28/05/2011

Pelo que você é grato?

Toda manha ao acordar, minha mãe tinha um ritual. Nós já estávamos na cozinha tomando café ou escovando os dentes prontos pra irmos a escola. Minha mãe ouvia as notícias no rádio e no fim do noticiário, sempre havia esta oração:

"É maravilhoso, Senhor: Meus braços perfeitos; quando há tantos mutilados; meus olhos perfeitos; quando há tantos sem luz; minha voz que canta; quando tantas emudecem; minhas mãos que trabalham; quando tantas mendigam. É maravilhoso, Senhor: Ter um lar para voltar, quando tantos não têm para onde ir. É maravilhoso, Senhor: Sorrir, amar, sonhar, viver; quando tantos choram, odeiam, revolvem em pesadelos e morrem antes de nascer. É maravilhoso, Senhor ter um Deus para crer, quando há tantos que não possuem uma crença. É maravilhoso, Senhor sobretudo: Ter tão pouco a pedir e tanto para agradecer".

Eu sempre achei isso tão bonito! Ficava muito tempo pensando na quantidade de coisas que temos pra agradecer. Como essa oração permaneceu muitos anos sendo ouvida pela casa toda por muitas manhas, ela também me encontrou muitas vezes de mal humor. Nesses momentos, me recusava a entender o que ela dizia. Sim, sim, tenho pernas, tenho braços, tenho casa, mas não tenho isso, não tenho aquilo e nem aquilo outro. Outros dias havia, que ouvia emocionada, até sentir vontade de chorar, e entendia enfim a oração, é verdade, tudo o que a gente quer e precisa, a gente tem...
E assim essa oração nos acompanhou lá em casa por muitos anos. Minha mãe ficava meio que enfeitiçada ouvindo o rádio. Tinha cheiro de café e pão quente com manteiga, às vezes tinha cuscuz, tapioquinha, cará  roxo. E tinha minha mãe cantarolando nos intervalos das notícias, com seus Robertos Carlos,  Nelsons Goncalves, Núbias Lafayete ou Julios Iglesias. E tinha minha mãe rindo com as gracinhas dos locutores e algumas vezes, brigando pra gente se apressar.

Até hoje em dia, quando estamos em sua casa, e ela para pra ouvir a rádio antiga,  essa oração pode ser ouvida. Todo mundo lá em casa, se cala por poucos segundos, e tenho certeza que o coração de cada um de nós, fica palpitando tranquilamente num passo de saudade, do tempo em que éramos pequenininhos... e ouvimos pra lembrar, e sei que cada um dos filhos da minha mãe,  meio que para um segundo também pra agradecer por ser tudo verdade que o homem de voz firme e bonita diz na oração.

Aí eu tava pensando nisso hoje, nessa oração. 
Exatamente hoje quando eu já estava querendo estourar com o fato de ainda não ter surgido o apartamento que estamos procurando. Aqui onde estamos está tudo tão apertado e eu, imediatista como sou, já ia começar a reclamar quando parei pra pensar nesses momentos lá na cozinha da minha mãe. E pensei nela, que nunca vi reclamando de nada!! De nada mesmo. 
Aí fui colocando as coisas em ordem na minha cabeça, como numa lista: Então tá, vamo lá dona Nina Rosa, o que a senhora tem pra agradecer? Caraca! Uma baita duma lista surgiu na minha mente... 

Além de todo meu corpo perfeitao (oi??), eu tenho:
3 filhos maravilhosos, lindos, saudáveis, bons;
mãe e irmãos e sobrinhos incríveis;
um marido maravilhoso;
sogros bondosos;
um teto;
saúde ótima;
casaco quentinho se for inverno;
vestidinhos leves se for verão;
inteligência pra me comunicar num país estrangeiro, nem que seja com mímica;
comida na despensa;
boa vontade, coragem, forca, bondade, honestidade, bom humor, alegria, gratidão...

E muito mais, que não preciso falar aqui porque seria algo beeem longo. 
Não preciso dizer que no mesmo instante, esqueci de reclamar do apartamento, né?
Abri foi uma cerveja, empurrei com o pé a cadeira que atrapalhava meu caminho na cozinha apertada, enquanto dançava com Laura  e nosso querido Michael e fui brindar com meu marido a vida boa que graças a Deus, temos.



E você? Me conta aí o que faz você sentir gratidão.

11 comentários:

  1. Nina...é esse mesmo o segredo,descobrir nossas bençãos e contar cada uma...só assim percebemos quantas são.Acho que todos nós temos o que comemorar.O final da sua história foi demais...Uma cerveja,dançar,ficar bem com o maridão.....Chamo isso de benção,e das grandes........
    Bom domingo ....pensei muito em vc.
    Abraços e Muito amor.

    ResponderExcluir
  2. Eu faço a oração da manhã sempre!
    "No silêncio deste dia que amanhece, venho pedir-te a paz, a sabedoria, a força.
    Quero hoje olhar o mundo com olhos cheios de amor, ser paciente, manso e prudente.
    Fecha os meus ouvidos de toda a calúnia, guarda a minha língua de toda maldade.
    Que só de bençãos encha meu espírito e que no decurso deste dia eu te revele à todos.
    Faço essa oração no café da manhã com a janela aberta e uma natureza aos meus pés...
    Essa oração é linda!!!
    Paz e bem para vc e sua família...

