12/12/2013

Porque se comemora o natal?

Os alemaes amam a época do natal. Aqui esta nunca é uma data somente comercial. É claro que há troca de presentes, e isso é uma parte fundamental do "ritual" natalino alemao, mas nao é, definitivamente, a coisa mais importante. Natal significa confraternizacao para eles, é quando as famílias (família aqui é somente: os pais, filhos e netos) se reúnem pra conversar, comer, ouvir músicas natalinas e  melancólicas bem baixinho ao fundo, e claro, dar presentes. Também nao é somente um dia (24/12) que se celebra o natal,  como no Brasil. O natal aqui se prolonga por três dias ou mais. Dependendo de como cada família se programa, é claro. Tem o cardápio especial  pro dia 24, pro almoco e jantar especialíssimos do dia 25. E até almoco pro dia 26! Sendo que os dois primeiros dias sao uma verdadeira tradicao. Por exemplo, na casa dos meus sogros, pra onde sempre vamos nesses dias de confraternizacao, há sempre os mesmíssimos pratos todo ano (pratos que ela faz somente no natal e nunca em outras datas) e minha sogra prepara exatamente desse jeito, há mais de 40 anos! 


* Na foto abaixo, meu filho montando hoje à tarde, seu trenó do papai noel feito de Lebkuchen (biscoito tradicional alemao, feito com farinha de trigo, avela, mel e outra coisinhas).


Nao dá pra reconhecer nada, mas é um trenó com renas, papai noel e biscoitinhos 


Pois é, se tem uma coisa que alemao é em sua essência, é tradicional! E nunca tente colocar bolas de natal num lugar que nao seja um verdadeiro pinheiro, os alemaes mais  tradicionalistas se sentem até ofendidos :-) - falo por experiência própria -  mas nem ligo, minha árvore nunca é a mesma coisa, inclusive neste ano, nem de árvore de natal fiz questao.

O natal aqui é  mais bonito que no nosso país tropical, sabe? Tenho que confessar. Meu marido certa vez, passou o natal no Brasil e achou super estranho as pessoas se vestirem tanto, ficarem tao especialmente arrumadas e depois, irem fazer barulho na rua, ou ouvirem música alta e até dancarem na noite de natal - além é claro de ele achar muito estranho nao estar frio e com neve caindo lá fora (na cidade dos pais dele, mais pro norte, bem mais frio do que onde vivo, quase sempre neva no dia 24)  nem ter velas por todos os cantos da casa e nem haver conversas mais íntimas ao pé da lareira -qd se tem esta. Eu já me adaptei tanto ao natal daqui que até estranharia visitar o Brasil nessa época, apesar de ter vontade de passar outros natais com minha familia no calor natural do Amazonas e ver aquela criancada linda correndo pra lá e pra cá - eu acho até que gosto mais de lá.


Os alemaes dizem que a data é pra ter esse lado melancólico mesmo. Até que eles possam finalmente se liberar e soltar suas frangas no reveillon. O absoluto e único dia do ano, em que é permitido fazer barulho a qualquer hora do dia, até de madrugada - e ai de você se fizer algum tipo de barulho de madrugada em outro dia qualquer do ano, prepare-se pra receber a polícia poucos minutos depois que comecar a zoeira :-)

Mas eu sempre me questiono se os alemaes realmente entendem o tal do espírito de natal. Nao sei. Tenho lá minha dúvidas. Acho no mínimo curioso. Veja só, meus sogros nem na existência de Deus creem. Sao da antiga e ex comunista, Alemanha Oriental.  Entao porque toda essa celebracao? Entendo que seja tradicao, mas nao deixa de ser curioso, nao é? E você aí? O que entende de natal? Sabe que eu mesma, nao entendo nada? A única coisa que sei, é que o nascimento de Jesus NAO É e NUNCA poderia ser considerado, mais importante que sua morte! Num mundo que nao liga para o enorme ato que o Senhor Jesus fez ao morrer na cruz, que O insultou e O massacrou, qual é a intencao de celebrar seu nascimento? Pra que celebrar o nascimento de alguém que o mundo nao dá a menor importância? Me parece hipocrisia...


9 comentários:

  1. O Natal da minha infância sempe foi no estilo alemã e lindo! Sei bem dele, legal!Adorei as fotos ...

    .•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•

    Meu agradecimento pelos carinhos todos nesse ano e desejos de FELIZ NATAL e lindo, iluminado e com muita garra 2014 ! beijos,chica

    ¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•.¸¸.•*´¨`*•

    ResponderExcluir
  2. Ola Nina,
    Concordo com vc. Atualmente as pessoas se preocupam mais com o que vestir e como passará o Natal sem se dar conta de que celebramos o nascimento de Jesus. Pois para ele ter morrido na cruz foi preciso que ele tivesse nascido primeiro... O consumismo e exibição querem prevalecer nessa época de Natal.
    Mas fico feliz por saber que pessoas como vc veem essa data diferente. Graças a Deus não somos hipocritas.
    Gostei muito das fotos. Parabens pela família linda que vc tem.
    Deus abençoe sempre!!! bjss

    ResponderExcluir
  3. Eu sei Chica, sempre me surpreendo qd tu mostas as coisinhas de natal na familia de vcs, é mt parecido com as daqui.

