09/12/2011

Na academia, eu?!

Voltei pra academia. Há mais de 2 anos nao fazia qualquer atividade física, estava fazendo danca antes. Grávida e depois mae pela terceira vez, ficou complicado arrumar tempo e disposicao, além disso nao curto muito o ambiente das academias. Mas ao mudarmos pra nova casa, meu marido insistiu e eu fui ver qual era. Achei a academia linda. Ela funciona num antigo prédio de pedra, pertinho de casa. Tem aparelhos ótimos e modernos pra quem gosta dessa coisas, uma sauna linda (também para quem gosta, já leu minha experiência com sauna?) e o mais importante: algo como um jardinzinho da infância onde posso deixar Pedro enquanto me exercito. Os funcionários sao muito bacanas e ninguém em toda a academia tem cara de metidao, arrogante e gostosao, o que muito me agrada.
Eu nao gosto de musculacao. Acho muito estranha a cara das pessoas pra lá e pra cá, mudando de aparelho em aparelho, com cara de tédio ou fazendo de conta que tá curtindo levantar peso. Acho altamente tedioso fazer musculacao, apesar de saber do bem que faz. Mas eu adoro fazer os cursos nas academias. Pilates, ginástica para as costas (nao sei como posso chamar isso em português),  ginástica pra bumbum, pernas e barriga, Ioga, Step. Tudo isso eu adoro. Só nao consigo gostar de Body Pump. Achei terrivelmente difícil, segurar peso realmente nao é comigo. Na única vez que experimentei,  me senti uma fisioculturista horrorosa e acabada que esqueceu de tomar seu anabolizante, e fiquei tao dolorida  no outro dia que parecia que estava doente, até me senti febril, doía TODAS as partes do corpo, horrível! Mas to adorando fazer Zumba. Tu conhece? É só danca com ritmo musical latino. Uma mistura de  movimentos que vao de streetdance, axé, salsa, hiphop, danca do ventre e o que mais aparecer, sempre com música latina. A professora é brasileira, uma moca alta, magrinha e que já teve câncer e até hoje precisa ir ao hospital receber doses de alguma coisa que nao conheco, mas que parece ser a pessoa mais animada da face da terra. A aula é lotada, tem gente que faz  Zumba com ela há mais de dois anos. É uma diversao só. A gente entra de cara feia e sai sorrindo pras paredes. A sala é muito cheia,  só perde em quantidade de integrantes pra ginástica pras costas, lotadíssima de velhinhos e eu, que sou a única que fico gemendo de dor o tempo todo (cara, o velhinhos sao demais, dao um banho em mim!).

No primeiro dia de Zumba fiquei me sentindo meio idiota olhando a bunda da professora remexer sem parar, parecia eletrificada a pernambucanazinha, mas como nao se precisa fazer exatamente como ela, eu me virei muito bem pro primeiro dia. Sabe como é, né? Tá no sangue! A música vibra dentro da gente e faz o corpo se soltar. As alemas tentando se requebrar, meio desengoncadas e as três únicas sul americanas (a outra é peruana) soltando a franga à vontade. O mais legal da Zumba é que você se diverte mesmo. O primeiro dia eu fiquei super vermelha, o rosto parecia estar pegando fogo, mas super contente. Aguardo os dias de zumba ansiosamente. Só nao gostei no dia que ela colocou uma tal de mulher melancia pra tocar algo como um funk, me senti RIDÍÍÍÍCULA enquanto ela caia na risada me olhando do espelho, sabendo que nunca iria dancar isso no meu normal... Também curto muito Pilates. É muito bom respirar e perceber como os movimentos corretos com o corpo vao deixando-o mais forte. Ja tinha feito Pilates antes, logo que cheguei aqui, mas como nao entendia uma só palavra de alemao na época, nao podia entender o que a professora dizia e entender as recomendacoes no Pilates é muito importante. Hoje tá tudo bem diferente. 

Só estou há três semanas na academia e vou três vezes por semana, mas to gostando muito. Me sinto fazendo algo por mim mesma, finalmente.
E isso é bom. É muito bom!

