08/12/2008

Coisinhas de Natal

O pessoal do sul do Brasil deve conhecer um pouco das tradições natalinas que vemos por aqui, mas eu que venho da terra do sol e da chuva, não conhecia. Este é meu terceiro natal pelas bandas de cá, mas a cada ano me permito me encantar com a beleza do natal tranquilo que temos por aqui.
Natal pro alemão é uma data que simboliza paz e tranquilidade! E velas por toda a casa. Eles têm verdadeiro fascínio por elas. Une-se então o útil ao agradável, já que vela transmite sensação de calor e aconchego, coisa aliás, muito bem vinda, uma vez que natal é mesmo no inverno.


Essas fazem os bonequinhos embaixo giraram com o calor da vela e a casinha do Papai Noel, cheia de neve, fica quentinha com a vela dentro dela...


As quatro velas (Adventkranz) estarão todas acesas somente nos últimos dias de natal. No primeiro domingo, acende-se apenas uma vela, na segundo, a outra e assim por diante, até que todas estejam acesas no fim do mês de dezembro. Você precisa calcular direitinho o tempo que elas ficam acesas, pra não gastar as primeiras demais...


O bonequinho de madeira, que eu esqueci o nome agora e que exala uma fumacinha cheirosa...

Natal pra alemão é dia de comer, comer e muito da comida que sempre é algo que todo ano tem, que é sempre contadinho, programadinho. É dia de ir todo mundo pra casa dos pais, e reunir com os pais e irmãos, quando se tem, num dia, e no outro com os pais e avós, no outro só com uma avó, e com algum primo que sempre aparece, e no outro com outra vovó, e comer, comer, comer sempre.
Você sai da casa da família e vai pra sua e nem quer ver comida por alguns dias...
É dia também de preparar a casa com alegria, e em cada cantinho pode-se ver pequenos simbolismos da data.

As janelas, sempre de vidro, enfeitam-se de natal!




É dia bom pra ser criança também!Porque ser criança no natal na Alemanha é bom demais!
Dia 06 aqui é Dia de São Nicolau. As crianças ganham um pequeno presentinho, preparando para o dia de troca de presentes mesmo, dia 24. É tradição, que alguns ainda fazem, colocar no dia 06 uma bota fora de casa para quando o Papai Noel vier, colocar o presentinho dentro da bota, pra criança encontrar. Também acontece de em vez de um presentinho, ter um galho seco, dentro da bota, que vai representar algo que a criança fez de errado e por isso, não teve presentinho pra ela naquele dia 06 (sei, sei, meio triste! mas poucos têm essa coragem...).
Antes, no primeiro dia de dezembro, elas já ganharam o seu Calendário de Natal. Um quadro com todos os dias enumerados até o dia 24, onde dentro de cada dia, um pequeno nicho esconde algum docinho e que só podem ser abertos no dia certo...


Natal é mais longo por aqui. Tem o antes, o durante e o depois. E tudo isso é Natal. Dia dos filhos colocarem a conversa em dia com os pais. Mas também é dia de estradas lotadas porque todo mundo tá voltando pra casa. Também é dia de lojas cheias, muito cheias. Mas isso eu já conhecia...
Dias sem trabalho e sem aulas, dias de ir a Mercado de Natal e se encantar com o visual iluminado, tomar Glühwein (vinho quente) pra se aquecer, e comer gostosuras, muitas.



No Natal ninguém usa roupa nova e especial pra data! Ninguém coloca música alta (ouve-se música sim, mas somente natalinas, bem baixinho, pra não atrapalhar as conversas, que em alemão, são loooongas), ninguém faz festa.
É dia de fazer biscoitinhos com formas de estrelinhas, ursinhos, luas, coração com as crianças na cozinha e de cantar musiquinhas natalinas com elas. É dia de presentear a família não somente com os presentes, mas com a presença! Dia de simplesmente aproveitar a calmaria, de relaxar com os seus. Dias de jogar baralho, de rir junto, de dormir um pouco mais. Dia de ouvir e de falar. De ir à igreja, de ficar em silêncio, de se preparar pra o Silvester (Reveillon), que aí sim, toda a barulheira é permitida!

* * *



E já que o clima é de amor, que tal participar da Blogagem Coletiva no dia 10 de dezembro, quarta feira, sobre os Direitos Humanos? Acesse o blog do Sam, e entre na lista você também!