    Dayanne, vc tem razao, mas a questao é: a grande importancia que damos ao nascimento e mt pouco à morte,uma, assim como vc bem deve saber, é bilhoes de vezes mais importante que a outra, pois somente o nascer de Jesus nao garantiria nada à humanidade,mas o morrer sim.

    Bj meninas!

    ResponderExcluir
  4. Nina, enquanto o Natal for somente um evento social, ficará um vazio, um sem sentido mesmo.
    Gosto de fazer o Natal um momento mais intimista, para reflexões e também para externar amor. não deveria ser somente nesta época, mas em todo o nosso viver.
    Para mim, não é a morte Dele o mais importante; gosto de pensar,sentir a Sua existência e todo o ensinamento que Ele nos trouxe.
    Lindo o colorido dos biscoitos! Beijo

    ResponderExcluir
  5. Nina, meu marido tb estranhou e muito o Natal no Brasil, achou muito sem graca e uma exibicao de moda e futilidade entre a mulherada.

    Adorei o trenó do teu filho. Nós já fizemos foi a casinha, que é bem tradicional.

    Querida, já estou passando por aqui para desejar a você e a sua linda família uma noite linda de Natal. Que o Ano Novo venha carregadinho de bencaos para vcs.

    Um grande beijo

    ResponderExcluir
  6. Nina,
    me parece que a tradição das festas natalinas remonta séculos.Alguns historiadores refutam a marcação da data como sendo do nascimento de Cristo, já que é período de inverno aí no hemisfério norte e seria impensado que as pessoas estivessem ao relento.Enfim, confiro aos costumes que se arraigaram e motivaram a celebração todo este clima de boa vontade.Então , bora celebrarmos!

    Um feliz e abençoado Natal pra vc e família.
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
  7. Nina,
    Há dois aspectos que quero comentar.
    1) Os símbolos natalinos que temos no Brasil não são NADA tropicais, pelo contrário, é o boneco da Neve, o Papai Noel lá do Polo Norte, meias e gorrinhos que jamais usaríamos no calor do Brasil. Então por um lado, nós, dos trópicos, estamos importando símbolos que não pertencem à nossa cultura. Por isso que atualmente eu relaciono Natal ao frio e à neve... Deve ser bem bonito sentir esse sentimento melancólico, mas com nosso coração brazuca e festeiro, ficar na beira da lareira conversando potoca deve ser meio chato.
    2) O que esse povo comemora dia 25 mesmo? Comidas tradicionais e encontros em família? Acho que sim, porque eu NUNCA ouvi em lar nenhum alemão alguma palavra sobre Jesus Cristo.
    Estou falando da minha experiência, claro que deve existir lares cristãos ai. Mas eu nunca vi nenhum.
    Então a data fica marcada pelo encontro e convivência familiar... Não pelo real motivo.
    Em contrapartida, acho a preparação do povo alemão pra data super bonitinha... É fofo, é cheio de contato, de afeto, de coisas feitas em casa... Eu adoro isso!
    Que tal na ceia dos seus sogros este ano você puxar um discurso de agradecimento a Deus pelo nascimento do seu Filho?
    Na minha família sempre fazemos estas reflexões/orações!
    Bjim
    Márcia

    ResponderExcluir
  8. Aqui no Brasil, acho que como não tem esse frio todo daí, como nunca tivemos guerras, o povo ser mais festivo é até compreensivo. Já que com o calor que faz por aqui, não dava para ficarmos num cantinho cheio de velas e lareiras. rsrs... Mas entendo quando vc fala que as pessoas se preocupam mais no vestir e aparentar do que no sentir o Natal. E isso de celebrar o nascimento de Jesus, é tão importante quanto celebrarmos a morte e sua ressurreição. Todos esses fatos todos são importantes também!
    Beijos
    Adriana

    ResponderExcluir
  9. Nina, eu adoro o Natal!! Não importa o que as pessoas dizem: que foi transformado em marketing, que ninguém lembra do aniversariante (fato), mas eu adoro pensar que é uma época que faz as pessoas acreditarem que o amor existe. Acho isso lindo.
    Todos os padres das paróquias que eu frequentei sempre disseram que a Páscoa, ou seja, a ressureição de Cristo, deve(ria) ser a data mais importante para os cristãos. E concordo com você, muitos celebram o Natal como tradição, sem pensar no verdadeiro sentido dele.
    E, nossa, preparar o MESMO prato para o Natal há 40 anos... eu nunca serei uma pessoa tradicional, rs... enjoaria fácil disso :-(

    ResponderExcluir