18/02/2013

Amor próprio

Achei esse texto tao incrível. Vi no Manoel, e segundo ele, é da ótima Martha Medeiros.
Pra comecar muito bem a semana: 



"Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer, só acontece uma vez acionado, nem chega com hora marcada.

Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade.

Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: a gente cresce através da gente mesmo. Se estivermos em boa companhia é só mais agradável.

Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma para todos, e os que escapam dela estão condenados à marginalidade.

Não contaram que estas fórmulas dão errado, frustram as pessoas, são alienantes, e que podemos tentar outras alternativas.

Cada um vai ter que descobrir sozinho.

E aí, quando você estiver muito apaixonado por você mesmo, vai poder ser muito feliz e se apaixonar por alguém".

9 comentários:

  1. Ahhhhh não tem como não concordar... rsrsrs. Sabe aquela frase "quando a gente menos espera, acontece"? A nossa auto-estima em alta nos deixa leve e atrai a atenção das pessoas.

    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  2. Demais o texto e esta autora é uma das minhas prediletas neste momento.
    beijinhos cariocas


    ResponderExcluir
  3. Nina arrasou!!!
    Vou compartilhar...
    Demais...

    ResponderExcluir
  4. Nina!
    que bacana isso... li com a minha mãe, ela gostou também...
    Olha que ja pensei assim, mas hoje gosto de pensar desta forma, que eu tenho que estar feliz, completa... e mais feliz ainda ficarei se estar com alguém que me faz bem, Ivan (o gatão... rsrsr, esqueci de dizer que ela fica todo quando conto que vc acha ele gatão...).
    Outra coisa, hoje que li seu post anterior, olha acho que em parte você tem razão sim, mas confesso que as vezes você sentir que o blog é seu canto onde tudo pode ser "amgico", um canto onde podemos ser nós mesmos...
    Estou dizendo isso devido a uma experiencia que tive neste ano, quando conto as coisas novas que estou vendo por aí, as viagens... a nova cultura, enfim TUDO, vocês que leem e retornam com algumas palavras parece que entendem sobre as descobertas, as coisas diferentes... talvez por viverem isso... Pois muitos amigos meus pareceu não entender isso e nem fizeram questão de saber de nada da minha vida aí... de como estou me adaptando...
    Bom Ninoca acho que fiz uma mistureba de coisas nesta resposta....
    E saiba que realmente e verdadeiramente ADORO seus posts, sua casa...rsrsrs E sua verdade!
    beijosssss

    ResponderExcluir
  5. Nina...
    Belíssimo texto...
    Acho que foi tirado do livro Non Stop da M.Medeiros. É sensacional...
    Beijos laranja inteira! Te adoro!

    ResponderExcluir
  6. MM escreve como eu gostaria de escrever. rs
    Beijo!

    ResponderExcluir

  7. Hola Nina!

    Maravilhoso o texto, olha que coincidência, semana passada assisti uma entrevista com a Martha Medeiros...

    Bjos querida, fique com Deus!

    Juli

    ResponderExcluir
  8. Show, adorei! Taaaaaao verdade!
    Beijocas

    ResponderExcluir