12/06/2012

Um casal do bem, no dia dos namorados

No dia dos namorados no Brasil queria falar de um casal que conheci há pouco tempo e que tem me encantado, pela ternura com que se tratam.

Hoje o dia é da Wilki e do Egil
Tinha que falar deles... eu tinha que fazer isso hoje.
Com vocês, um mais um que viraram dois, mas que na verdade, sao só um.

* * *

A Wilki nasceu no Pará e o Egil na Noruega. Eles se conheceram pela internet. Ela, nessa época, já morava no Rio Grande do Norte e ao vê-lo em uma foto pensou: nao, esse cara nao! Ele tem cara de bandido! e nao quis nem papo. Mas a vida, bem, você sabe, a vida tem lá suas decisoes, e nem nos pergunta o que achamos sobre sua opiniao. E o Egil, ora, homem esperto, europeu com certo jeitinho brasileiro, foi se chegando cada vez mais e mais perto daquela morena bonita, alegre, engracada, cheia de charme que é a Wilki. E oito meses depois, como ela mesma diz, " olho esse mesmo homem dormindo e acordando do meu lado... como meu esposo e não...ele não é bandido!!!"

A Wilki sempre sonhou em casar, ela já comentou aqui comigo que nao sonhava nem com isso nem com aquilo, o sonho maior que ela tinha era casar, cuidar de alguém, amar e se sentir amada. E isso veio a acontecer exatamente quando ela nem se sentia a coisinha mais bonita que passeava pelas praias de Natal. Ela andava um tanto desacreditada e estava pensando que o seu sonho nao iria mais se realizar"E agora o plural de casada pra  mim... é: nós dois....o plural de Wilqui....é: Egil e o plural de família...é : planos juntos.  Muito boa essa sensação de que a vida corre a quatro pés... de que o futuro pode até ser incerto mas que não se está mais sozinha... Magnífico ter um dia após o outro pra se deixar ser conhecida e conhecer o outro também... Inexplicável que os dias passem rápido quando se está feliz... e que o medo de que a felicidade termine também não existe mais..."
Eles nao falam a mesma língua, ele fala um português bem iniciante, ela ainda está aprendendo o norueguês, mas eles se entendem pela língua universal mesmo: o amor, junto com muita paciência, carinho e o tradutor do google (cada vez menos precisando desse último). "Com o Egil, tenho descoberto que a felicidade e o prazer estao nas coisas simples e que ninguém precisa fazer coisas muito especiais pra se sentir bem junto. Mesmo que isso seja cozinhar algo simples e que ele vai sempre lamber os beicos e eu vou me sentir completa só em olhar os olhinhos cinza dele".
O que acho muito bacana nesse casal, é que eles se gostam e fazem tudo um pelo outro, e estao sempre juntos, um apoiando o outro sempre. Ela grava mil vídeos caseiros (desde cozinhando a passeios que eles fazem juntos, e ele filma tudo e edita tudo, na maior paciência! Fico encantada com a Wilki me falando que ele estuda com afinco o português. Que eles fazem brincadeiras juntos, que conversam muito, que tem em suas cabeceiras duas bíblias uma em português (que é ele quem lê) e a outra em norueguês (que ela lê) e que leem um para o outro algo e traduzem. Gente, que coisa linda!!! Ele ouve músicas brasileiras, faz curso pela net, lê livros e traduz os blogs que ela costuma frequentar. Que homem é esse meu Deus?

"E aqui é tudo em plural mesmo, nós...Gracas a Deus, temos prazer na companhia um do outro, rimos um com o outro e somos mesmo bons amigos alem de claro nos amarmos.
Ele é a razao da minha vida, eu o amo com todas as forcas existentes em mim, e sinto o mesmo dele....Eu queria muito amar alguém, mas mais ainda queria muito me sentir amada, gracas Deus hoje tenho os dois".

O que eu queria mostrar com esse post, é que a gente tem que permitir o amor chegar. Sem medos. Afinal, só há bem em amar. E que mesmo que você esteja quase desistindo de encontrar sua tampa da panela, é melhor ficar atenta ao que a vida te prepara.

E em vez de reclamar da vida, inspire-se na Wilki:


"Ontem eu acordei meio murcha, mas odeio dar uma gota que seja de mal humor pra qualquer pessoa, entao eu meio que espero isso passar e ficar bem, a vida tem sido generosa comigo, tenho muito mais que agradecer do que reclamar, sei reconhecer que as coisas mudaram e que eu escolhi isso, na mais pura conciência...
... acordei com uma saudade enorme do Brasil, com saudades do sol, de andar de ônibus, caminhar na praia, tomar água de coco, comer espetinho de gato na rua, andar com chinelos e vestido fininho, sentir calor no meio da rua, ouvi o senhorzinho do picolé gritando OLHA O PICOLEEEEEE!!  E mais comprar um picole de fruta(cajá) e chupar naquele solzao...
Senti saudades do barulho das ruas, de carros buzinando, de pessoas falando ao mesmo tempo, de gente indo pro trabalho, de lojas sendo abertar, de gente chegando com marmitas no centro da cidade onde eu morava, saudade de tomar café de rua (naqueles botecos que vendem pao na chapa com leite e café) saudade de me sentir pobrinha, vendo vitrines na hora do almoco e só olhar mesmo, por que a grana nao dava pra comprar...

