29/09/2008

"Fica sempre um pouco de perfume"...

Quando a inspiracão nos falta, o melhor a fazer é vasculhar alguns cantinhos da memória. A gente sempre tem algo importante pra lembrar, uma coisa bonita que nos aconteceu.

Estava eu lembrando de pessoas importantes que passaram pela vida, ajudando de alguma maneira, no meu aprendizado, quando notei que o sentimento mais presente em mim é a gratidão. Já ouvi de uma pessoa que eu sou falsa, porque ninguém pode viver no mundo de hoje sem ter raiva de alguém. Pois então eu não to nesse mundo, porque eu não tenho ninguém pra ter raiva. E tenho certeza que existem muitas pessoas assim também. Porque eu preciso ter rancor e raiva de outras pessoas pra poder viver? Às vezes eu acho que o ser humano é maluco por natureza, sabe?

Gratidão e solidariedade é o sentimento de hoje, então. Pra quem falou de inveja ontem, é uma boa mudanca, não?
Pra comecar bem a semana, sentimentos bons como esses só fazem bem.

Certa vez escrevi esse pequeno texto, com o desenho que o ilustra, no nosso velho blog. Acho que caiu feito uma luva no tema:

* * *

Pra solidariedade, existem muitos conceitos, mas foi um em especial que me agradou. Um texto na Net, que fala de pessoas que contraíram Aids:

Solidariedade é saber ouvir com discrição os problemas das pessoas, é compartilhar os sentimentos, é estar abertos para ajudar“.
"Ser solidário é construir junto com o outro um quadro social que permita o resgate dos seus valores".

Esse conceito serve pra todos os tipos de gente e problemas. Ser solidário é apertar a mão do outro, mesmo que esse outro seja tão diferente de você.

Mas algo mais eu tenho pra contar...


Apesar de ter um carinho enorme e muito respeito pelo meu ex marido, reconheço que tivemos uma vida não muito cor de rosa juntos. Uma cena entre nós está muito presente na minha memória, e me faz automaticamente pensar em solidariedade.

Fazia alguns meses que meu filho havia nascido, acredito que ele estava com 6 meses. Laura tinha 3 anos. Nesse dia, o pai chegou com um mau humor terrível, xingando sem parar e como sempre, me fazendo ficar terrivelmente ofendida. Misturei as dores de cólica que estava sentindo, a dor de cabeça e o trabalho com duas crianças pequenas e já estava chorando, enquanto dava uma fruta raspadinha ao João. Quando de repente, uma pessoinha pequena, de cabelos encaracolados pulou da cadeira que estava, colocou as mãos na cintura numa posição de ataque e falou firmemente com sua voz de criança, tendo os olhos grudados no pai:

Pai, selá que você pode palar de bligar com a mamãe Nina?? Você não está vendo que ela tá com cólica???? Pai, você sabia que nós mulheres menstluamos?? você sabia disso papai?? a mamãe tá menstluada, você que palar de bligar com ela???“

O pai ficou confuso e parou, no mesmo instante. Laura correu pra mim e me abraçou, tão pequena, forte e solidária.




Essa é uma cena que nunca vou esquecer na vida. Nunca!!!

* * *
Pra Soninha, que foi solidária comigo, uma música bonita pelo filme que ela nos indicou.
Ps. Soninha, ich liebe dich!






* * *


E na boa onda da solidariedade, nada como presentear quem a gente gosta.. então... às minhas queridas amigas de blog, que em pouco tempo já aprendi a ter tanto carinho e respeito, ofereco esse selinho fofo que carinhosamente a Jully nos ofereceu, e que ela mesma fez!
As outras meninas que não estão aqui, a Jully já ofereceu, né Soninha, Bi e Cris?
Tenham todas uma ótima semana!

24 comentários:

  1. Que começo de 2ª feira mais positivo. Eu também tenho uma filha atenciosa e compreensiva como a Laura.
    Boa semana, para você.

