18/09/2016

Viagens, decepçoes, churrascos, Deus...

Quando se tem muito, é fácil perder o encanto com o menos. Se você está acostumada a ficar em bons hotéis, sempre chega à porta de um novo, com a certeza de que vai encontrar um lindo prédio, ótimo servico e quartos elegantes. No dia em que algo no seu plano de viagem dá errado, e você encontra um hotel diferente do que esperava, se decepciona.



O mesmo ocorre, se já habituou-se a viajar para lugares lindos. Toda vez que desce de um aviao, a sua expectativa é de estar em mais um belo lugar, assim como viu nos catálogos da sua agência de viagens. Caso contrário, sua estada será decepcionante, a nao ser que abra mao de suas exigências e passe a apreciar o lugar com outros olhos.
É muito desagradável para quem te acompanha numa viagem, ficar te ouvindo falar mal do lugar em que estao, e compará-lo o tempo todo com o anterior. 
O melhor mesmo, é saber viajar, com menos dentro da mala e na cabeça. 
É que é muito fácil perder o encanto da coisas inesperadas, e nao reconhecer as belezas encondidas de um recanto, sabe?! E com isso, acabar nao sendo grato.


Esse é o tipo de coisa em que eu me vigio constantemente.. Viajo bastante e sempre para lugares bonitos, com belas paisagens e boa comida, mas, todas as vezes em que algo nao é tao belo assim, me sinto na obrigacao de me beliscar, para acordar e me despertar pro mundo real. Principalmente, pra me lembrar de onde eu vim, da simplicidade da minha vida anterior, aquela em que, pus os pés a primeira vez num aviao, aos 19 anos e nunca soube o que era viajar de férias na infancia!

Esse policiamento, das minhas próprias exigências, me ensina. Fica mais fácil relaxar e aproveitar a viagem, mesmo que ela nao seja como desejei. E preciso mesmo me cobrar essa demonstracao de mais ternura pelas coisas a minha volta! Exatamente como quando meu marido, após preparar um churrasco aqui em casa, me olha e pergunta, TODAS AS VEZES, se está bom. Eu sei que sempre o decepciono com minha resposta negativa, mesmo que atualmente, eu já nem mais responda com palavras.



Ele me conhece, sabe quais sao minha reacoes,  mesmo quando as tento disfarcar. Ele sabe que nao está bom pra mim, mesmo que pra ele, a carne esteja ótima. Explico: carne bovina aqui na Alemanha, nao tem o mesmo sabor da carne no Brasil. Eles até tentam melhorar, enchendo-a de molhos e temperos diversos, mas a carne brasileira (ou diria, a sul americana), só pra ostentar com o resto do mundo, basta sal grosso e pronto. É imbatível!

Meu marido procura, há dez anos, agradar meu exigente paladar para churrasco, faz caras e bocas para me provar que finalmente, achou algo perto do sabor brasileiro, mas nunca me convence! Ele fala que sou mimada, mas ao mesmo tempo reconhece que sei o que é uma boa carne (na verdade, nao sei, apenas sinto o que é bom ou  nao, numa carne, porque tenho bons parâmetros - afinal, cresci num país produtor de boa carne bovina).


Entao, tenho que treinar obrigatoriamente, a gratidao, quando disfarço a decepcao com aquele "sabor de nada" da carne alemã, tento aceitar que nao existe melhor do que isso por essas bandas, e tento reconhecer nem que seja, um fiapinho de coisa boa ali, só pra agradar meu bom marido. Assim, como tento também, me adaptar e aceitar, que aquela pousada simples, tem uma cama bem confortável, ou que aquela cidade suja, pode ter um povo simpático, aquele restaurante simples, tem o mais limpo banheiro que meus olhos já viram, e aquela praia feia, de areia marrom, tem a água mais morninha e as ondas mais calmas pra meu filhinho brincar. Tudo é uma questao de aceitacao da realidade, de menos expectativas, e também de ter mais paciência. Segurar mesmo a língua, sabe?! A vida fica menos complicada agindo assim.

E sei que é difícil encarar as coisas desse modo. Porque, verdade seja dita, é muito fácil para nós, principalmente mulheres, ficar reclamando de tudo, fazer cara feia, resmungar.
Já reparou quando você sempre tem um dinheirinho na carteira, ou o aval do seu marido, para comprar o que quiser? Nesses termos, vocês estao sempre num ótimo estado de ânimo e se tratam apaixonadamente, mas se algo ocorre, e sua conta bancária comeca a sinalizar problemas, já notou  como sua relacao com seu marido também balança? Que injustos e ingratos, somos uns com os outros, sempre dependentes de coisas exteriores pra estarmos bem...



Isso tudo me faz pensar na minha relacao com Deus, mesmo que aparentemente, um tema nao tenha nada a ver com o outro. Por que será que as pessoas sofrem? E porque será que as pessoas quando sofrem, se aproximam mais de Deus? Por que, quando estao bem de novo, se afastam? E por que existem pessoas que só estao de bem com Deus, quando suas vidas estao indo de vento em popa, mas que se afastam chateadas, quando tudo comeca a desmoronar?
É facil, afinal, dizer que ama a Deus, quando sua vida está ótima, nao é?

