessante esse. Você pode ouvir pessoas cantando em vários idiomas as músicas de ninar de diversos países.

em alemao

norueguês

chinês

Se até um bichinho precisa de carinho, quem dirá nós, hein?!





14 comentários:

  1. Nina, eu adoro a hora de colocar a Mariana pra dormir. É um momento muito gostoso.
    Eu canto pra ela dormir até hj, uma versão em português de "twinkle, twinkle, little star"... Ela pede: Mamãe, canta a Itelinhas (estrelinha).
    E enqto eu canto, às vezes sou "atacada"por ela, com beijinhos e carinho, delícia delícia indescritível. :)
    Beijocas pra vcs!

    ResponderExcluir
  2. Que saudades Nina, desses pequeninos gestos aos nossos bebés!
    A vida passa mesmo muito rápido. Há que preservar esses momentos na memória, obrigatoriamente.
    Vou espreitar o site.

    ResponderExcluir
  3. Que delícia de momento, Nina!!!!!!!!!! Eu também amo isso...E agora, mais ainda, porque parei com as aulas na faculdade à noite, e estou tendo mais tempo para nós. Esse ritual é maravilhoso mesmo, e a gente acaba saindo melhor do que eles próprios, né??????????

    Vem cá, nada chegou aí ainda??????????????????????????

    Beijo grande,

    Rê.

    ResponderExcluir
  4. Sou desafinada por natureza e aproveito do meu desafino para fazer graça e nem me importo.
    Mas tem uma coisa fantastica que acontece sempre. Os bebezinhos adoram me ouvir cantando. Ficam me olhando batem palminhas e pdem pra eu cantar de novo... Eu com minha voz de arara em perigo, sou um sucesso! heheheh

    Beijins:*

    ResponderExcluir
  5. Meu bebê nunca precisou ser ninado para dormir. Basta colocar na cama que ele pega o travesseiro e catapimba. Então nosso momento é na hora de acordar, ele me dá um abraço gostoso e fica apertado em mim um tempão. Ah, é paz profunda.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Ai Nina...
    Bateu uma saudade da Larinha bebêzinha...
    Agora quase não consigo ficar com ela no colo, ela não deixa e diz que já é "mocinha".
    "Num é que eu sô mocinha, mamãe?!"
    Fico louca pra ficar com ela no colo e fazer ela dormir, mas além de não deixar, ela já esta um pouco grandinha pro meu colinho. rs

    bjux, bjux Menininha!

    ResponderExcluir
  7. outro dia vi a filha da minha amiga dizendo: eu te amo mamae... aquilo mexeu fundo.. depois a menininha tava inquieta, gripadinha.. depois de ser medicada, a minha amiga começou a cantar pra ela e fazendo carinho... a menina dormiu feito anjinho.. isso MEXE tanto com a gente..

    ResponderExcluir
  8. Nina, esses momentos ñ tem preço.
    É simplesmente mágico.
    Um forte abraço.

    ResponderExcluir
  9. acho que sou a mãe + desafinada do mundo, mas canto mesmo assim...
    rsrsrsrs

    ResponderExcluir
  10. Quando eu era criança minha mâe cantava: " Tá na hora de dormir,não espere a mamãe mandar, um bom sono pra vc e um alegre despertar" e eu aava. Depois descobri que era de um comercial que passava na época.Essas coisas são inesquecíveistanto para mãe, quanto para o filho.
    Ninoca, recebi seu e-mail e fica tranquila porque não incomodo com o fato de você ter minha senha e nem nada, confio em ti, pode ter certeza.
    Obrigada pelo contator,mas acho que vou mexer nas configurações e deixar o blog aberto apenas para os convidados, acho que farei uma enquete lá no devaneios.
    Amo você!

    ResponderExcluir
  11. Ahhh.. É tão lindo.

    Assim você me incentiva a ser mamãe,poxaa!!!
    Quando eu era menor meu sonho era ter um bebezinho pra amar. Sei lá.

    Agora não penso assim. Deve ser realmente,muito lindo. Mas eu me conheço e prefiro ter minha vida pra mim... Não ter alguém dependendo de mim. Estranho isso. Me sinto mal de pensar assim,às vezes aha. Mas é assim mesmo.
    É a coisa mais linda,ser mamãe,eu sei.
    Quem sabe um dia... distante,mas quem sabe?! xD

    Amo você,mamãe Ninaa =]

    ResponderExcluir
  12. Carinho de mae é muuuuito bom! E a minha tá quase aí, chegando dia 28Ebaaaaaaaaaaa :oD Até hoje eu ainda ganho colo, hehehe :o)))
    Beijos,
    Angie

    ResponderExcluir
  13. Olá, Nina, nem sei se você lembra de mim, sou a mãe da Priscila (Klô). Eu refiz um Blog e estou voltando ao mundo dos..."blogueiros"...rs. Estava lendo esse teu post e me reportei aos meus dias de noites em claro com meus bebês.Interessante, te dou minha palavra, nem tinha visto esse teu texto e escrevi algo sobre meus filhos, omtem mesmo...que conscidência...
    Que fase maravilhosa...aliás, procuro curtir todas as fases deles, mas quando são bebês, são mais "dependentes" do nosso carinho, da nossa atenção...você entende.
    Quando a Aneliza (minha filha mais velha) tinha 3 meses de vida, eu estava tentando fazê-la dormir e acabei fazendo uma canção de ninar para ela, eu canto e me vem lágrimas nos olhos. até hoje. Tratei de escrever essa canção pra nunca mais esquecer uma vírgula se quer!Depois essa música foi passando de filho pra filho, já que são 3!!!QUe delícia lembrar desses dias...
    É, que Deus nos conserve saudáveis, com sabedoria e muita disposição, porque iremos precisar de muito fôlego pra quando chegarem nossos netinhos...rs. Bjs pra você e parabéns por tua sensibilidade.
    Lúcia Klopper

    ResponderExcluir