23/04/2008

Titia

Na confusão do dia 18, que teve a blogagem coletiva sobre educação, acabei não comentando da aniversariante do dia, gosto de valorizar aniversários, porque é o dia que uma pessoa que é importante pra mim, nasceu!

Dia 18 foi o dia da minha tia Luisa.

Sabe aquela tia que muita gente fala mal, porque ela tem um jeitinho diferente das outras, ou que é mal compreendida, mas que no fundo, é um ser humano maravilhoso? pois é, minha tia.

Boa parte da família gosta de falar do jeito dela. Às vezes ela é pão duro, às vezes reclamona, às vezes cega pra os erros do filhão, mas eu adoro aquela minha tia... ela sempre foi tão presente pra nós, eu e minhas irmãs. Nunca fechou a porta da sua casa pra quando precisávamos dela, pelo contrário, era a primeira pessoa que pensávamos quando alguma coisa não ia bem das pernas.

A casa da tia Luisa sempre foi nosso pronto socorro, onde íamos pedir acolhida pras nossas dores. E ela nem pensava duas vezes, nem perguntava nada, dizia só: "vai colocar suas coisas no quarto da bagunça minha filha! e vem logo que o jantar já está na mesa". E ficávamos lá, até quando queríamos ou precisávamos.

Eu falo isso e me lembro com tanta gratidão dessa tia, e da ajuda que ela sempre nos deu, que meu coração se enche de amor, sabe?!! sabe o verdadeiro sentido da palavra gratidão?? é disso que falo. Ninguém nunca esteve tão aberto pra nós 3 como nossa tia esteve esses anos todos de ajuda mútua.

Mútua porque eu acho que nós também a ajudávamos, fazíamos bem a ela. Acho que ela gostava de cuidar das sobrinhas-filhas que tinha.

Ela pintava a casa toda, apesar de ser um amarelo vivo, que doía a vista quando batia o sol, só pra esperar minha irmã chegar de São Paulo pra ficar uns dias na casa dela. Ela fazia iogurte caseiro, comprava frutos regionais e açai, só pra agradar os sobrinhos, filhos das sobrinhas...

Enquanto estávamos morando com ela, ela brigava porque o telefone tava com a conta muito alta, ou que a gente tava gastando muita água no banho, ou que isso, ou que aquilo, mas eta coração grande aquele viu??? nunca questionou absolutamente nada, abria a porta da casa e do coração, simplesmente isso.

Eu acho que minha tia é incomprendida, mas também acho que ela nem se importa com isso.

Ainda acho que as pessoas não entendem que aquele é o jeito dela, e só conhece o coração grande que ela tem, aquele que aprende a ler seus bons olhos. E minha tia, tem bons olhos. Tem também cabelos brancos, tem criatividade e coragem de sobra, viveu sozinha sem marido toda uma vida, acolheu minha avó até seus últimos dias aqui, adotou um filho, manteve uma casa sozinha, faz tudo sozinha e agora resolveu seguir pra onde seu coração sempre indicava, construiu uma casa no interior, na beira do rio Amazonas, e tá lá, feliz como nunca, com outra irmã, estudando numa escola, fazendo crochê pra vender em forma de colares, jogando conversa fora com os vizinhos, encontrando cobras no mato, cuidando de algum gado, plantando mandioca e preparando a casa com flores, pra quando uma das sobrinhas visitar seu sítio dos sonhos ou quem sabe, precisar de sua ajuda?!


Obrigada tia querida, por todos os momentos que você nos estendeu a mão. Eu te amo do mais profundo do meu coração. E estas flores são pra você.

9 comentários:

  1. Parabéns pra Tia Luisa!!!

    Bjux pra você, Nina!

    ResponderExcluir
  2. Também tive, não uma, mas duas tias assim.
    Solteironas que adoravam os sobrinhos e lhes faziam todas as vontades.
    Que saudades!

    Parabéns.

    ResponderExcluir
  3. *Klo*

    Nossa,essa tia realmente parece muito especial *_______*~ Parabéns pra ela!!!!!
    Caramba... ela é batalhadora mesmo,hein!!! Só de você contar, dá pra sentir muito orgulho dela... Que linda!!
    E eu adorei esse "estilo de vida" que ela adotou... Minha mãe sempre sonhou com algo do tipo!! xD Eu acho que não aguentaria,mas passar uns meses assim,seria legal *___* E a paisagem deve ser linda!!! Ahhhh... Que lindo!!!!!!!

    Muitos beijos pra você e pra essa tia superespecial *-*
    ;*******************
    P.s: Ontem eu e Carol estavamos acordadas até tarde... ahahahh! Feriado é assim... hoje acaba! =P

    ResponderExcluir
  4. Parabéns a sua tia, só vc consegue enxergar o coração dela.
    Big Beijos

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pra titia!!!! Tão bom termos pessoas especiais em nossa vida!
    Nina, esse marrom tá ruim para ler o que vc escreve, fica muito escuro!!!
    bjooos

    ResponderExcluir
  6. Nina...*__*
    Que fofaaaa!!!
    Quando vim comentar,já ia dizer que não tenho nenhuma tia assim,mas eu tenho.Realmente,é aquela pessoa boa que tem muitos defeitos,mas que nos ajudará sempre que precisarmos.Eu sei bem como é querer demonstrar uma coisa e fazer o oposto.
    Acho que a melhor maneira de você demonstrar seu amor é assim mesmo...mostrando gratidão.Há coisa mais linda do que agradecer à uma pessoa querida por tudo o que ela fez por nós?
    Bom saber que a Tia Luisa está feliz,vivendo como sempre desejou.E melhor ainda é ver sua felicidade pela felicidade dela.
    Então,sobrinha desnaturada(tô brincandooo),também desejo feliz aniversário atrasadíssimo pra tia Luisa.E que ela consiga despertar em outras pessoas os mesmos sentimentos bonitos de amor e gratidão que despertou em você!
    Muuuitos beijos pra você e muuuitos kissus pra Laura!
    *_*

    ResponderExcluir
  7. Olá! Passei pra deixar um oi!
    E pra ratificar que ser dual é sim, muito bom!
    Beijo grande!

    ResponderExcluir
  8. Oi meninas, obrigada pelas palavras doces. Queria que minha tia lesse isso, os comentários simpáticos, o texto, mas onde ela está não sei nem mesmo se tem energia elétrica, imagina internet, rsrsrs
    Eu admiro essa titia, ela é tudo de bom...

    Carlinha, tá escuro?? aqui não vejo assim nao. hmm, vou verificar e se der, mudo o template, mas acho que Laura vai xiar.

    bjs a todas

    ResponderExcluir
  9. Nina,

    Eu ri muito da história da escada rolante... Se fosse eu, acho que faria a mesma coisa... rsrsrs

    ResponderExcluir