    ResponderExcluir
  2. Ai eu tbm sou assim viu, nao consigo ter rancor e raiva de ninguem, esse sentimento pode ate ensaiar a vir e por um minuto encher minha cabeca de surpreendimento e negacao a pessoa naquele momento, mas nunca enche o meu coracao com isso, nem minha cabeca. Poucos instantes depois ja nao me abala, sei que cada um e de um jeito e vejo que o meu e muito parecido com o seu! Nao consigo ter raiva!! E viva a gratidao!

    Bjuuuusss

    ResponderExcluir
  3. Ahh simm!! A musica tbm e otimaaa!! Bju bju

    ResponderExcluir
  4. Nina, raiva não faz parte da minha vida. Sinceramente, às vezes até tenho, mas passa muito rápido, às vezes tenho raiva de não ter raiva, pq faço papel de boba, mas é meu jeito, né? fazer o quê!
    Nina, que linda a Laura.Parabéns por ter uma filha, desde sempre, tão linda!
    Bjus.

    ResponderExcluir
  5. Ah, voltei!
    As fotos estão daquele jeito pq nós estavamos tentando dançar, kkkkk.

    ResponderExcluir
  6. "Fica sempre um pouco de perfume nas mãos que oferecem rosas"
    Acredito nisso.

    Nina, eu consegui enxergar toda a cena e achei bonito demais o que sua pequena fez. Muito lindo!

    bjux, bjux!

    ResponderExcluir
  7. Eu me lembro quando postou essa história e voltei a me emocionar como da primeira vez.
    Acho que essa pessoa que disse que você é falsa não te conhece nem um pouquinho, né? Eu já acho que vc é incapaz de sentir ódio de alguém.
    Ainda bem que há pessoa como você! Ainda bem!

    ResponderExcluir
  8. Que postagem linda Nina... maravilhosa pra iniciar a semana de um jeito mais humano!!!
    Linda, linda!!

    Obrigada pelo carinho do selo, que bom que gostou.
    Bjãoooo e uma maravilhosa semana!!

    ResponderExcluir
  9. Que fofa a sua filha, Nina!!! 'Mulheres, unidas, jamais serao vencidas' :oD
    Beijo grande,
    Angie
    P.S. Amei o seu desenho!!!
    P.S.2 Leika é tudo de bom! Chiquétesima!!! E, nao deixa ela guardada: tenho certeza que a pobrezinha tá doida para sair e tirar muitas e muitas fotos lindas para você!!! :oD

    ResponderExcluir
  10. A propósito, quase esqueci:
    Parabéns por mais um selo, yeah!!! :o)
    E, obrigadao por ter passado ele para mim: amei! :o) Iupi!!!
    Beijo!

    ResponderExcluir
  11. Brigada minha linda pelo selinho!!
    Olha, o texto é lindo!! e cai como uma luva para o momento que tô vivendo agora. Na faculdade, tenho uma cadeira que é Administração do terceiro setor, e estamos organizando a primeira gincana da solidariedade desta faculdade. o objetivo desta gincana não é só ajudar, mas despertar o interesse nas pessoas pela solidariedade!
    E que linda a sua pequena defendendo a mãe! Filha de peixe, peixinho é!
    Quanto à criatura que te chamou de falsa, só te digo o seguinte, sempre tem gente prá te criticar, mas prá elogiar é difícil!E na maioria das vezes quem critica, nem te conhece direito e tudo que tá querendo é transferir para o outro um defeito que é dele mesmo, mas ele não quer enxergar, então transfere para os outros!
    Nem liga, Nina! este tipo de gente dá é sono!!
    Bjão linda e continue como vc é, uma das pessoas mais VERDADEIRAS e de bem com a vida que eu conheço.
    Uma ótima semana prá vc!!!=)

    ResponderExcluir
  12. Nem agradeci...hihihi
    Tô mal-educada...Sorry.

    Obrigada pelo selinho, Menina!

    Bjux!

