18/11/2008

Um dia bonito

No sábado passado fomos passear, apenas caminhar pela floresta. O frio era de 4 graus, mas a sensacão era de ser algo em torno de zero.
Mesmo assim, foi uma delícia.

Andar pelas florestas aqui é como caminhar dentro de algum conto de fadas dos irmãos Grimm. Tem-se a impressão de que a qualquer momento vamos nos deparar com gnomos e fadas.

A floresta tem um encanto extraordinário! Independente de qual floresta estamos falando. Aqui ou no Brasil. A diferenca é que nos trópicos, as pessoas estão mais preocupadas com os mosquitos, com os possíveis animais peconhentos, com o clima abafado, quente e úmido, que faz as pessoas suarem tanto, que tem-se a impressão de que se está derretendo, por todos os poros.

Esta foto não é minha, peguei na net e mostra uma pequena parte do interior de uma floresta tropical

Esses e outros fatores levam a pessoa a esquecer de relaxar quando está dentro de uma área florestada tropical úmida.

O contrário se dá aqui.

A mata quase nunca é fechada, a floresta é de árvores altas, geralmente de pinheiros, sem galhos no meio do caminho. Temos uma boa visibilidade por onde andamos. E as folhas que caem no outono formam um tapete colorido, em suas diversas tonalidades de marrom, vermelho, amarelo...



Na floresta tropical fechada, andar é bem difícil, precisamos sempre de um bom mateiro (alguém experiente que vai na sua frente com um tercado, abrindo o caminho e que conhece a região e todas as plantas).

Nas florestas tropicais, a vida pulsa muito fortemente. Em cada milímetro há centenas, senão milhares de vidas pulsando. Aqui temos a impresão de que os seres da floresta são outros.



O fato é que quando saimos de uma floresta, aqui ou lá, sentimos uma renovacão dentro da gente. O contato com o verde é fundamental pro equilíbrio do ser humano.
Aprendi isso nas minhas aulas de Arborizacão Urbana :) É fundamental ter-se áreas verdes pela cidade, esse contato visual com o verde, pode passar despercebido pelas pessoas apressadas, mas equilibra e acalma.

No fim do caminhada, o céu estava lindo, com um pôr-do-sol maravilhoso!

E eu claro, apesar de não fazer tão boas fotos como gostaria, não resisto. Aqui, uma que apesar de meio embacada, mostra o céu, que é uma das paixões da minha filhinha. Aliás, foi ela quem fez a foto! Merece estar no post.

O céu da Laura!


Antes do passeio estava com uma enxaqueca fortíssima. Depois, já nem lembrava mais da tal dor de cabeca...








Pronto, floresta, verde, céu bonito, filhos, marido, música, enxaqueca que foi pro beleléu, de que mais eu preciso??
Completou o meu dia especial!

18 comentários:

  1. Que maravilha Nina!
    Só te faltou encontrar Hansel e Gretel

    ResponderExcluir
  2. A Natureza é revigorante de qualquer maneira. Seja nas florestas, nas montanhas, nas praias. Não há dor de cabeça resista!

    Ótima programação pra família!

    ResponderExcluir
  3. Oi Nina!

    Que lindo seu blog!
    Adorei as fotos e realmente a gratidão é uma palavra mágica, quando a descobri me libertei para a vida.
    Sou grata por este momento aqui,rs
    Quanto ao poeta, ele é irmão da minha vizinha linda. Acredita!? Ele vem raramente, são todos da sua terra.
    Não conheço, mas gostaria muito de um dia poder ver aquela natureza linda.
    Obrigada pelo carinho!
    Beijos, felicidade, paz, alegria, amor, saúde e Deus sempre na sua vida, bjs, maris

    ResponderExcluir
  4. Linda vc e sua filhota, bem como os nomes: Laura e nina adoro!

    ResponderExcluir
  5. Parabéns, isso é que é viver! Tenho 3 filhas únicas!Realmente elas são minha vida. você adotaria alguém? Prazer em conhecê-la. bj

    ResponderExcluir
  6. Ai, nina!

    Disso eu não posso reclamar, Brasília é super bem arborizada. E estou comprando um apartamento de frente para um parque. Quer coisa melhor?

    Beijos e sucesso!!!

    ResponderExcluir
  7. Não tem felicidade maior e melhor que esssa Nina, não tem mesmo!

    ResponderExcluir
  8. O que tu foi fazer no meio do mato, sua danadinha??? hahahahaha
    Niníssima!
    Que lindas as fotos, que lindo passeio! Faz um bem ver o verde, sentir a natureza! Nos sentimos reenergizados depois de um encontro com a natureza.
    Adoro quando tu fala dos teus passeios e põe foto! E essa música é tudo de bom! Me lembra tantas coisas boas!!! É um barato essa música!
    Um dia maravilhoso pra ti, guria amada!!!

