26/02/2009

Costurando e pirando

Nesses dias de folga, voltei a fazer uma outra atividade: costurar. Ou seria melhor falar: tentar costurar. A máquina ficava lá de olho em mim e eu nem ligava pra ela. De repente deu a louca e eu fui comprar uns pedaços de pano na lojinha. Panos, linhas, agulhas, zíperes, adesivos de borboletinha pra os momentos de: "desejo de fazer arte" e lá vou eu, toda contente... revista de modelagem pra copiar modelos, já que eu não sei cortar tecido sozinha ainda, metida que só ela: - Escolhe aí Laura, escolhe qualquer roupa que a mamãe faz pra ti filha! Laura não se decidiu por nenhum tecido e por nenhum modelo da revista, faltou coragem, talvez???? Ahh, não confia na mamãe é? Quer saber?? Então quem vai sair ganhando sou eu! Vou fazer tudo só pra mim e ainda economizo tecido, porque sou bem menor que tu Laurinha...

Olha revista, escolhe modelo, abre a folha quase indecifrável com os moldes no papel, usa a carretilha, copia, recorta papel pro molde, mete a tesoura no tecido, eita coragem braba! Quem vê pensa que sou profissional... marido ficou impressionado com a agilidade no corte. Liga a máquina. Olha o barulhinho perfeito da bichinha, chega até a me arrepier, que perfeição! Alfinetinhos na esponjinha igual a da vovó, Caetano tocando na vitrola, e eu lá, tutututututuutu... falando com os panos.. ai que lindo.

Primeira tentativa: uma calça comprida. Deu legal na pequena, mas sobrou pano! E o zíper falta ainda e eu fiquei sem coragem de arriscar. Tá me esperando aquela calça tortinha, em algum lugar. Segunda tentativa: uma saia com pregas, tecido escolhido: exatamente o errado! Molenga demais. Ficou toda torta a saia e eu, a bunda parecia que tava pro lado! Já me basta o culote, bunda do lado, eu me recuso a ter. Terceira tentativa: um vestido longo... Ficou longo demais, essas alemãs são tudo gigante mesmo, o número diz 36, mas aqui, o correto pra mim, seria 34 (tamanho de anã) e a costureira aqui não atentou pra isso. Além disso, a parte de cima do vestido ficou mal cortada, tentando diminuir, acabei fazendo merda! Vou usar o vestido todo pra fazer fuxico... Quarta tentativa, um outro vestido. Criatura tinha que escolher o modelo mais complicado da revista, uma fofura!! Com uns babadinhos na manga, e uns recortes que uau! ficariam sensacionais no corpitcho da gatinha aqui, vai lá costureira fuleira, fiquei mais de uma hora pra entender como se coloca aquela bendita manga no vestido, já pra pirar, falava desesperadamente com o pano que não me respondia nada e sinto, eu sinto mesmo, que aquele pano florido nojento tava rindo da minha cara, é sério! A manga foi parar debaixo do braço, depois, de volta, pro peito, e de volta pra parte de trás da gola e por fim, pro lixo, desisti geral do babadinho... Quinta tentativa, um outro vestido, pano durinho, sem problema pra cortar, modelinho simplérrimo, agora não vou errar... tutututututututu, sim, errei, tamanho da parte superior ficou enorme, embaixo estreito demais. Cintura???? Inexistente. Resultado: um pano de saco. Posso tentar um cinto pra criar ilusão de uma cintura. Mas pensando bem, marido não vai ter coragem de sair comigo vestida com aquilo, nem eu. Última tentativa, um saia, que até agora, parece que vai dar certo, se der, prometo mostrar o resultado das minhas brigas com a máquina de costura, numa foto, mas nunca, nunquinha mostraria a parte de dentro da costura.

Marido olha pra mim todo dia falando com os panos e xingando a maquininha e ri discretamente. Me oferece um taça de vinho "pra relaxar querida".

É to precisando mesmo, porque o meu hobby tá me pirando o cabeção! Ele fala que eu tenho que tentar, já que a prática leva a perfeição. E eu disse que sim, quando eu tiver bem velhinha, vou gritar pra ele com a boca desdentada: "Olha Schatz, consegui finalmente acertar o modelito, vamos comemorar, dá ai uma tacinha de vinho pra sua véia relaxar, depois de anos, eu bem que mereço...