    ResponderExcluir
  3. Seus posts sempre me pegam pela emoção... rs... isso é bom!

    Normalmente sou uma pessoa grata, com as pessoas e com a vida. Detesto quando percebo que fiz algo que denote ingratidão.

    Quando um amigo me ajuda muito, normalmente relevo muito coisa errada que ele faz, por conta da ajuda que me deu.

    Minha mãe mesmo é uma pessoa de temperamento difícil que nunca me dei bem, mas que sou eternamente grata, porque porque foi a única pessoa que me ajudou a sair do vício das drogas.

    E quanto a vida, sou grata sempre, toda vez que acontece algo legal, eu tenho por costume parar e agradecer a Deus, sempre, sempre.

    Acho que hoje em dia o que mais posso agradecer é pelo meu emprego que me propicia realizar uma série de outros sonhos. Acho que minha base atualmente está no meu emprego.

    Agradeço, também, no dia que acordo e não estou sentindo nada, porque tenho umas doenças que me incomodam muito, então no dia que acordo bem, agradeço a Deus.

    Pode tudo isso parecer piegas, mas é só a verdade e sabe que me sinto a vontade pra dizer tudo isso aqui... rs

    Beijocas

    ResponderExcluir
  4. Que texto lindo Nina! Mesmo não tendo fé, muitas vezes me pego chorando e maldizendo a vida e aí, vem meu marido (que é espírita) e me diz: temos tudo, só nos falta o material, dinheiro, o resto, temos tudo: saúde, filhos ótimos, nos amamos, (embora às vezes a situação financeira abale um pouco as estruturas)...mas o básico, o que dá chão à gente, nós temos. Ele credita isso à deus...e eu credito à vida e ao acaso...não acho que é culpa de ninguém seja ele deus ou não pelo que passo. Mas acho que esse jeito dele, e da sua mãe tb, de enxergarem a vida, conforta nas horas de agonia. Eu, como não tenho o conforto da fé, vou acreditando que uma hora tudo melhora. A vida é cíclica...beijos Nina,

    ResponderExcluir
  5. Oi Nina
    Eu agradeço cada manhã por meus sentidos perfeitos, pela minha familia, pela minha saúde, por morar onde moro, pela minha profissão, pelos meus amigos, por ser vivente entre tantas outras coisas...
    Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Eita que esse apartamento vai aparecer! E quando vier do jeitinho para voces, pode ter certeza =)

    SAo tantas coisas para agradecer! Todos os dias, essa oracao na radio deve dar muita paz mesmo. E bom fazer uma oracao, mas acho que muitas vezes ouvir uma oracao toca mais.

    Eu vou agradecer hoje em especial pelo aniversario da minha mae queridona. Agradecer pela saude dela e por tudo que ela fez e faz por mim! Sou grata pela vida que Deus deu a mim, atravez dela.

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  7. Nina, ando muito áspera e reclamona, mas muito mesmo! Mesmo tendo o corpo perfeito, saude perfeita, filha perfeita, mãe maravilhosa, família bacana, marido nem tão perfeito mas lindo de viver, ... e tudo mais, não consigo parar de resmungar. Isso é muito chato. Até eu acho. Vou tentar melhorar e só agradecer.

    beijos, beijos, querida.

    ResponderExcluir
  8. Nina, somos eternos insatisfeitos.
    Queremos as coisas "pra ontem" e aí ficamos frustrados se não conseguimos.
    Sou muito de agradecer, tenho os mesmos motivos seus.
    (filhos, marido, casa onde me abrigar, comida, saúde, etc.,etc.)
    Basicamente os mesmos motivos de todas as pessoas.
    Espera com calma...Quando menos pensar, o apartamento ideal vai aparecer. Tenho (a) certeza!

    ResponderExcluir
  9. Oi Nina,boa noite !!!
    Tenho e muito que agradecer a Deus,pela paciência de me escutar todos os SANTOS DIAS durante 5 anos,pela manhã,tarde e noite...e qdo finalmente já nem mais lágrimas tive...o sol brilhou novamente em nossa casa e o esperado aconteceu,mais ou menos um mes atrás...Deus estava preparando ALGUÉM para nos dar uma oportunidade...ou melhor,para meu marido...um trabalho...um emprego...todos nós choramos de felicidades e agradecimento !!!
    Porque Nina,para alguém q foi criado escutando q o homen,o pai e marido TEM Q SER O PROVEDOR,é barra !!
    Os filhos trabalhando e ajudando nas despesas,tudo bem...não para ele!!! Era uma vergonha,na cabeça dele,não na nossa,entendeu ???
    Então minha querida Nina,TEMOS MAIS AQUI EM CASA que AGRADECER A DEUS MESMO e sempre!!!
    Desculpe-me,mas precisei dividir esta minha alegria!!!
    beijos carinhosos.
    Vania.

    ResponderExcluir
  10. Oi Nina, esta perspectiva realmente precisa ser evocada, todas as manhãs, como um belo ritual de agradecimento... Que pena a gente se esquecer das coisas boas e priorizar o que nos "falta"...
    Vc querida, sempre muito sábia...
    Bjs, saudade!
    Márcia

    ResponderExcluir
  11. Hahaha...adorei Nina, a parte da cadeira morri de rir!!!
    Lembrarei muito do teu post quando me pegar pensando exatamente o mesmo que você em relação ao espaço físico que vivemos...rs!!
    Bjks.

    ResponderExcluir