19 comentários:

  1. Eita coisa boa! Adoro esse clima! E mesmo lindo essa comemoracao, preza pelos simples e ricos momentos. E bem parecido com toda a Europa. Muda poucquinhas coisas. A essencia e a mesma! Ninguem se preocupa com roupa, e isso eu reparei, pq eu ja queria uma roupa branca para o reveillon... hehehe
    Mas aqui tao tem disso. Mas fico feliz mesmo assim, de participar de uma forma tao especial. Velas usa demais, sempre que vou na Holanda e a gente vai visitar alguem tem uma vela acesa, no Natal ainda mais. A mae do amore vai vir nessa quarta feira, vai ficar uma semana aqui. No Natal nos vamos ficar por aqui mesmo, vai vir um amigo do Ruben para ca.
    Mas adoro esse clima, e mesmo magico e encatador! Adoro as janelas de vidro mostrando os enfeites! =]
    Amei as fotos, tudo tao lindo!=]

    Bju bju bju

    ResponderExcluir
  2. hauhauhauauahua
    Quem e essa pessoa com o nome da Chris me encarando?
    =D
    Sou eu Mana!
    :D

    ResponderExcluir
  3. Nina, eu crio minhas tradições, e gosto de todo ano incorporar algo novo.
    Todo ano a minha árvore que é montada no feriado do dia 15 de novembro(quanto antes eu monto, mais tempo ela fica montada...), ganha um novo enfeite, em algumas épocas comprados em outras feito pelos meninos mesmo.
    Purpurina em baixo da árvore é o pósinho mágico do papai Noel, depois que ele deixa os presentes...
    Roupa nova é quase obrigatório, um momento que pode variar, pra pensar só em coisas boas que queremos pra todos, não vale bem material.
    Comida? Muita e especial.

    Ano passado o Caio comprou um pinheirinho bem pequeno, e a gente levou ela junto com a gente pra enfeitar o quarto de hotel, as camareiras ficavam encantadas, no dia 25 deixei dois bombons pra cada uma das camareiras que arrumaram o nosso quarto, e pareceu que eu tinha feito coisa de outro mundo, ficaram tão agradecidas...
    Tem muito mais coisas que eu nem lembro direito, mas resumindo tudo, eu sou o Natal em pessoa hahahahaha.

    Beijins:*

    ResponderExcluir
  4. Ai Nina...
    fiquei apaixonada pela foto cheia de luzes. Eu amo Natal e acho que as luzes - pisca-pisca ou velas - simbolizam toda a esperança, o amor, o aconchego deste dia.

    Queria passar o Natal em outro país um dia pra ver como era. Em 2006 eu passei na Patagônia, acampada. Tivemos um ceia bem singela, mas foi o máximo!

    Beijo grande :)

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Nina ... que delícia saber as diferenças culturais daí. Que fotos mais lindas e doces, cheias de sutilezas natalinas. Adorei.
    Beijos,
    Bel

    ResponderExcluir
  7. Oi Nina,
    Descricao perfeita do Natal alemao, adorei!!! :o) E amei a foto do seu bonequinho de madeira exalando fumacinha, que fofinho!!! :o)
    Beijocas,
    Angie

    ResponderExcluir
  8. Nina, adorei o bonequinho "fumando", que graça!

    Beijo e noites bem quentinhas com Glühwein p/ vcs!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  9. Oi Nina... sabe que esse natal é a minha cara!!! Eu não gosto de Natal barulhento, com bebedeira.
    Forte abraço.

    ResponderExcluir
  10. Legal ver como as tradições diferem e como o Natal é encarado fora destas plagas quentes, com sol e mar.
    E bom também saber que vais participar da coletiva sobre direitos humanos. Obrigado pela divulgação.

    ResponderExcluir
  11. Uma enorme festa da família. Aqui tb é assim.