* * *

19 comentários:

  1. hahahahahaha
    E o meu amore ta dizendo que vai me dar uma maquina de costura! Ja to vendo direitinho a cena se repetindo aqui!! kkkkkkkkkk
    Vou morrer de rir...vou empolgada comprar tudo e depois so vai ser arte mesmo!!! Eu via minha mae costurar, sempre gostava de ver, mas nunca costurei, vou so na observacao! Mas eu nem sei por onde ir! hauhauhaua
    Vai ser engracado!

    Imagino voce conversando com os tecido floridinhos e serelepes!! kkkkkkkkkkkkkkk

    E afinal de contas Laura ficou sem nada ne? Os que ficaram grandes em vc nao cabem nela nao?? hehehe
    Realmente o povo daqui e muito grande, meu tamanho e 36 e as vezes eu tbm compro 34...ahuahauhaua

    So quero ver quando eu tiver minha maquina!!=P

    muahhhhh

    Bjks bjks!

    ResponderExcluir
  2. Hahahaha - Nina, só voce mesmo :oD Eu até que tentei aprender a costurar com minha mae, mas quebrei tantas, mas tantas agulhas da máquina que acabei desistindo :oD
    Beijos, e perseverança! :o)
    Angie

    ResponderExcluir
  3. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    Nina, amiga, meu marido nem se arrisca a me dar uma máquina de costura.-..kkk

    EU NAO SABERIA O QUE FAZER COM ELA...JÁ AS CAMERQAS FOTOGRÁFICAS..APRENDO A LIDAR COMA S BICHINHAS SEM LER OS MANUAIS....

    JJJJKKKK
    BEIJOS E SOL VEIO HOJE...VOU BOTAR A CARA NA RUA..KKK

    ResponderExcluir
  4. Olá amiga... adorei isso, ri bastante e fiquei imaginando vc convrsando com os tecidos e máquina... mas o Sirko tem razão, não desista, logo logo estará fazendo seus modelitos e a Laura vai dizer "Faz pra mim mamaãe..."
    Bjs e fica com Deus!

    ResponderExcluir
  5. Nina, sou uma pessoa de poucas invejas nessa vida, sabe inveja bobinha, normalmente de algum talento ou coragem que por algum motivo errado da natureza eu não tenho, e esse da costura me pega pelo coração...
    Como eu queria saber costurar!
    Poderia ser qualquer coisa, fazer costura reta para cortinas, almofadas, panos de prato e afins...
    Mas essa de fazer roupa, me pôs a nocaute, foi engraçado ler suas desventuras, mas a sua perseverança... Que coisa de bonita, você errando e tentando! Tudo bem foi engraçado, mas foi inspirador.
    Desse ano eu não passo sem aprender a costurar.
    Beijins e a certeza do próximo trabalho sair perfeito:*

    ResponderExcluir
  6. Ai eu sempre ajudei minha vó a costurar, mais o máximo que já fiz sozinha foi uma barra de calça hehehe
    tenho muita vontade de ter uma maquina, só que ninguem quer me dar heuieheiu porque falaram que eu ia comprar tanto pano que ia falir heiurhieuhrier.
    Porque sou meio apressada e estressada, ai ia ser um tal de corta errado heiheuheue
    beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Hahahaha...Ai Nina, só tu mesmo!!!
    Mas tá certo, tem que praticar! Quanto mais tu costurar, melhor tu vai ficar no negócio!
    Eu adoraria saber costurar. Mas não sei e nem tenho máquina.
    Se tivesse, também tentaria até aprender, pois adoro criar umas coisas diferentes!
    AMO esta música!!
    Gostou do meu feriadão??
    Maridones. que é magro, ficou muito engraçado como gordinho!!hehhehe...
    Bjokas lindonaaaaaaa!!!

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Li seu post com um meio sorriso, me vendo em seu lugar...
    Mas poderia ser pior, já pensou?
    Sem marido com uma tacinha de vinho?
    Um modo de treinar corte é pegar uma peça sua e copiar, se possível até desmanche a peça e daí copie;quando estiver craque em cortar com peças copiadas você vai entender melhor os moldes da revista.Comigo funcionou.
    Beijos, querida.

