14/10/2008

A zeladora... o hospital... o mau humor...

Ainda no Hospital:

Hoje uma mulher de feições abrasileiradas sem ser, veio fazer a limpeza do nosso quarto. Achei ela muito bonita, mas ao mesmo tempo, tão séria!

Pele morena, bonita, magra, cabelos cheios, olhos puxados. Entrava e saía do quarto de cara amarrada e na entrada deu o bom dia mais amargo que já ouvi por aqui. Me pareceu ser altamente infeliz com a vida e com o serviço. Fazia o seu trabalho duramente, fazia barulho no quarto propositadamente, e nos olhava com uma cara que dava medo.

Ao falar com a enfermeira, xingando que alguém havia jogado algo no vaso sanitário, notei um alemão bem claro, correto. Perguntei de onde ela vinha, tentando tirar algo de bom daquela senhora de cara tão amarga.

Siciliana era a zeladora, mas já mora por aqui há muitos anos. Elogiei sinceramente seu modo de se expressar no idioma, já que pra mim não flui assim tão naturalmente e ela fez questão de me dizer no mesmo tom azedo, que fala francês, russo, e claro, italiano, além de entender espanhol muito bem.

Continuei firme com meus propósitos de ver surgir ali uma carinha mais simpática, e comentei que gostaria de poder ser assim, aprender facilmente o alemão, aproveitei pra elogiar sua terra e sua beleza latina.

Então ela mostrou finalmente o primeiro sorriso do dia.

Saiu do nosso quarto desejando-nos um bom dia, boa sexta, bom sábado e boa recuperação.

Emma me olhou assustada: "o que deu nela???"

Sei não, só sei que saiu sorrindo, de vassoura na mão pelos corredores do Hospital. O batom que ela trazia nos lábios parecia agora mais vermelho que antes. Saiu, nem parecia a mesma que entrou...

... e eu só penso no poder que as palavras têm.

É mais ou menos assim: "se quer tirar mel, não espante a colméia", já dizia Dale Carnegie. E não se trata de cinismo, é apenas reconhecer que toda pessoa tem um lado A e o B. Ela parecia querer inicialmente me mostrar o lado ruim das coisas, amargar o meu dia de alguma maneira, não conseguindo, tentou ser superior a mim, exibindo azedamente sem eu perguntar, os seus dotes.

A gente tem que usar de tato. Mas ser sincera. É o que basta pra mudar certos ares...

...e para a siciliana, respondi "bom dia pra senhora também!" e lembrei que vi um filme que se passa na terra dela


Quem não lembra de Cinema Paradiso??

20 comentários:

  1. Esses pequenos grandes atos do dia sao capazes de mudanca, acredito nisso tambem! A vida e nosso dia sao feitos de escolhas, e se sentir bem e uma coisa que nao desejo so a mim, mas a todas as pessoas. Mesmo pessoas desconhecidas fazem parte do nosso dia seja numa leitura, na rua, ao se deparar no hospital, e quando ha o encontro a troca de energia pode levantar o astral de ambos ou baixar. E o bom e qdo ambos saem com um sorriso, seja ele no rosto ou na mente. Esse seu pequeno ato pode ter mudado o dia dela para melhor e ainda fez seu quarto permanecer na paz que se encontrava.

    Uma cena muito legal que aconteceu comigo ha uns 5 dias atras, foi no banco. Eu estava sentada num banquinho em frente do banco do shopping esperando o amore...rs E saiu do banco uma mulher com um carrinho de bebe e sua filha de uns 3 anos. A mulher estava com uma cara preocupada, amarrada por algum motivo, e a filhinha no carrinho chupava chupeta e olhando para baixo... quando a menininha olhou para mim, nao exitei e abri um sorrisao, a menininha entao rapidamente botou a chupeta para fora com a lingua e sorriu para mim, a mae dela foi andando e a menininha seguiu olhando para tras e sorrindo para mim. Simplesmente um anjo! Meu dia foi mais leve.