Será que as pessoas tem expectativas que acreditam, Deus pode solucionar? Mas, se for esse o caso, porque entao ficar nesse vai e vem com Ele? Ora, se Ele é capaz de fazer tudo para você e cuidar da sua vida em todos os aspectos, porque ficar longe dEle em momentos distintos, e nao, "para sempre e para o que der e vier"?
Fato: As pessoas perderam o encanto por Deus, assim como às vezes, perdem o encanto pelas coisas simples! E perderam, porque O ligaram a papai noel. Se Ele der, elas ficam felizes, se nao der, ficam tristes, decepcionadas, distantes, como criancinhas birrentas na noite de natal, quando nao ganham o que pediram.
Eu desconfio que, humanamente falando, Deus se decepciona com esse tipo de pessoa, assim como meu marido se decepciona com minha reacao frente ao seu churrasco sem graça, que ele tanto se esforcou em fazer pra me agradar! 
Efetivamente falando, é claro que Deus nao se decepciona com absolutamente ninguém, porque Ele sabe de que material somos constituidos, mas é bom para nós mesmos, imaginarmos que sim, nossas expectativas estragam tudo e principalmente, esfriam nosso relacionamento com Ele, assim como esfrio a vontade de meu marido em fazer churrasco (na verdade, isso ainda nao aconteceu, mas temo pelo dia em que ele de fato, se canse e desista da procura-da-carne-perfeita-para-a-mulher-perfeita!..... ahã-- perfeita, SQN!)



Se Deus é real, e fez todas as coisas, que chato deve ser pra Ele, ver nossas reacoes diante das belezas que Ele fez para apreciarmos. Já pensou desse modo? Imagina que Ele fez aquelas montanhas, que envolvem como num abraço, aquele mar azul turqueza em frente a você! Daí voce suspira, boquiaberta, que lindo!! Faz mil fotos, de diversos ângulos, posta no Facebook, no Instagram, envia pra toda familia pelo WhatsApp, enfim... o mesmo faz com o hotel, ou com o restaurante, em frente ao seu prato decorado pelo chef de cuisine. Deus fica feliz por você reconhecer o que Ele te deu e como você reagiu bonitinho àquele presente. Daí, imagine-O vendo você voltando de viagem, fazendo cara feia pro marido, por ter que preparar um jantar, ou quando ele diz que terao que economizar um pouco mais e nao poderao fazer aquilo que tinham planejado. Ou como Deus fica ao ver sua reacao diante da casa simples, que é a única que vocês podem pagar, ou com um céu menos estrelado, ou uma chuva que cai acabando com um belo dia ensolarado, ou quando você simplesmente nao engravida, mesmo Ele te dando ótima saúde, ou quando você nao consegue aquela promocao no trabalho que tanto se esmerou em conseguir, ou quando aquela pessoa que você tanto ama, simplesmente vai embora.... entende o que digo?

Se Deus cuida de tudo, (e Ele realmente, cuida!), que triste a gente nao reconhecer esse cuidado mesmo quando as coisas dao errado.
Sabe, elas dao errado, aos nossos olhos somente, que sao muito terrenos e ignorantes, nao aos olhos dEle! Se Deus é perfeito, tudo o que Ele faz, o é também! Entenda e aceite o fato de que Deus sabe muito mais que você.




Quando você passa a entregar sua vida, 100% nas Suas maos, sem sentir medo, sem duvidar, sem desconfiar, a vida fica muito mais fácil de ser vivida. Até as dececpcoes sao mais sutis e menos dolorosas, e as reacoes de alegria, mais comedidas. Porque sabemos que tudo tem seu fim e que no fim de tudo, tem um Deus, que de tudo cuida.
Tente da próxima vez, enxergar as coisas por outro prisma e nao reclame de tudo, nao  se faça superior aos outros, nao faça cara feia para a vida. As pessoas a sua volta já tem coisas suficientemente feias pra encarar.

Como cristao, a sua existência aqui neste mundo tem o objetivo de exalar o perfume de Cristo. E esse perfume pode ser sentido por outros, estando sua vidinha, aos seus exigente olhos,  perfeita ou nao.


Fotos: Nina Sena - Córsega 2016

10 comentários:

  1. Gostei muito do seu texto Nina. Felizmente penso q estou no caminho certo. Gratidao!

    ResponderExcluir
  2. Oi Terê!
    Saber ser grato é mt bom, mas ser grata ao Senhor,acredito, é melhor ;-)
    Vc está nas minhas oracoes, Terê <3

    ResponderExcluir
  3. Adorei seu texto Nina. GRATIDÃO é a palavra chave da vida. Pena que seja tão difícil aplicá-la ao cotidiano, é difícil imaginar em maio a tanta angústia, solidão, tristeza, que possa haver um plano Maior em meio aquilo. Não é impossível, mas é difícil, principalmente quando se vive na expectativa por necessidade motivacional de que algo bom aconteça, ou ainda, quando as decepções são mais recorrentes que as alegrias. Falaste bem, infelizmente é comum só se aproximar de Deus em meio as tribulações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Jhu, parece utópico ser cristao, eu sei. Mas enquanto as pessoas tratarem Deus como teoria, é mesmo dificil saber e ter coragem de entregar a vida nas Suas maos... o dia em que entendemos o plano de Deus para a humanidade, quando O conhecemos de verdade e O reconhecemos em nossa vidas, vemos o Seu agir.

      Excluir
  4. Quantos cantinhos delicia!!! Lindo, lindo, lindo!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Td mt lindo! ja´te dei a dica, Corsega!

      Excluir
  5. Amei o texto, obrigada por compartilhar. Beijo :)

    ResponderExcluir
  6. Boa noite, querida Nina!
    Um texto enriquecedor demais... ouso dizer que Deus me acompanha em tudo que faço e em todos os lugares que eu vaja... se assim não fosse, eu não ficaria feliz com nada...
    Tendência teria, por natureza familiar, a ser reclamona mas Deus apovuve a ser agrdecida e lhe sou muito grata por isso pois enriquece o Doador e minha alma fica mais perfumada...
    Seu post está belo!
    Bjm muito fraterno

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem melhor companhia que Ele? Nunca!
      Que maravilha, Roselia!

      Excluir