    ResponderExcluir
  12. Niiiiiiiiiiiiiiiiiina!!!!
    Cheguei!!!!
    Adoro Natal! E, sei do que está falando porque a minha familia é de origem alemã e Natal sempre foi muito bonito e cheio de comilança!
    O Natal mais bonito aqui do sul é o de Gramado! É lindo, todas as ruas, casas, lojas, tudo enfeitado para o Natal. É muito lindo, tem desfiles de Natal, sábados à tardinha eles montam pinheiros na rua, e sempre tocando música de natal. Tem a fantástica fábrica de Natal que é um espetáculo liiiindo, tu sai de lá chorando!
    O Natal Luz de Gramado é o mais lindo que conheço!
    Pra quem não conhece, fica a dica!
    É uma experiência e tanto! Tem até a árvore cantante que é um coro formando uma árvore. Eu vou todo ano, mas não sei se este ano vou conseguir.
    adorei as fotos!
    bjoooooooooooooooooooooo!

    ResponderExcluir
  13. Essa sua informação reforça a minha idéia de que no mundo, poucas coisas tem tantas utilidade e ambientes como as velas. As velas são utilizadas em diversos momentos e situações. Exemplos:

    - Jantar a luz de vela;
    - Iluminação de Natal;
    - Igrejas;
    - Emergências, falta de luz;
    - Velórios;
    - Encontros românticos;
    - Banhos especiais;
    - Promessas diversas;
    - Dia de finados;
    - Homenagem aos antepassados;
    - etc

    A vela, é de fato de 1001 utilidades.

    ResponderExcluir
  14. E vocês? Já entraram no ritmoo daí, estão fazendo biscoitinho de várias formas e tal ou estão fazendo a festa como no Brasil?

    Beijos e flores!

    ResponderExcluir
  15. Então Chris! na Bélgica deve ter lá suas diferencas, mas nao é bonitinho o natal fora dos trópicos? FOFO! Igual a Soninha, mamãe Noel linda e cheia de dicas bonitinhas faz e como a Ro iria curtir :) As fotos nao alcancam nem os pés das fotos que Angie e Silvinha fazem, mas a que a Renata mais gostou, era a única que nao foi feita por mim, ahahaha...
    Bel linda e Lino, tbm gosto de ver as diferencas nas tradicoes, tem coisa que é igualzinha, mas algumas sao tao singelas, penso no fato de nao ter a obrigacao de usar roupa nova, gosto disso demais. Como a Patti falou, tbm lá por Portugal é essa reuniao familiar, no Brasil tbm né? só que no nosso país, tem algumas chateacoes que eu nao aguento mt, tipo barulheira demais, correria alguns minutos antes, enfim, aqui nao, a semana toda é calma mesmo.
    Adao vc tem razao, as velas têm mil e uma utilidades!
    Bina, nunca passei o natal em Gramado, mas conheci em Julho. Aquilo é uma cidade mt lindinha mesmo, imagino no natal, super dica a sua, obrigada.
    E Nanda, todas fotos sao daqui de casa, e sim, a gente entra no clima. nao tenho nenhum amigo brasileiro! nao gostei de alguns que conheci, infelizmente, gente mt metida e arrogante, com exececao de uma apenas! entao prefiro manter distância... a gente tá em outro país, e tem que se adequar a ele, só assim vive-se bem, saindo dos guetos. Tem gente que mora aqui há mts anos e nao fala o idioma e só vive entre os seus. nao dá pra ser assim, sabe?!
    natal a gente passa na casa dos pais do meu marido, uma semana inteira cheia de tudo que eu descrevi aí no post. Aí, depois, no Silvester, a gente vai fazer bagunca na rua pra esperar o ano novo!! Chega de tanta tranquilidade :)

    bjs a todos!

    ResponderExcluir
  16. Olá querida!!!!
    Vc sabe as lembranças quer me trazem o natal, nã eh?
    Porém, nesse ano que iniciei uma nova vida, e jah comecei isso... eu e "mi amor" montamos nossa primeira árvore de natal (juntos), vc viu nas fotos? ficamos felizes depois de montada, ficou linda, não ficou?
    Um grande e forte abraço, mts bjs!!!!

    ResponderExcluir
  17. Ai Nina! eu nao me lembro daquela musica de vc colocou la no "Cronicas.." nao! rsrsrs
    Mas adorei o clima!! Uma crianca mesmo muito feliz!! Ate se divertir na escola e no onibus! Que linda a menina Nina!

    bju bju

    ResponderExcluir
  18. nossa que fofo!! pessoal na Europa parece manter mesmo o espirito tradicional do natal.. adorei!! precisamos de aula de etiqueta natalina por nossas bandas!!

    ResponderExcluir