03/04/2012

Viver é um presente

Lembro de uma tia. Certa vez eu a ouvi dizer a uma outra tia que achava lindo algo em mim. Ela ia na minha casinha  e sempre via, em algum lugar, um presente que havia me dado. Essa tia era uma das pessoas que me ajudavam nos momentos financeiramente difíceis pelos quais já passei. Eram presentes usados, utilidades domésticas, por exemplo. E eu guardava tudo. Recebia de bom grado o agrado recebido. Meus filhos ganhavam muitos presentinhos, às vezes, eles já tinham um igual. Mesmo assim eu guardava, afinal, eram presentes, alguém parou num momento do seu dia pra comprar algo para meus meninos. Porque eu iria desprezar aquilo? 

De forma inversa, lembro também da minha ex sogra. Ao encontrar um presente esquecido pela filha na casa dela. Ela dizia que a filha quase nunca levava o que acabara de ganhar, quer fosse presente pra ela ou para as suas criancas. Ela juntava num canto os presentes esquecidos e dizia num tom triste escondido num tom de brincadeira: aaahh imagina, ela tem tanta coisa em casa, presente de mae /avó pobre nao interessa né??!

To pensando hoje em como a vida é um presente. Presente mesmo, daqueles dados embrulhadinhos numa caixinha linda e decorada. Com um belo laco de cetim e papéis de seda. Imagino a gente, cada um de nós, descendo do céu, ainda nenezinhos, como que embrulhadinhos numa embalagem pra presente. Asinhas que se perderam no caminho. Sorrisos de tchau no céu, sorrisos de olá, ao chegarmos na terra. 
Imagine-se você também, você nenén. Que bonitinho que você deveria ser nao é?! Imagine seus pais te recebendo. Imagine sua alegria ao re-encontrá-los... que lindo!

Quando meu filhinho mais novo nasceu, o tiraram através de cesárea de mim. Ele chorava o tempo todo, mas entao colocaram-no no meu peito, enquanto eu dizia, tudo bem, está tudo bem. E ele parou de chorar ao ouvir meu coracao bater perto dele de novo, ao reconhecer a minha voz, o calor do corpo de sua mae de novo. Um presente pra ele. E pra mim.
Tem gente que despreza seus presentes. Deixa num canto, troca, dá pra outros. É como alguns levam a vida. Como se fosse um presente do qual nao tivesse gostado. 

Nao tem como nao gostar de um presente, gente. Presente é presente, pensaram em você num momento. Dedicaram a você um pouco de si mesmos.

O pai de uma grande amiga, por causa de uma doenca, teve sua perna amputada.  Pensa que ele ficou arrasado? Nada! Ele está simplesmente grato por continuar vivo. Isso nao é maravilhoso? A pessoa perdeu uma perna, cara!! Uma perna! E tá de bem com a vida. Ele teve sorte de talvez, ter tido esse momento de lucidez que muitos nao tiveram. Deve estar vendo a bencao que tem de poder desfrutar a família dele mais do que antes. Esse pai era distante. A minha amiga tinha muito rancor pela distância que se instalou entre eles, por tudo o que ele aprontou com a família. Já nao via mais chances de se reconciliar com o pai e achava até que nao gostava mais dele. Entao veio a doenca de repente. Desde o início ela o está apoiando em tudo, fazendo tudo pelo pai. Já chorou o que tinha e o que nao tinha, já chorou por tudo e por nada.  Ele está na casa dela e todo dia vê seus netos, sua ex mulher, seus filhos. Todo dia o netinho mais novo, filho da minha amiga, a primeira coisa que faz ao acordar, é correr até o quarto do avô.
O que essa doenca trouxe de volta a essa família se nao a reconciliacao? O presente devolvido nas suas maos. Mais uma chance pra todos.

Acho divino estar vivo sabe? Acho sensacional, espetacular, mágico, acho grandioso esse momento que estamos aqui. Sou grata pela possibilidade de ter recebido esse presente.

E você? Tem alguma história pra contar sobre tal presente?


14 comentários:

  1. Olha eu juro de verdade que queria ter essa visão otimista da vida. Não sou uma pessimista, mas sou realista demais da conta, racional demais, às vezes acho que penso mais do que sinto... rs.

    Sei que Deus me deu alguns presentes na vida. Talvez o que mais preze é o presente que me possibilita viver do jeito que quero, que é meu emprego.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  2. Amiga, achei sensacional o seu texto... olha, eu sei que "nem tudo é perfeito, nem tudo são flores" nas nossas vidas, mas uma coisa é certa, temos muito mais a agradecer a Deus do que pedir, imagina, quanta coisa boa temos,tantas que fica difícil listar aqui...
    Um grande beijo, fiquem com Deus!

    ResponderExcluir
  3. Nina, pensei sobre o presente de estar viva ontem, no voo de volta ao Brasil. A turma estava cheia de casais e eu solteira. Tem hora que isso é chato, sabe? Presenciar tantos afagos e carinhos entre os casais e eu lá, allein allein. Não cheguei a ficar triste, mas me peguei pensando no tanto que uma companhia me faria bem. Daí eu pensei: Peraí mulher! Quer dizer que sua vida vai valer a pena só quando estiver acompanhada? E se demorar muito tempo pra arrumar uma pessoa especial? Vai carregar o vazio o tempo todo?
    Daí pensei que o hoje é o que tenho de mais importante, com ou sem namorado/marido. E voltei os olhos e pensamento para o presente, o meu presente que é estar viva e com saúde.
    Beijos, lindo texto!
    Márcia

    ResponderExcluir
  4. Amiga, esse título me lembrou a música da Julieta Venegas, El presente...
    Bjs!!!