... saudades de amigas de longa data, saudades da minha grande amiga que nasceu em Marte, a Marciana...
... Mesmo tendo tudo que precisamos, alguns dias sentimos falta de coisas que parecem nem ter sentido, eu gosto, amo a paz que esse lugar me dá, amo morar com meu marido, adoro me sentir segura aqui nas ruas, gosto muito da neve, gosto de ficar em casa depois de um longo dia de estudo e estagio, adoro cozinhar meu jantar, gosto do cheiro de floresta que esse lugar tem, gosto de ver tv e reconhecer as palavras em Norueguês, adoro sentir saudades, de coisas que nao tenho aqui, por que ao menos tenho do que sentir saudades, estou super feliz...
Aqui eu encontrei a alegria de estar comigo mesma, e a dor de sentir saudades das coisas mais bobas..."
É ou nao é uma garota e tanto essa Wilki?

* * *

Tem muitos casais que admiro, pelo amor, carinho, respeito, paixao, delicadeza com que se tratam.
Mas escolhi a Wi e o Egil pra te apresentar, porque eles sao tudo o que acho que um casal deve ser. Um está ali pro outro em qualquer circunstância,  e há uma troca saudável entre eles, quando um oferece ao outro o que tem de melhor. Sem medo de parecer uma amélia, sem medo de amar, sem medo do que os outros vao falar.
 Tem melhor coisa que isso? Dar o  mellhor de si e receber o melhor do outro?
Eu acho isso tao bacana. 



Esse post é pra vocês, casal do bem!

25 comentários:

  1. Oi Nina, querida!

    Sim, é verdade, a história de amor da Wilki é linda mesmo...

    Sempre que vejo os seus comments (da Wilki) penso, "essa menina é legal", sempre astral nos seus comentários... outro dia até fui conhecer o seu blog...

    Desejo tudo de bom para vc e o seu maridão, Wilki & Egil, e todos os casais, que se amem e sejam felizes!

    Que Deus nos abençoe!

    Bjs!!!

    ResponderExcluir
  2. Eu e a Wilki temos uma coisa em comum: eu tbém conheci meu marido pela internet. E realmente, esse casal é do bem. bjo

    ResponderExcluir
  3. Muito bonita a história dos dois.

    ResponderExcluir
  4. Bonito como você misturou as suas falas com as dela e a história dela ficou muito inspiradora.

    ResponderExcluir
  5. Que linda história você montou! Eu sigo a Wilqui desde o início do blog dela. Gosto dela demais, nos entendemos. E a admiro pela sua trajetória, que vai ser cada vez mais bonita e gratificante, tenho certeza.
    Bela homenagem.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oi Nina,

    que linda essa historia!
    Realmente o amor é algo inexplicável, simplesmente acontece...
    A Wilqui é incrível!

    bjsss

    ResponderExcluir
  7. Oi Nina!

    Que casal mais fofo!

    Demostrações de amor sempre fazem bem para nós!

    Beijinhos!

    Thaís
    t.thaismarques@gmail.com

    ResponderExcluir
  8. Ninoca mô bem, aqui o casal love(eu e o maridao) somos gordos, minah fia coracao de gordo é cheio de gordura, tu num sabe nao é? Olha se temos grandes emocoes como essa, vai que os coracoes dao um pausa enterno, tipo assim morer saber o que é morrer?? rsrs
    Num faca mais isso nao por que eu ainda quero viver muito anos pra amr meu gordo kkkkkk
    Brincadeiras a parte...
    Eu também preparei algo pra vc, pensa que só tu que faz o coracao do povo pular pra fora é? RSRS
    Como somos um casal gordo, gordo lembra gordura, e gordura lembra, margarina, e margarina lembra mateiga que derrete facil facil com calor, asimm minha fia fomos nós dois hoje, eu e o Egil, lemos o seu post e nos debulhamos em lagrimas, como vc EH UNICA NINA, eu nunca iamginei que vc guardasse meus email que memoria boa a sua, que tato na escolha das frases, ai minha linda queria tanto lhe dar um abraco, eu preciso ouvir sua voz e lhe agradecer preciso!!!
    Me mande seu telefone por email poooooooooor favor, depois do skype eu ligo até pra lua rsrs se tu tiver por lá claro.
    VC é uma amigona viu? também do bem, linda no mais amplo sentido da palavra, eu só posso agradecer pelo lindo post, um grande abraco, tem retorno la no meu blog pra vc. bjs Ninoca.