    ResponderExcluir
  9. Nina, adorei o post. Tô tentando imaginar as suas "criações", hahahaha...

    E eu queria tanto saber costurar... até herdei uma máquina de uma amiga que foi embora, já tentei algumas vezes, mas não tem jeito, não me acerto com ela.
    Quebrei tanta agulha e não sei direito por onde passar a linha primeiro. Afff, um fiasco.

    Adorei o "happy end" da sua história. Continue tentando, uma hora vc acerta em cheio! :)

    Beijocas...

    ResponderExcluir
  10. E você não desiste né Nina? Continua tentando...
    Eu não sei fazer nada.Valon agora está às voltas com um bicho de pelúcia que usa roupas e acessórios com preços de roupas de verdade.O jeito foi pedir à sogra pra tecer e à minha mãe pra costurar.Se depender da mamãe aqui o bicho fica nuzinho...

    ResponderExcluir
  11. Nossa, aquela descrição do "mundo das agulhas" até lembrou aquele cheirinho delicioso de quarto de costura...

    Ô, nostalgia, Nina! Adorei!

    Um beijo, chuchu!
    =*

    ResponderExcluir
  12. Uma das minhas maiores vontades na vida é saber costurar,mas eu não tenho idéia de como coloca a linha na agulha da mãquina! Uma vergonha,mas sei que um dia eu aprendo e você já começou,retornou,isso é importante!

    ResponderExcluir
  13. Mana vc costurando, nossa, ri muito imaginando vc conversar com os tecidos. Mas nao desiste nao, eu acho o maximo quem costura, imagina so costurar suas proprias roupas. Bjossssss.

    Ps.: Viu só, eu sempre apareço por aki :)

    ResponderExcluir
  14. nossa Nina, vc é teimosa mesmo!!!!! POrém não desista. Eu aprendi a costurar aos 12 anos na marra. Desmanchei um vestido e fiz dele um molde. Não ficou maravilha, mas daí em diante não parei mais. Adoro costurar, é uma cachaça! Por aqui o carnaval foi bem fraquinho, pois ele é forte no Rio. minha filha Lu foi todos os dias c o noivo p o Rio e saiam nos blocos q este ano foram muitos. Eu apreoveitei na piscina, o sol esteve nota 10. Estou preta!
    Vc gostou do texto? Realmente é demais. Aproveite-o bem. Bjks saudosas

    ResponderExcluir
  15. Vixeeee, minha mãe é costureira e de vez em quando eu dou uma de metidinha...sai tudo errado! Vai dando um desespero, né? Uma dorzinha de cabeça.Continua tentando que vc consegue. Um conselho: Não crie vínculos emocionais com os tecidos, eles são seres metidos por natureza, tenha um ar de superioridade, afinal, a tesoura está contigo e vc pode tudo!!!!!KKKKKKKKKK
    Bjus

    ResponderExcluir
  16. Ola Nina
    A postagem é otima,rsrsrs.
    Passei tambem pra dizer que tem um selo pra voce no Interagindo.
    Uma bela semana
    Bjs

    ResponderExcluir
  17. Nina, tem um selo no blog práti, espero que goste, tá?
    Beijos

    ResponderExcluir
  18. Oi Ninaaaaaa!
    Adoreiiiiii esse post. Ri tanto! Queria muito aprender a costurar. Não precisava nem ser pra fazer uma roupa inteira, já me contentava em fazer ajustes, tipo apertar, fazer barra da calça, essas coisas básicas. Bordo ponto cruz divinamente bem, mas não sei botar uma linha na agulha da máquina de costurar.

    Mas siga em frente, viu, não desista. Essa dica de vc desfazer uma roupa sua pra costurá-la, foi otima. Tenta por aí. Queremos ver suas artes.
    beijooo, querida!

    ResponderExcluir
  19. Concordo ... mais meu comentario segue , tbém comprei uma maquina de costura esta semana kkkkkkkkkk não sei nem botar a linha na agulha e ando aqui pirando kkkkkkk
    enfim ... não sei

    ResponderExcluir