11/09/2012

Devemos pensar com saudade em uma pessoa que morreu?

Tenho uma amiga muito querida que está com avó bem doentinha. Ela é bem apaixonada por sua vó e certamente está sofrendo muito com essa situacao. Eu, que sou primeiramente, louca por avós e segundo, muito sensível ao sofrimento dos outros, fiquei tao impressionada que sonhei. E sonhei pela primeira vez com minha avó, que como as pessoas que me conhecem já sabem, era o grande amor da minha vida de menina. Minha avó Laura morreu há quase 29 anos e nao tenho lembranca alguma de um dia sequer ter sonhado com ela. Isso mudou na semana passada...

No sonho, as nossas avós (minha e da minha amiga) estavam juntas, conversando. A minha avó me explicava sobre a avó da minha amiga,  me explicava o que ela tinha quase detalhadamente. Ambas as avós estavam muito bem, a minha especialmente, estava muito linda, como eu a conhecia, mas ainda melhor, mais jovem e era como se ela fosse uma pessoa muito sábia,  e agia e se movimentava como se  ela nao soubesse o que era dor (minha avó sofreu muito com a doenca antes de partir). Minha vó pedia pra eu explicar pra minha amiga que tudo estava indo bem. No fim, eu tinha que me despedir da minha avó, e acho que minha amiga também tinha que fazer algo assim, mas isso eu nao ouvi no sonho, mas senti. Na verdade, nada nesse sonho era realmente dito, eu sei que entendia  a minha avó, mas era um ouvir mais profundo, mais sentir do que realmente escutar uma voz. Quando minha avó falou que precisava ir embora,  senti que ela queria que eu me desligasse dela, como se eu com minha saudade toda, estivesse atrapalhando algo, entao eu fiz uma cartinha bem curta pra ela com um lápis num pequeno pedaco de papel e minha letra nao era a de hoje, mas como se uma crianca estivesse escrevendo. Me despedia dizendo que a amava muito mas que sabia que ela tinha que ir, e dei o abraco mais apertado e longo que já dei em alguém, e eu era pequena nesse momento bem menor que minha avó. Foi muito emocionante e acordei no fim do sonho que já era no início do dia, pedindo a Deus que eu nao esquecesse o sonho, e voltei a dormir. Mas esqueci e só voltei a lembrar do sonho, no fim da tarde do mesmo dia...

Isso tudo mexeu muito comigo, porque fiquei sem saber se deveria contar a minha amiga sobre o sonho. Mas o que mais de deixou confusa foi pensar que eu estaria atrapalhando de alguma forma o desenvolver das coisas. A "vida" da minha avó numa outra vida. Por eu nao ser nenhuma coisa nem outra, religiosamente falando, sou muito propensa a duvidar das coisas. Há ou nao há vida após a morte? Devo ou nao, sentir falta da minha falecida avó?
Fiquei tao chocada após o sonho... Porque eu deveria esquecê-la se pensar nela nao me dói? Pelo contrário, eu gosto muito de lembrar da minha avó, e nao vejo problema em chorar ao pensar nela. Ao chorar, nao fico triste e nao preciso de consolo, apenas me sinto livre pra deixar lágrimas rolarem, nao me envergonha e principalmente nao me causa dor. É apenas minha primeira e mais primária reacao à lembranca doce que tenho dela.


E nao quero perder isso!



Escrever aquele bilhete no sonho me doeu, mas doeu menos que saber que no fim daquele longo abraco teria que deixá-la ir de uma vez. A simples ideia de que eu a estava causando mal com minhas saudades me causa ânsia até hoje. Nao quero ser um entrave na vida e muito menos, na morte de ninguém. Mas como entao aceitar  que é melhor esquecer aquela que tanto amei? Como fazer de conta que nao existiu? Tenho a impressao de que minha avó pra mim é um escape, é como se a lembranca que tenho dela fosse a linha que une o que eu sou hoje ao que eu fui ontem. Tenho a impressao de que se eu deixá-la ir, vou também me perder de mim mesma.. é estranha essa sensacao.
É ela, a minha avó, que me leva de volta à menina que fui, ela é minha mais forte lembranca. Nos bracos longos da minha imaginacao, me vejo envolta no abraco macio da vovó, macio como o jérsey que ela costurava roupinhas de dormir pra netas. Hoje tenho medo de escrever sobre ela, de pensar nela, parece que nao deveria mais fazer isso... e isso me dói.