    =]
    Beijos Nina linda!

    ResponderExcluir
  2. Ahhhh. pode deixar que vou procurar alguma inspiracao para o computador na sua sala! Mas eu nao vejo problema nenhum computador na sala, ainda mais se tiver algum cantinho com livros... Se livros podem ficar na sala porque o computador nao? Computador e livro, pode ate parecer que nao mas tem tudo a ver. E so por o computador perto dos livros.... mas vou procurar algo legal para pensar melhor! hehehehehe

    bju bju

    ResponderExcluir
  3. Oi querida!!!
    Vc eh realmente uma docura, Bjs, boas energias, fica com Deus!
    Desejo que volte logo a sua casa.

    ResponderExcluir
  4. O que vc fez é impressionante, NIna, pois é muito mais cômodo retribuir grosseria com grosseria, ou ao menos, com desprezo. Cada vez mais te acho um doce!

    Cuide-se!

    Beijo

    ps: p/ passar aspirador tem três na sua casa :D, mas se for outra coisa pode dar um toque! hahaha

    ResponderExcluir
  5. Só você mesmo para arrancar um sorriso de pessoas amarguradas! Também, quem se atreve a não sorrir para você doçura?

    ResponderExcluir
  6. Afff. Nina, que dentista montro era aquele la do "cronicas..." hein.... discumjuru!
    Ir ao dentista ja nao e legal, e um cara malvado desses... credo!
    Olha mas tem muito profissional que e desse jeito ainda nesses dias atuais. Eu conheco um rapaz, que se formou em medicina e atua naquelas cidades de interior, voce acredita que ele cheirava cocaina entre uma consulta e outra! Que horror! A familia acorbertou o assuntou, mas veja o perigo!
    Realmente incabivel....
    ainda bem que mesmo assim voce tem um lindo sorriso!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi Nina,
    Parabéns, porque é muito difícil nao se deixar contagiar pelo mau humor, principalmente numa cama de hospital!!! Agora, eu adoro acreditar no sorriso-corrente: você conseguiu um sorriso dela. Ela foi limpar outro quarto, e continuando com o sorriso, gerou outro sorriso na pessoa daquele quarto, e assim por diante :o) E o mundo ficou muito mais feliz naquele dia, tudo por causa de você, eeeeeeh! :o)
    Beijo grande,
    Angie
    P.S. Você ainda tá no hospital? :o(

    ResponderExcluir
  8. Oi Nina, você é tão leve.
    Sou tão orgulhosa de conhecer você que você nem faz idéia.
    Como diz o Pedro: "que quero tanto te encontrar!".
    Como está a sua saúde?

    Beijins com Felicidades e muita saúde:)

    ResponderExcluir
  9. oi meninas!!!

    nao angie, isso só foi escrito nos dias que eu ainda estava por lá! gracas a Deus to em casa, recuperando de tudo. mas nao posso fazer quase nada :((((

    bjs em todas vcs de coracao. sabiam que hj é um dia especial pra mim???? lindo demais?? um dia eu conto pra vcs porque :)
    na verdade um dos dias mais lindos da minha vida adulta :) to contente demais.

    ResponderExcluir
  10. Sempre tão querida, Nina. Não sei se eu teria conseguido agir assim não...tava mais facil ela azedar meu dia. Talvez eu exercitando, até consiga.

    E vc, como ta a recuperação. Desculpe a quase-ausência. Ontem vi que vc fez uma cirurgia, mas na pressa, nao consegui comentar. Te desejo breve melhora. Moras bem aqui, do lado esquerdo.

    beijoooo

    ResponderExcluir
  11. Viu, Nina??
    Tu sempre consegue tirar o melhor das pessoas!
    E é bem assim, se a pessoa já está azeda, é pior se reagirmos da mesma forma.
    Eu também já fiz isso, tratei bem uma pessoa mal humorada, e aí ela ficou mais simpática, menos na defensiva.
    Ahh, e falando da tua filhota, ela é uma fofa! Tu não viu que lindo o post que ela fez quando tu tava no hospital?
    Puxou à mãe, é muito gente boa!
    E quanto ao filme, nossa este filme é maravilhoso!!!
    Bjus linda!!!

