17/01/2014

Lendo no e-book

Duas amigas me convenceram a abandonar meu preconceito contra e-books.
Eu era uma ferrenha defensora dos livros e era totalmente contra ler de forma digital.
Como posso ser burra às vezes...


Totalmente in love com o kindle ;-)
Obrigada Claudinha e Katita!

5 comentários:

  1. Ainda não aderi. Quem sabe um dia....

    ResponderExcluir
  2. Ainda não experimentei. Ainda prefiro os físicos para poder repassá-los, mas fico a imaginar a praticidade dos e-books.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  3. Que beleza, Nina!
    Eu também tinha esse mesmo preconceito, mas desde 2010 que decidi me render aos ebooks. Continuo preferindo o livro físico, mas reconheço que o livro digital tem suas vantagens, principalmente pra quem vive fora do Brasil, pois é muito mais prático e mais barato adquirir um ebook em português que um livro físico.
    Beijos, querida.
    Day :)

    ResponderExcluir
  4. Não tenho nada contra.
    Mas eu não consigo. Para ler tem que ter cheiro de livro!!!
    rs!!

    Bjossss

    ResponderExcluir
  5. Mamis e eu estávamos conversando esses dias sobre como as circunstâncias da nossa vida sempre fizeram com que nos adaptássemos a tudo. Eu ficava enjoada se lesse no ônibus. No último ano da escola, ou lia no ônibus ou não teria tempo para fazê-lo depois. Resultado: aprendi a ler no ônibus.

    Já na faculdade, não conseguia dormir no ônibus. Dizia que era impossível, que não dava e tal. Chegou o momento em que eu passava 12 horas do dia na faculdade. O ônibus logo virou uma caminha pra lá de desconfortável.

    Meu último reduto de intransigência era a leitura. Livro tinha que ser físico. Eu precisava manusear, virar as páginas, dobrar. O mesmo valia para os textos da faculdade. Se não tirasse xerox, não conseguia ler. Foi quando se abateu uma das eternas crises financeiras, tão típicas das casas de mães solteiras. Vendo o preço de tirar tantas xeroxes, aprendi a ler texto no computador em dois tempos. Quando ganhei meu smartphone, fiquei tão encantada com a possibilidade de ler em qualquer lugar que minha coleção de ebooks já tem uns 30 GB. Nem de leitor de ebook eu preciso, já sou feliz demais com a minha telinha. E as possibilidades são tantas! O que tem para ler nesta casa em livros físicos e virtuais dá uma vida inteira de leitura. E eu não poderia estar mais contente!

    ResponderExcluir