E eu confesso, agora nao sei o que pensar :-(


13 comentários:

  1. Lindo o teu post Nina! sei que tu nao acreditas, mas os espiritos nao precisam de nossa fala para se comunicar. Eles se comunicao atraves da energia, do pensamento e acredito sim que de uma forma podemos "dificultar" a evolucao dos espiritos desencarnados. Temos que rezar por eles, para eles evoluirem e "viver" na plenitude e continuar a sua trajetoria de aprendizado, que todos nós temos. Querer que os nossos entes queridos fiquem sempre ao nosso lado, é ser um pouco egoista, todos nós somos "egostias", pois somos seres humanos, mas isso atrapalha, seja no plano terreno ou no plano superior.
    Tenho certeza que se assim Deus quizer, tu e a tua Vozinha irao se encontrar em algum outro lugar, em uma outra existencia, em uma vida terrena ou superior a essa, pois já dizia Shakespeare, existem mais coisas entre o céu e a terra que sonham a nossa va filosifia.
    beijos Adri

    ResponderExcluir
  2. Ah Adri, isso tudo, de religiao, de morte, de nao saber o que é certo, me deixa bem confusa :-(

    ResponderExcluir
  3. É um texto muito bonito e suas dúvidas são as dúvidas de muitas pessoas, mas sobre esse tema eu prefiro não opinar porque é muito pessoal e o que eu acredito pode ser diferente do que você gostaria de ouvir. Mas a pergunta que não quer calar é, você falou com sua amiga do sonho?

    Tenta ficar tranquila, isso tudo é normal de acontecer.
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Oi Claudia, contei sim a ela e tava morrendo de medo da sua reacao, medo de faze-la ter algum medo desnecessario, mas pra minha surpresa ela encarou numa boa :-)

    ResponderExcluir
  5. Queriida Nina

    A despedida foi do aspecto material, o apego a presença fisíca, a saudade, lembranças estão em outro patamar e que nos solidificam nos afetos.
    Exemplo mais objetivo, há pessoas que querem manter intactos os comodos (quarto) de quem partiu. Isto é negativo, entende?
    Também, tive uma avó muito presente em minha vida e já tivve sonhos de lindas mensagens para minha vid.Pois o que fica, é uma representação da influência que tiveram em nossas existência.

    ResponderExcluir
  6. Hum, vou comentar cruzando um limiar muito tênue entre o espiritismo e minha fé católica...
    Acho possível que sua Avó tenha se comunicado contigo através do sonho. Pouco se sabe sobre os caminhos que o inconsciente percorre durante o sono profundo, então para mim, uma alma pode transitar por planos superiores nesse período.
    A mensagem que ficou clara para mim do seu encontro Nina, é que você pode sempre amar sua Avó, mas não deve clamar por ela, sofrer pela morte dela, pedir que ela te ajude, porque isso não ajuda os espíritos desencarnados a evoluir nas suas missões. Eles sofrem com o sofrimento de quen está vivo...
    É fácil pra mim falar, minha vózinha tá viva da Silva. Mas quando ela ou outro ente querido desencarnar, vou tentar mandar vibrações positivas e muita oração, ao passo que lido com minha dor silenciosa.
    Bjim...
    Márcia

