14/02/2013

O trenzinho do meu caipira

Notei que o molequinho aqui de casa tava muito ligado em tv.
Ele acordava e já ia direto ligar a televisao pra ver desenho. A tv nao podia ser desligada que ele fazia o maior drama. Quando alguém queria mudar de canal, ele abria o berreiro.
Entao, decidi fazer o que fazia com os irmaos dele quando esses ainda eram pequenos: Já pra rua molecada! Vao brincar lá fora.

Aqui ainda é inverno, nao posso fazer isso com o pequeno que ainda tem dois anos e pouco, mas desliguei a tv e o coloco pra brincar direto. Tem brincado tanto que nem lembra mais do controle remoto. Só tem um problema, agora meu tempo se reduziu mais ainda, porque ele me chama pra brincar e eu fico o dia todo pra lá e pra cá, brincando com ele.


Um dos brinquedos favoritos do bebê é esse trenzinho que estragou a bateria e tem que ser empurrado. Ele comanda um trem e eu o outro. Já passei uma hora e meia empurrando trenzinho no trilho, fazendo piuíííí piuííí tchutchutchu piuíííí...e cantando essa beleza do Villa Lobos aí embaixo.

É camarada,  ser mae dá um trabalho, mas tem lá suas compensacoes :-)



13 comentários:


  1. Oi Nina, querida!

    Isse é um belo exemplo, pena que isso é cada vez mais raro, os pais brincarem com seus filhos, geralmente eles (alguns) preferem deixar o filho ligado na TV, assim dão menos trabalho...

    Parabéns amiga, pela linda mãe que és.

    Bjs, que Deus nos abençoe!

    Juli

    ResponderExcluir
  2. Hey Ju, a tentacao é grande e e preguica um pouco maior, afinal a tv, como dizia uma tia-avó dos meus meninos, é a perfeita babá eletronica :-)

    Mas a gente tem que reconhecer qd tá em excesso ne?

    E o legal nisso, é que a gente aproveita mt mais o tempo com os filhos, e pra eles, noooossa, como é bom ter esse tempo de brincadeiras com os pais.

    Beijao amiga

    ResponderExcluir
  3. Como é importante esta sua preocupação.
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Nina, moleca!
    Não é à toa que esbanja vitalidade. Parabéns, mãezona!
    Beijos do leste paulista.

    ResponderExcluir
  5. Menina, super concordo!!
    sou mae em tempo integral, ainda trabalho em casa, olha, ta dificilll!
    bem q eu queria poder pagar uma pessoa pra me ajudar, rsrs. Nao pra cuidar sozinha, mas me ajudar!!

    ResponderExcluir
  6. MeNina, nunca fiz isso com os meus, dava mais atenção pra casa que pra eles, pena né? Passou tão rápido.

    ResponderExcluir
  7. Com certeza, somos mais que recompensadas! ;)

    A minha filha tem 17 meses e pede pra ver TV, parece mentira! rsrs

    Rachel

    ResponderExcluir
  8. O tempo que dedica agora ao seu filho, terá recompensas no futuro. Assim se forma a cumplicidade.
    Não dá para pensar em mais nada e quanto mais atenção você dá, mais atenção querem. Importante também que ele brinque com outras crianças, mas com esse tempo frio, difícil sair de casa né?
    Meu filho nessa idade adorava puxar carrinho e tinha uma caçamba onde colocava um beagle. O coitado do cão não parava na caçamba e caia no meio do caminho, mas ele adorava! Quando caía, saia correndo atrás da caçamba. Tudo isso acontecendo dentro de casa! Era o meu filho puxando a caçamba com o cão e na volta o cão correndo atrás quase que uma tarde inteira :)
    Beijus,

    ResponderExcluir
  9. Nina,
    É de admirar sua disposição para a maternidade, para a educação e para, inclusive, curtir a idade do Pedrinho.
    Você vai na contramão de muitas mães que sucumbem à babá eletrônica.
    Que fantástico, parabéns!
    Eu tive o privilégio de ter uma mãe em tempo integral. Sei que isso fez muita diferença na minha vida. E com certeza sua dedicação fará diferença na vida dos seus filhos.
    Beijos lindeza!
    Márcia

    ResponderExcluir
  10. Nina, este tempo de empurrar trenzinho é delicioso tb já empurrei muito.

    Bjos e eu nao agüento mais este tempo...5 meses de frio...

    ResponderExcluir
  11. Belezinha de mãe!!!!
    Maezona!!
    Pedrinho que sorte a sua hem??
    beijos

    ResponderExcluir
  12. Menina, ando passando por este problema aqui em casa. Com as férias a minha pequena ficou tão grudada na tv e eu acabei me acomodando também, confesso! Comecei a inventar umas brincadeiras e tentei deixá-la o máximo de tempo fora de casa. Alguns dias não foram possíveis e ela acabou ficando na tv mesmo, mas dá uma dó.

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  13. A música é bela de fato, a foto e a atitude também.

    ResponderExcluir