14 comentários:

  1. Oi Nina! Obrigada pela visita e comentário lá no meu blog. Te enviei uma resposta por e-mail tá? Espero que chegue ;-)

    Olha, eu também não tenho paciência com ambiente de academia. Nesse ano convivi com a dúvida: entro / não entro pra academia? Mas acabei ficando só com minhas caminhadinhas ao ar livre mesmo. Acontece que musculação é super importante, e por isso o item "academia" entrou pra minha Wish List 2012, rsrsrs. Sério... quando tá chovendo ou nevando lá fora, fica complicado se exercitar no parque! Então acho que não vou ter saída.
    Beijos
    Roberta

    ResponderExcluir
  2. Oi querida!
    Que maravilha que volto p academia... Amiga, confesso que eu também não gosto nada de ir para academia, mas vou assim mesmo, pois sei do bem que isso faz para nosso corpo (e mente tmb, né?)... olha eu faço musculação três vezes por semana (nem sempre vou os dias dias, hoje por exemplo, não fui...rs) e os outros dois dias, faço pilates: ahhh, o pilates, esse eu amo!!!
    Quanto as músicas como axé, não curto...

    Um beijo querida, é isso aí, go ahead! (rs)

    ResponderExcluir
  3. Quero fazer ZUMBA!!! Parece dialeto africano rsrsrs.
    Tem vc no meu blog hoje. Amei seu comentario sobre pequenas felicidades.
    Não resisiti e disse o que penso sobre vc no post de hj.
    beijao
    http://baudaloladiacuy.blogspot.com/2011/12/pequenas-felicidades-e-minhas-anjinhas.html

    ResponderExcluir
  4. Nina
    Eu adorei voce contar sobre ginastica pois com todas as letras eu detesto.
    Faço Pilates porque preciso senão nao fazia.
    Ainda bem que vooce tem queda pra dançar pois herdei de meu pai e nao tenho. Se é pra ir pra direita eu vou torta pra esquerda.
    Viro piada.
    Mas adoro ver as pessoas dançarem! Acho lindo!
    com amizade e carinho d e Monica

    ResponderExcluir
  5. Que legal Nina! Que bom a gente fazer as coisas que gosta! Aproveite, curta bastante sua Zumba!
    Bjssssss

    ResponderExcluir
  6. Oi Roberta, vi o email sim, te respondo em breve, obrigada

    Ju, tbm nao suporto axé, na verdade,ela busca alguns passos da danca, mas nao rola música de axé, as músicas sao sempre do tipo salsa com movimentos de outras dancas. É bem divertido!

    Diacuyyyyy fofucha!que linda tu és, obrigada, anjinha :-)

    Mônica, tu faz pilates e nao gosta? ooohhh peninha.. e olha, desengoncada somos todos nós, mas a gente se vira e é legal qd a gente ri da gente mesmo, eu faco isso o tempo todo.

    "Pódexá" Marli, hj tem! Eeeebaaa!!!

    ResponderExcluir
  7. Nina!!!
    Comecei a ler o seu post e ia passar por aqui pra compartilhar meu horror de academias, mas ai fui lendo e cheguei na estoria da professora cancer survival animadissima e me lembrou de uma amiga muito querida cuja estoria era assim:
    Mae de quatro filhos sendo dois gemeos, casada com academico tao famoso que era convidado pra ir na Casa Branca dar conselhos ao predidente americano (serio mesmo), nos eramos amigas pois nossas filhas eram SUPER amigas e estudavam na mesma pre escola.
    Um dia o medico diz a ela que ela tem um cancer e nao lhe da nenhuma esperanca...ela arregaca as mangas, vai procurar outro medico e depois de muitos meses de sofrimento ela chuta o balde, chuta o cancer na bunda, arruma uma baba, muda de casa,volta a exercer sua profissao e este ano adivinha quem foi convidada a ir na Casa Branca e receber o premio de melhor cientista diretamente das maos do Barack Obama??

    Mas sabe que voce esta quase me convencendo a fazer a Zumba? Ja vi o pessoal fazendo na academia mas nao me atrevo , pois por incrivel que parece eu nao tenho requebrado nao....minha meta quando for passar um ano no Brasil a aprender a sambar, desenvolver o rebolado.