    ResponderExcluir
  7. oi Nina!
    eu sonho muito com a minha avó paterna... é engraçado, pois sempre no sonho eu sei que ela morreu e fico feliz de ve-la, porém fico achando que ela esta viva.... uma confusão... mas sonho muito com ela, não sei por que...
    Já com minha vó materna não...
    Acho muito dificil entender esse contexto de espiritualismo, se realmente estivemos com eles ou não, se é apenas lembranças no subconciente que vem a tona durante o sono...
    Bom, sei que eu gosto de sonhar com ela...
    Achei bem legal a forma que você colocou no post... :)
    Me fez viajar no seu sonho...
    beijossssss

    ResponderExcluir
  8. Nossos mortos só estarão de fato mortos, se forem esquecidos.
    Tenha suas doces lembranças com sua avó, sinta saudade, chore, converse com ela. Não faz mal algum.
    Acho, seim, que não devemos incomodá-los" com pedidos de ajuda, mas até isso nis foge, às vezes.
    Perdi um irmão há 3 dias. Ele adoeceu de repente e rapidamente se encaminhou para o fim. Num momento de desespero, pedi ao meu pai, aos meus avós, aos tios que já morreram, que viessem ao encontro dele e o acolhessem, não deixando que ele sofresse aqui.
    Parece louco, mas é doloroso ver alguém que amamos sofrrendo, sem solução.
    Acredito que jamais esquecemos quem amamos, Nina, e nem é justo que o façamos. Saiu de nossas vistas, é dar tchau e acabou? Não. Se eles "vivem" em outro plano, querem nossa vibrações de amor, precisam delas.
    Ame e se lembre sempre de sua avozinha. Ela ficará bem feliz.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  9. Ei meninas, obrigada pelas palavras, eu to bem legal e entendi depois de um tempo algumas coisas... bom cada uma falar o que acredita ou nao.

    Acho importante tbm dizer que imediatamente depois do sonho me senti mt bem, só depois de alguns dias surgiram essas paranóias :-)
    to legal! valeu! Beijao!!!

    E claro, Lúcia, poxa, sinto mt pela perda do seu irmao :-(

    ResponderExcluir
  10. Não sei o motivo,mas só agora entendi realmente a importância do sonho.
    Eu não sei se a minha vovótinha vai para junto da sua agora,mas valeu a pena só por você ter sonhado com ela, acho que deve ser muito angustiante não sonhar com a sua avó durante todos esses anos.
    Fico feliz que tenha sido assim porque eu tenho certeza que as nossas lindinhas são as mais lindinhas de todas.

    ResponderExcluir
  11. Lembrar com saudade é bom e normal, só não dá pra lembrar com revolta, pq esse sentimento só faz mal. Não sei se vc acredita, mas isso aí me pareceu uma conversa que vc teve com sua avó no plano espiritual. é comum recebermos mensagens durante o sono de amigos que já morreram, principalmente em tempos difíceis. Às vezes foi para vc poder consolar essa amiga. Se não acredita me desculpe a intromissão, e eu ficaria muito feliz com a participação que vc queria fazer na BC amanhã no meu blog. beijos!

    ResponderExcluir
  12. Nina, que texto e que sonho bonito. Eu ja sonhei tambem dessa forma. E intrigante, pois sempre sonho que a pessoa esta viva e ao longo do sonho vou percebendo aos poucos que essa pessoa so esta ali no sonho, geralmente tambem acontece da pessoa, no caso minha irma dizer que precisa ir, como voce mencionou ai. E estranho isso. Acho melancolico, para ser honesta.
    Eu fiquei muito sensivel de uns 4 anos pra ca, coisa que eu nao era muito. As vezes eu me permito ficar triste, mas nao acho saudavel ficar sempre. Entao, lembrar as vezes dos queridos tudo bem, orar por eles... mas acho tambem que se deve deixa-los ir, no processo natural do tempo.

    ResponderExcluir
  13. Ahhh mas depois do sonho eu tbm nao me sinto melancolica nao.... isso vem depois.

    ResponderExcluir