    ResponderExcluir
  13. Nina, não guardo rancor não.
    A vida já é tão pequena e a viagem curta, porque ainda carregar uma bagagem feia né?
    Deixa eu curtir o passeio com uma bolsa de mão né???
    Tô cheia de metáforas hahahah, liga não é que eu estava ensinando pro Caio.

    Amo seus desenhos e esse me tocou pela história, por saber que nossos filhos nos veêm além do que mostramos.
    Dia desses o Caio "mandou" o pai dele lavar a louça porque não iria cair a mão dele heheheh

    Beijins com felicidades pra família toda em especial pra Laura:)

    ResponderExcluir
  14. quantos traumas ugauga será que mulher é só sofrimento?

    ResponderExcluir
  15. quantos traumas ugauga será que mulher é só sofrimento?

    ResponderExcluir
  16. Então tá. Se o meu blog te deixa feliz, eu venho cá e você vai lá.

    beijinhos e sempre juntas

    ResponderExcluir
  17. Menina, estava contando para um amigo de como seu Blog me inspirou e me fez tomar coragem de comprar a bicicleta que eu já queria há tanto tempo...
    Só falta agora o ALL STAR....
    rsrsrs

    Muita doçura pra voces...

    ResponderExcluir
  18. Nossa!!!Que surprieendente!!!Sua Laura foi heroína mesmo!!Que lindo!
    Foi um chacoalhão e tanto para o Pai dela,né?!
    Beijinhos e Ótima semana!
    Thaís M M

    ResponderExcluir
  19. *explicando: o ugauga é o pai dos meus filhos...
    ...e mesmo que ele queira mostrar o contrário, nós somos amigos*

    não ruy, mulher não é só trauma não, é mt coisa junta pra reduzir a um só nome. é mt coisa linda, é coragem tbm, como sua filha mostrou ter desde menininha, ao encarar o preconceito do pai. vc deveria se orgulhar de ter uma mulher assim na sua linhagem!!!

    ResponderExcluir
  20. Foi incrivel o que a Laura fez, ainda tão pequenininha. Mostra uma força admiravel, vc deve se orgulhar muito dela, não é?

    às vezes eu sinto raiva sim, fico furiosa e, enquanto não estouro com a pessoa que merece, não tenho paz. Mas é diferente sentir raiva de viver amargurado, remoendo-se a todo instante. Tem pessoas que não merecem um sentimento tão forte como esse e eu deixo cair no esquecimento.

    Obrigada pelo selinho tão meigo! E que nossa semana seja repleta de pensamento positivos :o)

    Beijo!

    ResponderExcluir
  21. uahauhaahuaa
    Adorei o Pocar fora, e isso mesmo!
    Pois e terrinha de muito ceu azul mesmo e sol de cozinhar os miolos, mas ta bom , aqui e o frio congela os miolos... kkkkkkkkkkkkk

    bjuuu

    ResponderExcluir
  22. Nina, brigadim pelo selinho!! é muito fofo!! estes dias tive meio ausente pq tava com uma enxaqueca daquelas e nem podia ver uma tela de computador pela frente... hj já to melhor e trabalhando.
    beijins

    ResponderExcluir
  23. Nina querida, é claro q sua filha não poderia ser diferente c a mãe q tem, mas mesmo assim sabemos q isso ás vezes não corresponde, não é? POrém vc é sempre especial, principalmente p mim, vc sabe. Olha obrigada pelo selinho, ameeeiiii e o seu blog tb me deixa sempre feliz. Ontem foi o segundo desfile das idosas , o do chapéu, foi um sucesso. Vou fazer um post sobre os dois desfiles em breve, te aviso. Comece tb a pintar mandalas é maravilhoso, me ajuda demais a ficar calma e tranquila.
    Se quiser desenhos mando por e-mail, a Tânia arranjou mtas, é só pedir. Qto as nossas cartas acho q teremos q repetir pq tá difícil!!!! Porém nossos e-mails já são tb cartas, não é? Bjks e boa semana

    ResponderExcluir
  24. Essa história com sua filha é muito bonita. Orgulho grande você deve ter mesmo.

    ResponderExcluir