    ResponderExcluir
  9. "fui no mato", sabrina, "cortar capim, mas o capim cortou meu pé, amarrei com fita branca camisinha de bebê, anabububu, quem tá fora é tu, anabelabelabela, quem tá fora é e.....la"! ahahaha
    adorava! e nao resisti...

    bjs queridas

    ResponderExcluir
  10. La vai eu comecar o post falando da musica!! kkkkkkkkkk
    Mas entao adoro a breguisse do Roy Orbisson, gosto mesmo das musicas dele. E essa musica especificamente marcou o comeco meu meu namorico com o amore. A gente sempre cantava um pro outro e penso que qdo a gente quer muito algo e a gente faz por onde a gente consegue. Claro que pedir a maozinha de Deus e a primeira coisa, mas nao adianta se a gente fica parada, afinal nada cai do ceu... so chuva, neve... hehehehe

    Falando agora do post... como eu gosto de verde! E as florestas aqui sao bem assim mesmo, nao tem perigo de insetos e animaizinhos peconhetos. Muitas sao naturais, outras feitas, mas todas sao gostosas, e com essa sensacao mesmo, de historia dos irmaos Grimm...ehehehehe
    Eu tbm viajo assim!

    E a foto da Laura esta linda, eu tbm sempre tiro fotos daquilo que acho interessante, e o ceu daqui e interessantissimo, fica um xadrez no ceu ne? De tanto caminho de aviao!

    Bacana mesmo!!!!

    Bjuuuuu

    ResponderExcluir
  11. Menina esse layout está LINDO a cara de vcs. Me senti super aconchegada!!!

    ResponderExcluir
  12. Olha de bregas eu entendo pra caramba, sou quase PHD no assunto heheheheh Roy Orbison é clássico puro NIna, nadicas de nada de brega, o problema foi que as rádios descobriram ele todas juntas e de uma vez só no nosso Brasilzão, então ocorreu o fato de saturação do elemento heheheheh.
    Sábado aqui também fez sol e muuuuito calor, aproveitei o dia e passeio a tarde toda com minha irmã no apê dela, os meninos correndo no play e eu e dona Fabi sentadas numa sombrinha botando o papo em dia(o que acontece todo dia...).
    A Sabrina "Dirceu Borboleta", foi lá no meu blog reclamar que não estava conseguindo entrar aqui...
    Como vim aqui mais cedo e tava tudo igual a sempre e agora está de pinturas nas paredes novas, não sei se está com algum problema. Ela disse que só entra quem for convidado (heheheh) deixamos a danadinha de fora:D

    Beijins com felicidades sempre:*

    ResponderExcluir
  13. Ah, é maravilhoso andar por essas àrvores, Nina!

    Beijo!

    ResponderExcluir
  14. Que delícia!!! Que passeio gostoso!! Deu até vontade...

    Foto linda esta do céu.
    Linda, linda!

    Bjux Menininha!

    ResponderExcluir
  15. 'Não sei oo querem de mim essas árvores
    essas velhas esquinas
    para ficarem tão minhas só de as olhar um momento? - Mário Quintana.

    Forte abraço, Nina.

    ResponderExcluir
  16. Nina, eu tenho exatamente a mesma impressao que voce! Pra mim, andar nas florestas por aqui, é como se eu fosse ver o Bambi a qualquer instante, passeando com o Tambor. Ou a Chapeuzinho Vermelho toda serelepe. Ou várias criaturas mágicas, de maos dadas, dancando em círculo e cantarolando :o) Ou seja, adoooooro passear e deixar minha imaginacao rolar solta :o)
    Beijos,
    Angie
    P.S. E, lá no fundo, acho que vou ver o Curupira também!!! Mas, para ele, deve fazer muito frio por aqui, nao? :o)))

    ResponderExcluir
  17. com certeza angie, rsrsrs! rsrsrs! adorei a sua descricão!!

    ahhh floresta! amo mt...

    ro, sempre citando coisas bonitas que se encaixam com perfeicão, né?!

    ResponderExcluir
  18. Passeio maravilhosos,hein?!!
    Também adoro este contato com a Natureza.As cores me acalam, por mim viveria no meio do mato...rsss...de tempos ,em tempo vou para lá, onde me sinto bem, leve e mais feliz!!
    ótimo dia!
    Beijinhos!
    Thaís M M

    ResponderExcluir