    ResponderExcluir
  12. Nina, q bom vc voltar, espero q já esteja ótima. Olha, concordo q há idosos bem ranzinzas, eu mesmo já os tive na família, mas geralmente, são os q tiveram algum problema no percurso, como falta de amor, amarguras, mas se soubermos levá-los é sempre fácil trazê-los de volta ao mundo dos felizes. Hoje, foi o encontro de voluntários de onde trabalho. Teve uma dinâmica mto legal com um tema bem difícil...perdão e reconciliação. Foi mto interessante, porém um grupo gde sempre é mais difícil de conseguir um denominador, mas foi bem bom. se vc quiser conhecer o trabalho entre neste endereço: www.espereniteroi.com. Vc vai poder conhecer melhor o trabalho e entrar no blog deles. Há textos bem legais. Depois me diga se gostou. Espero q quem aparecer p comentar no seu blog, tb possa conhecer este trabalho q começou em Bogotá. Bjks

    ResponderExcluir
  13. oi Nina!! obrigada pela recepção!! nossa vc mora longe hein!! bjo!!!

    ResponderExcluir
  14. Hoje em dia as pessoas vivem com muita pressa e nem se importam com as outras. O fato de você se dirigir a ela slavou o dia daquela mulher.
    Parabéns!

    Em abril você fez parte da blogagem Contra o Analfabetismo e agora estou aqui te convidando para uma outra blogagem. Quem sabe você também vai aderir. Passa lá no meu blog para saber mais. Acredito que você tenha muita coisa para contar.

    Obrigada

    ResponderExcluir
  15. Poxa, fiquei emocionada....
    Aliás, os seus posts, que ainda vão virar livros, se DEUS quiser, ainda hão de inspirar muita gente...
    Fique com DEUS !

    ResponderExcluir
  16. Vim por causa do nome do blog. Amei!!!Tratar as pessoas sempre como gostariamos de ser tratadas. Certa vez\ lí um livro: "ELE ESCOLHEU OS CRAVOS" e o autor dfez a seguinte pergunta: Você já fez alguém se sentir mal, apenas para se sentir bem? acredita que essa simples pergunta me ajudou a ser uma pessoa melhos? Sempre que vem a vontade de ser rude com alguém, lá está a pergunta que me lembra rapidinho como tratar alguém! PRAZER EM CONHECER VOCÊ!!!

    ResponderExcluir
  17. "Todo o bem que eu puder fazer, toda a ternura que eu puder demonstrar a qualquer ser humano, que eu os faça agora, que não os adie ou esqueça, pois não passarei duas vezes pelo mesmo caminho." - James Greene.

    Nina... não sei porque hoje é um dia especial para voce... mas saber que está em casa bem torna um dia especial para todas que viemos para compartilhar carinho e atenção contigo. Beijos Muitos... e forte abraço sempre.

    ResponderExcluir
  18. Ei meninas!! pois é, eu só escrevo aquilo que acredito e a grande maioria das coisas é 100% real em todos os detalhes. Depois que li pensei, xiii vao me chamar de mentirosa, rsrsr, porque realmente é mt facil se estressar com gente assim. né? mas tbm nao é anormal, olha ai um monte de exemplos bonitos que vcs tbm deram! vcs todas sao todas lindas, demais!!!

    obrigada a todas! e Susi seja mt bem vinda querida. Vc tbm Rafa!

    ResponderExcluir
  19. Nina,
    que bom que você já está em casa!!! Ter que ficar de repouso é um saco, mas tenho certeza que logo, logo, você vai estar toda serelepe de novo :o)))
    E, ontem foi um dos dias mais lindos da sua vida adulta? Uau!!! Que show! Quando puder, conta sim, para a gente se alegrar com você :o)))
    Um grande beijo,
    Angie

    ResponderExcluir