    Ano passado fui fazer Capoeira por insistencia do meu marido, que alias se saiu um senhor capoeirista, (Incrivel, este homem, como ele mesmo diz e negro e brasileiro, e isso que ele diz), mas me deu a maior dor nos Aquiles, fiquei assim por um bom tempo sem saber o que fazer aquilo. Um dia tive um sonho no qual eu estava numa aula de danca, a professora vinha me segurava na cintura e dizia: "Rose, voce precisa mexer com os quadris, pra la e pra ca... " as palavras eram nitidas. Uma semana depois fui pra minha primeira consulta com uma Fisioterapeuta que depois de muitos exercicios e analises me disse:
    "Rose, voce esta andando muito com a parte inferior da perna e isso esta causando muito estresse nos seus Aquiles, voce precisa usar mais os quadris..."
    Acredita????
    A Lola esta falando hoje no seu Bau a respito de Sincronia, e eu so pensando no quanto seria maravilhoso um dia sentarmos eu voce e ela pra um bom cafe com o famoso bolo de fuba dela.

    Um forte abraco e tudo de bom!

    ResponderExcluir
  8. Nina
    Que bom ter lido seu post, voce está tão radiante que me contagiou,estou a 3 anos sem fazer academia, só na caminhada( meio fajuta)confesso, mas voce foi tão empolgante que já vou escrever da minha lista de desejo 2012 *voltar para a academia e ser feliz*
    Cut beijos e mexe as cadeiras

    ResponderExcluir
  9. Oi Nina, minha linda. Xaudade danada de tu...e eu também tava fora esse mês e pior, longe de tecnologia, sistema off. Que delicia que vc ta gostando de sua academia.Esse fator é tão importante pra que a gente não deixe de ir. E essa zumba, já ouvi falar, mas ainda não conheço. Coincidência essa professora sua ser pernambucana, mande um abraço da terra dela, aqui bem distante, diga que aqui as praias estão radiantes! Bj grande

    ResponderExcluir
  10. Oi Nina... eu odeio musculação tbem. Pra mim não tem coisa mais chata para se fazer na academia do que isso. Eu e marido estamos fazendo natação: eu adoro! E eu achei legal ter um espaço na sua academia para deixar seu filhote... eu tenho que deixar minha filha na sogra pra poder ir, hehehe... bjos
    Ich, Hausfrau
    www.ich-hausfrau.com.br

    ResponderExcluir
  11. Pensei mesmo que tivesse desistido do blog....as vezes não tenho tempo nem para pensar muito menos escrever....mas sinto falta porque faz parte de mim.Amei sua visita e seu recadinho.
    Desde jovem frequentei academias ou andava pelas ruas para respirar melhor.Hoje consigo me movimentar muito bem,não tomo remédio para nada e tenho um dinammismo ótimo,tudo por conta de exercícios frequentes.Zumba é a mistura de música com movimentos naturais do corpo...tudo aquilo que vc gostaria de fazer numa festa e não tem coragem....alí vc dança e coloca para fora o seu artista heheheh...nunca fiz, mas já andei bisbilhotando por ai,mas quando chegar aqui no interiorzinho,certamente irei praticar.....muito bom nina,não desista porque isso será colhido também na maturidade...beijokas para vc e Feliz Natalllllllllll

    ResponderExcluir
  12. Vou te confessar minhas futilidades. Adoro dança, odeio musculação. Mas musculação me dá o retorno que quero para o visual do corpo.

    Já dança não vivo sem. Danço muito em casa. Mas tem uma coisa que odeio e quem vem junto com qualquer exercício físico. Odeio suar. Acho que porque uma época da minha vida tive um problema de saúde que me fazia suar muito, fiquei com pavor. Então tudo que me faz suar me irrita. Portanto academia me irrita, além de me dá uma bruta preguiça. Mas um dia voltarei a ela. Mas se voltar vai ser para a musculação e a dança ficará como está, em minha casa. Danço todos os dias, mas quando começo a suar eu paro... rsrs.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  13. Que legal, Nina!!! Já ouvi um montao de gente falar sobre a aula de Zumba: maneira legal de gastar calorias com algo que dá prazer :-)
    Beijoquitas,
    Angie

    ResponderExcluir
  14. Descobri a zumba ha pouco tempo e curto muito tbm! A primeira aula foi dificil pra caramba, quase nao aguenteo de tanto pular, rs... Faco todas as segundas religiosamente com uma professora mexicana que adora dancar salsa! Diversao na certa!! bjsss

    ResponderExcluir