    ResponderExcluir
  9. Ninoca,
    Que boa ideia você teve em homenagear a Wilqui e o marido, este casal lindinho que nós curtimos aqui na blogosfera!
    É mesmo, a Wilqui é uma moça fora de série, mostra de verdade aquilo que é o que sente, eu a admiro demais e creio o marido também, pois esta química que se deu entre eles, é justamente porque os dois são merecedores deste amor e queriam muito isto para suas vidas.
    Parabéns a você também e este louro grandão que é teu maridex e parabéns para todas as que têm um namorado bacana, um marido carinhoso e companheiro.
    Feliz Dia dos Namorados para todas nós!
    beijos cariocas

    ResponderExcluir
  10. Linda e merecida homenagem Nina. Adorei a história dela e deles tbm e só conheci por meo do teu blog.
    Parabéns pra eles e pra cada um de nós que nos jogamos, sem medo ao encontro do "nosso outro," na busca do AMOR pleno e duradouro, quiçá Eterno.
    Bjs

    ResponderExcluir
  11. Super bacana essa história, isso confirma que o amor´passa por tudo, desde o idioma...é o amor que fala mais alto...
    Paz e bem

    ResponderExcluir
  12. Que lindo post!
    Wilqui é uma nova amiga blogueira que tive o prazer de conhecer. E ela é realmente assim como vc descreveu: alto-astral, cheia de carinho. Uma pessoa do bem mesmo.
    Parabéns pelo post, lindo!

    ResponderExcluir
  13. Parabéns pelo post vc descreveu exatamente o que eu sinto pela Wilqui e seu esposo, sem aumentar uma virgula tudo descreve o amor dos dois e o amor que ela espalha no seu blog... parabéns + uma vez foi uma justa homenagem !!! bjs

    ResponderExcluir
  14. A historia de wuilqui minha grande amiga e irmã é linda..e lendo agora me emocionei..amo muito essa garota e fico muito feliz em saber da felicidade que Deus estar propocionando para ela...Deus abençoe sempre os dois..

    Parabéns e obrigada voce Nina por post a historia deles dois..e linda mesmo..\Marciana

    ResponderExcluir
  15. oi meninas, e nao é que é?? Wilki é uma gracinha de garota, e ainda vem aqui fazer um comentario desses que sempre me faz rir :-)

    aliás, ela é a rainha dos comentarios engracados e emotivos aqui. E olha só quem veio me visitar, a melhor amiga dela, a Marciana! Oi querida, obrigada por ter cuidado dessa doidinha lá em Natal :-)

    A todas que comentaram, que ja sao de casa, mt obrigada, e as que vieram da Wilki, tbm, mt legal ter vcs aqui hoje.
    A Wi merece.

    como foi o dia dos namorados docês? o nosso aqui é em fevereiro,ja foi...

    Ahhh um dos casais lindos que mt admiro tbm a moca ta aqui, comentando, a Beth. Ela tem um maridinho tao bacana!! gente, so vcs vendo o carinho com que um fala com o outro. E claro, tem a Juli minha amiga, que tem um marido GAAAAAATOOOOOOOOOO.

    Bjs meninas, no coracao

    ResponderExcluir
  16. Oi Nina!
    Fiquei até vermelha agora...rs
    O dia dos namorados foi ótimo, aqui choveu quase o dia inteiro, ganhei um buquê lindo de rosas vermelhas e chocolates deliciosos (ferrero)... fiz um jantarzinho em casa, com direito a luz de velas...
    Um grande beijo, fiquem com Deus!

    ResponderExcluir
  17. Noooooooossa Ju,que romantico!! e com chuvinha, foi ainda melhor ne? Da um beijao no maridao por mim ta? se Deus quiser,vamos nos rever ano que vem!

    ResponderExcluir
  18. oi Nina!
    que homenagem linda a Wilqui... ela é 10! e concordo com vc a respeito do exemplo dela...
    ela esta super feliz com seu post...
    beijoss

    ResponderExcluir
  19. Que linda, linda, linda essa historia! Fiquei encantada com tudo! Espero que este casal Egil e Wikki prosperem muito e sejam muito felizes!! Os paragrafos dela sao lindos, quando ela fala de saudades e das alegrias de se viver em um pais tao distante... e a gente tem muita coisa em comum, mas cada historia e tao unica! A dela e linda! O esforco deles dois juntos... ainn Lindos demais! Muitas felicidades mais uma vez! Eles merecem tudo de bom! Que Deus os abencoe!
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Nina linda a homenagem que vc fez pra Wilqui, os dois realmente merecem, um abraço!

    ResponderExcluir
  21. Que linda forma de contar a historia desse casal! A Wilqui e demais mesmo! Adoro o jeito dela e sua forma feliz de ser! Claro que Deus ia reservar um maridao para ela mesmoooo!!!
    E que bom que ela tem uma amiga como voce! Que em um post demonstra tanto carinho e amor!
    Primeira vez que passo por aqui e ja vou ficando!!! Beijos da xará!

    ResponderExcluir
  22. Que texto lindo, Nina... Seu blog eh memso tudo que a Wilki disse que era!

    beijos

    ResponderExcluir
  23. querida Nina sua participacao foi um arraso, falta 1 diazinho para acabar! beijocas!!!
    http://borboletapequeninanasuecia.blogspot.com.br/2012/06/we-are-world-mil-lembrancas.html

    ResponderExcluir
  24. Bonito encontro, cheio de parceria e cumplicidade, ingredientes salutares da convivência amarosa.

    bjs

    ResponderExcluir