    ResponderExcluir
  5. Nina, a vida é um presente mesmo.
    A saúde, outro presente sem preço.
    Às vezes reclamamos à toa, o "problemão" que podemos ter não passa de um probleminha.
    Li há uns tempos e gostei demais, ando sempre falando:
    "O dia de hoje é uma dádiva. Por isso o chamam presente". É para agradecermos todos os dias o presente de estarmos vivo, fortes e saudáveis, bem dispostos para a luta. Também sem isso, não vale a pena.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  6. TAMBÉM CONSIDERO A VIDA UM PRESENTE DIVINO. NO DECORRER DA MINHA EXIATÊNCIA TENHO RECEBIDO VÁRIOS PRESENTES, ESTRE ELES MINHAS QUERIDAS FILHAS.
    bJS,
    FELIZ PÁSCOA PARA VOCÊ

    ResponderExcluir
  7. Que lindo Nina...arrasou!!!!
    Eu sou muito grata pelo presente que Deus me deu,o amor da minha vida e consequentemente meus filhotes.
    Por acaso acabo de escrever um comentario sobre isso la no blog da Luma!!! Aprecio cada momentinho rotinal como se fosse o ultimo, mesmo nos momentos de mau humor...rs...!!!
    Beijocas!!!

    ResponderExcluir
  8. É isso aí Nina, temos que dar valor a este presente que Deus nos deu, a nossa vida!
    E estou numa fase triste de partida, mas vou tentar agarrar em Deus e com a minha pequna família (Ivan e Valentina) sermos muitos felises, unidos, amorosos...pois no final é isso que vale a pena...
    belo texto flor...
    beijão

    ResponderExcluir
  9. Nina...estou te dando um selinho, vai lá no blog ver...
    beijão

    ResponderExcluir
  10. Nina
    O maior presente que tive por estes anos foi conhecer voce atraves da internet.
    voce é uma pessoa formidavel. sua história muito diferente da minha mas que me lembra sempre algo bom
    Eu estava triste por vim para oliveira e minhas irmas me disseram que eu estava assim por que? eu ainda nao sei.
    mas agora voce me lembra , eu ja sabia que a vida nossa é um presente .
    E os presentes materiais eu sempre gostei de ganhar. quando fiz 40 anos ganehei muitos anjinhos, era moda. mamae arrumou de um jeito que ficou super lindo na minha casa.
    eu uso e gosto de ganhar meus presentes.
    Entao porque nao gostar de ganhar de presente mais uma cidade para morar?
    Agora tenho tres lugares para dormir se quiser.
    Graças a Deus
    com amizade e carinho de Monica

    ResponderExcluir
  11. Nina, você tem leveza no olhar e amor no coração.
    Adoro!

    Beijo no seu coração!

    ResponderExcluir
  12. Mas os realistas tbm sabem ser gratos, nao sabem Daminha? Entao, olha aí um bom motivo pra agradecer, um otimo trabalho, sao tantos os que nao tem um :-(

    Ju, tbm lembrei mt dessa linda musica dela, que aliás, tu me apresentou, lembra?

    Marcia, vc tem todos os motivos do mundo pra nao se preocupar com isso. Vc é uma mulher MARAVILHOSA!!

    O dia de hoje é mesmo uma dadiva, amei isso Lucia...

    Bencao é ter bons filhos Norminha!

    Concordo contigo Tati, quem é mae, nao tem como nao concordar. Oh amor bonito, meu Deus!
    Como pode????

    Com a familia por perto, Ana, as dificuldades que por acaso surgirem, sao mt mais faceis de serem suportadas. Vai ficar tudo bem!

    Vai ficar tbm tudo bem pra ti em Oliveira Monica! Acredite no novo e olhe pra frente e claro, obrigada por esse comentario lindo, fiquei ate vermelha :-)

    Soninha, so consigo falar uma coisa: saudade de ti, minha nega!

    Bjs meninas lindas do meu coracao

    ResponderExcluir
  13. Os presentes contam historias , sejam eles uma dedicatoria num livro ou o globo de neve que a filha de uma amiga trouxe do intercâmbio na Espanha ou o outro globo que a prima procurou por todo o Chile e so encontrou minutos antes de embarcar no voo de volta.
    Os filhos são clichês . Filhos são presentes ? Os filhos são minha propria vida modificada para melhor,são todos os sonhos e esperanças renascidos de dentro de mim.
    E apesar de tudo , eu adoro a vida . Tanto que ja escolhi meu epitafio:-Mas ja acabou ?????

    ResponderExcluir
  14. Nina
    E a verdade.
    Eu é que sou chatinha.
    Mas vou me adaptar bem.
    Já estou fazendo amizades
    com amizade e carinho feliz Páscoa da amiga Monica
    Eu tambem gosto muito da sua amizade para comigo
    Um dia quero que venha conhecer o meu cantinho de verdade

    ResponderExcluir