09/07/2012

Ela e ele e seus aniversarios

Ela nasceu há 18 anos! Ele há dois. Ela no Brasil, ele na Alemanha. Ela tem um pai, ele tem outro. Ele num dia antes do dela, 16 anos depois. E ela e ele brincaram, correram e dancaram no meio da sala no dia do aniversário dele, quando ela ainda podia se dizer crianca. O outro irmao querendo ver tv, pedia: Ei vocês dois, parem de fazer tanta bagunca! E ela dizia rindo: amanha eu já vou ser adulta, me deixa ser crianca agora... e o irmaozao se calou. E o irmaozinho parecia entender a brincadeira e ficaram mais barulhentos ainda e felizes, no meio da sala, com a música mais alta, logo depois de ele ter apagado a velinha do seu bolo e antes dela apagar duas vezes, a velinha do aniversário dela, no dia seguinte.


Ele acordou no seu dia mais alegre do que o normal. Parecia saber que completava naquele dia, dois aninhos. Dois aninhos de muitas alegrias que ele traz a esta casa. E a mae dele abriu as janelas do seu quartinho e  o sorriso do pequeno se iluminou, como o sol que fazia lá fora. E nesse dia eles foram em algumas lojas, nas quais ele sempre abria o maior berreiro, e naquele dia, ele se comportou muito bem e a mae dele deu os parabéns: já tá ficando rapazinho, muito bem!

Ela, foi acordada no outro dia, às 5:45 pelas amigas, que lhe trouxeram bolo que elas mesmas fizeram e foram pra escola juntas e ficaram o dia todo assim, até que ela teve o segundo bolo do dia, feito agora pela sua mae. Viram filmes, comeram pipoca e no outro dia, compraram mais um bolo, duas garrafas de espumante e foram brincar e rir na praca ensolarada. Terminaram a noite numa discoteca, onde ela já podia ficar até mais tarde, já que já é de maior!  E é isso que ela diz sempre. Ontem quis provar, na festinha do irmao, com amigos da mamae e do paidrasto, a sua primeira caipirinha e a mae alertou; filha, você nao pode tomar isso!! Mae, eu já tenho 18 anos, esqueceu?! e caiu na risada olhando pra minha cara de tonta esquecida...

Ele ganhou mais uma festinha ontem. Na hora do soprar das velinhas, mamae pegou ele no colo e puxou ela pela mao. Os dois bolinhos,  as velinhas. Ele dois anos, ela dezoito. A mae quase chorou. Como quase chorou com o pai da sua menina, ao telefone no dia dos 18 anos completos dela, quando o pai disse, entre lágrimas: eu nao aguento Nina, eu nao aguento, nossa filha tem 18!!
É, nossa filha tem 18. 
Nosso bebê tem 2.
Nossos filhos. Nossos maiores presentes nos seus aniversários...




17 comentários:

  1. Parabéns para o filho fofucho e a filhota lindona, Nina! Que legal que eles fazem aniversário tao juntinhos :-)))
    Beijocas, Angie
    P.S. Docinho de beijinho, aaaaaai, que vontade de nhac-nhac! :-D

    ResponderExcluir
  2. Que lindos esses dias, cheios de alegrias, docinhos, sorrisos... meu Deus, a Laurinha com 18?!? Fiquei imaginando os dois dançando na sala, linda cena, hein?!?
    Desejo tudo de bom para os aniversariantes e para seus pais tmb...
    Eu quuero esses brigadeiros!!! rs, rs rs, ai que delícia!

    Bjs, que Deus nos abençoe!!!

    ResponderExcluir
  3. Nina, você tem o dom de contar as coisas de um jeito que a gente vai lendo e se envolvendo, se emocionando.
    Não raro termino de ler suas coisas com duas lágrimas grossas escorrendo. Hoje foi assim.
    Feliz aniversário, Pedrinho!
    Feliz 18 anos Laura!
    Que a cada dia vocês possam ser ainda mais felizes!
    beijosssss

    ResponderExcluir
  4. Aiiiim como a Laura já tem 18 anos? Quando foi que isso aconteceu?
    Os dois filhotes fazendo aniversário e eu te parabenizo por criar três filhos lindos!

