07/11/2012

Poema de uma mae ao seu filho


A Arca

Ah meu menino
quando minha voz não estiver mais aqui
e quiseres ouví-la
procura os pássaros
foram eles que a levaram!

Encontre-os naquele instante
em que o céu tinge de laranja
o sonho das estrelas...
e os pássaros trarão a minha voz a ti

Se procurares pelo meu toque
e ele não estiver mais aqui
espere pela brisa
Foi ela que arrebatou meu toque
meu menino

Ah meu menino
mas se ao acaso
for noite
e os pássaros
estiverem recolhidos em seus ninhos
e a brisa estiver adormecida
em cima de uma nuvem
vá então até o teu coração

Procures uma arca...

Enquanto brincavas
enquanto dormias
enquanto crescias
eu acomodava
toques, sussurros, canções
na arca

Ah meu menino
deixei uma arca no teu coração

Ana Paula 

A Ana me enviou este lindo e tocante poema, como sua participacao nas postagens: Como gostaria que meu filho lembrasse de mim. A Ana, se você nao conhece, escreve linda e docemente no seu agradável blog lado de fora do coracao
  
* * *
 Houve também a bonita  participacao da super mamae Livia, que  fez um lindo post que você pode ler clicando aqui

E a querida Orvalho do Céu que também escreveu um comovente post com fotos que lembram a infância de todas nós, aqui 

Passe lá na meninas e deixe seu recadinho.

13 comentários:

  1. Ana Paula nos comove sempre.Lindo e emocionante!Adorei!! beijos às duas! chica

    ResponderExcluir
  2. Voltei!

    Li na Livia e Rosélia e foram lindas também! beijos agora pra todas,chica

    ResponderExcluir
  3. Olá, queridas Nina e Chica
    Obrigada por tanto carinho e fiquei tão feliz em relembrar a minha Maternidade que nem imaginam...
    Seu comentário, Nina, me fez voltar ao seu blog pois foi feito com muito amor maternal por sua amiga de blog...
    Que palavras bondosas vc me escreveu!!!
    Deus te cuide e te faça tão feliz quanto eu na Maternidade que é puro Dom!!!
    Bjs de paz e bem

    ResponderExcluir
  4. Nina, obrigada! Adorei a ideia dessas lembranças que ficarão.
    Está sendo delicioso ler os posts. Emoções à flor da pele!
    Beijo

    ResponderExcluir
  5. Ana Paula
    Para não fazer um "estardalhaço" aqui, resolví ser bem comedido no meu comentário, rs...rs.
    Ana eu achei espetacular o seu talento. A gente vai lendo, vai viajando na vida e vai sentindo o carinho maternal. Imagine o Bernardo lendo isso, daqui à 100 anos mais ou menos. Emocionaria até um pedaço de gêlo, não acha?
    Muito maravilhoso esse carinho que tem no seu coração
    Beijo
    Manoel

    PS: Parabéns a Nina pelo carinho que teve para com essas publicações.
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Nossa, que lindo poema Ana Paula. Queria ter essa inspiração, parabéns!!

    ResponderExcluir
  7. Que text lindo. Fiquei emocionada. Bjo

    ResponderExcluir
  8. Que lindo o jeito que a Ana Paula encontrou de escrever sobre o tema, que sinceramente, me fez até pensar no assunto mesmo nem tendo filho ainda.
    Com carinho, Thaís

    ResponderExcluir
  9. Lindo poema!
    Linda é Ana e seus filhos e o que deles tenho guardado em minha arca.
    Lindas e valiosas as arcas que nosso pais, nosso filhos, avós, irmão...deixam em nós.
    Lindos e valiosos cada objeto, palavra, poesia que cada um deixa em nossas arcas.
    Ter olhos de ver e coração de sentir.
    Guardar, abrir, explorar nossas arcas, é viver.

    ResponderExcluir
  10. Nina, é comovente,,,lindo!
    Parabéns Ana...
    Nossa...
    beijos

    ResponderExcluir
  11. Muito emocionante esse poema.
    Não poderia esperar outra coisa da Ana, poeta daquele amor fraterno, sentido bem do lado de dentro do coração, enorme ...
    Parabéns á Ana e à Nina por esse momento tão lindo.
    beijos

    ResponderExcluir
  12. Nina, que coisa mais linda esta poesia da Ana Paula!
    Ela disse o que eu gostaria de escrever em forma de poesia, mas não sei escrever assim.
    Esta sua ideia foi muito bacana, algumas pessoas têm o dom para se expressar tão delicadamente e eu admiro muito isso.
    beijinhos cariocas


    ResponderExcluir
  13. Oi Nina
    Aproveito pra visitar seu blog e ler o poema da AnaPaula
    Como sempre, lindo e cheio de sentimentos _esses que conhecemos tão bem!mãe e filho _ doce amor!
    Parabéns pela homenagem-postagem
    abraços

    ResponderExcluir