23/04/2013

Para você que sofreu abuso sexual na infância

Nunca é demais falar sobre esse maldito tema. Acho que nunca vou desistir de falar sobre isso...
O texto que linko abaixo é muito esclarecedor. Achei-o no blog da Maria Flor, uma moca que foi abusada sexualmente e que conta em seu blog detalhes de sua vida antes, durante e depois desse terrível  fato. 
É bem difícil e duro falar sobre isso, mas é preciso.

Aqui o texto:

Abuso Sexual, Consequências e como Ajudar as Vítimas

7 comentários:

  1. Nina, tem mais de 2 semanas que não passo aqui pelo blog, minha filhinha de 1 ano ta uma espoleta e não tenho conseguido parar p/ ler nada. Que surpresa passar por aqui justo hoje e me deparar com esse tema, tão doloroso p/ mim. Aos 42 anos, muita terapia, uma nova vida longe do nosso Brasil e um marido que me ama muito, e esse assunto ainda me traz muito nojo e pavor que algo se repita com minha filhinha.
    Obrigada por falar sobre isso, evou agora ver o link.
    Desculpe-me por comentar como "anônimo", adoro teu blog !!!

    ResponderExcluir
  2. Imagina querida, nao precisa se desculpar por comentar como anônima. Qts pessoas sao anônimas nesse assunto terrível? Sao milhoes de anônimos espalhados pelo mundo, sofrendo calados :-(

    ResponderExcluir
  3. Oi Nina....
    li o texto é de arrepiar e como disse você a pessoa acima, muitos são anônimos neste assunto.
    Existe casos também de tentativas de abusos que marcam também, quero dizer abuso que não se completou, mas que foi tentado.
    Beijos e boa semana...

    ResponderExcluir
  4. Oi Nina,
    É claro que você já sabe, mas achei esse texto que você linkou ótimo! É um belo ponto para iniciar uma longa reflexão (até me ajuda a pensar muitas questões chave dentro do meu trampo).
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Oi Nina!
    Salvei o blog para ler com calma.
    Sendo professora, fico atenta. Fui Conselheira Tutelar e acompanhei casos horríveis.
    Uma questão velada e passada por inconsequente é a sedução.
    É onde o adulto alisa, se exibe, diz palavras, e o efeito devastador é o mesmo na criança.

    Beijo

    ResponderExcluir
  6. É por essas coisas que me faz defender a minha opinião de que se um dia tiver um filho, não o deixarei só com adultos, nem com família, nem com ninguém... Por essas coisas eu não devo confiar nem no meu pai, nem na minha melhor amiga, simplesmente ninguém. Enquanto for criança e eu puder proteger, será protegido!
    Quando eu digo que mães deve reservar a amamentação em lugares públicos é porque sempre tem um nojento canalha com pensamentos asquerosos.
    Quando eu digo que se deve colocar maiô tapando bem a bundinha da sua filha em piscinas, praias e nunca deixar seu filho nu em público - É porque sempre terá um canalha observando.
    Dá-me calafrios em pensar que fotos do meu filho estão percorrendo sites de pedofilia, por eu ter deixado ele nu em lugares públicos.
    Quando se trata de um filho, deve-se sempre ter uma autodefesa.
    Apenas minha opinião!

    ResponderExcluir
  7. Nina eu escrevia muito no blog da flor, até procurei aqui hoje mas não encontrei, me manda o link aqui. Eu escrevia muito para acalmar minha dor. E hoje depôs de muito tempo quando achei que estava já muito bem me sentu sozinha como aquela menina que foi violentada a anos.... Eu sinto que quando eu to com uma carga elevada se stress isso vem a tona...E hoje resolvi falar mais pra tentar me esvaziar.Bjs, obrigada por nós dar essa oportunidade de falar.

    ResponderExcluir