    ResponderExcluir
  5. Nina
    Eu tambem adoro o jeito como conta suas histórias verdadeiras.
    Parabens para os seus filhos tão bem criados!
    Ainda tenho esperança de Laura ser minha sobrinha.
    Diga pra ela que o Afranio, hoje com 19 anos esta lindo, só ela vendo!
    Ele nos disse hoje que pretende fazer um intercambio. Seria tao bom se fosse pra Alemanha!
    com carinho mOnica

    ResponderExcluir
  6. Ontem, estava deitada, já eram 23hs, ou mais, e do emu celular acessei a Internet, procurando por algo que não sei mais. Me deparei,por acaso, com seu blog. Menina, como você escreve bem! Viajei nele, perdi o sono, e só fui dormir hoje ( já eram quase 2 hs da manhã). Parabéns pelos filhotes, e pelo dom de escrever. Beijinhos!!!!

    ResponderExcluir
  7. oi flor!!!
    Parabéns pelos dois!!!! que Deus ilumine sempre a vida deles...
    adoro ver como você os educada!!! muito bem...
    um grande abraço!!!! pra você e para os aniversariantes!!!! rsrsr

    ResponderExcluir
  8. Eita que beleza, quanta celebração! Quantos motivos para comemorar!
    Aniversários: retornos ao ponto de partida...
    Renovação de ciclos, possibilidades, maioridade no caso da Laura...
    Felicidades à toda família, querida Nina!
    Beijos
    Márcia

    ResponderExcluir
  9. Passa rápido né Nina?
    Lindo post, comò linda é nossa vida.
    bj

    ResponderExcluir
  10. Obrigada meninas, passei aos dois os votos de feliz aniversário, viu? vcs sao umas queridaaas!!!

    ResponderExcluir
  11. E eu, mesmo com atraso de um dia, ainda quero enviar meus votos aos dois lindinhos desta maravilhosa família.
    Parabéns e muitas felicidades para sua filhota tão amada, tão amiga e presente em sua vida nestes 18 anos!
    Felicidades ao lindo loirinho Pedro, coisa mais fofa da sua vida!
    Parabéns a você, Nina querida, que uniu todas essas gerações junto do seu coração.
    beijos grandes, cariocas

    ResponderExcluir
  12. Parabéns pra eles Nina!! Deus continue abencoando a vida de todos vocês!!! beijokas

    ResponderExcluir
  13. Parabens para a Laura! Parabens para o Pedro! Muitas felicidades para esses dois amores! Quanta felicidade, posso sentir daqui atravez desse texto lindo! E que os dois tenhos muitos e muitos e muitos anos pela frente, com muita felicidade e amor, saude, paz, realizacoes!

    Bjos e bjks para voces

    ResponderExcluir
  14. Parabéns pra Laura, "caboquinha" como eu e pro Pedro "lemãozinho".
    E mais ainda pra ti, Nina, cujo amor pelas crias transborda e nos brinda com textos lindos como esse!

    ResponderExcluir
  15. Beth, assim tu me derrete o coracao :-) Obrigada!

    Oi Babi, obrigada! Que Deus nos abencoe a todos.

    Obrigada Chris,minha maninha querida.

    Oi Bruxinha que legal te ver por aqui de novo. Pois é, manauense como nós. Mas quando Pedrinho foi a Manaus ano passado, ele tbm virou amazonense, nunca vi um indinho alemao se divertir tanto com os outros caboquinhos :-) Foi uma festa só! Imagina ele dormindo na rede, vixi, ficou super mal acostumado, só dormia sendo embalado na rede com a tia dele cantando musiquinha... rsrs.

    Bjs gente querida

    ResponderExcluir
  16. Eu li e eu chorei...
    Nao sei mais o que dizer... Eh muito lindo!

    ResponderExcluir
  17. Parabéns e os melhores desejos para o Pedro e a Laura!

    ResponderExcluir