25/10/2010

Emma

ela disse ter vivido muito e visto muitas coisas
ela fez dois filhos, uma já se foi com 6 anos, na guerra
e o outro filho já velhinho,
vinha sempre visitá-la
ela é gentil com todos
ela precisa sempre de lenco de papel
o lenco de papel se chama "Tempo"
e ela precisa sempre de tempo
e o tempo passou por ela e ela por ele
o marido já se foi faz tempo com certeza
e a única certeza que ela tem é que ela está bem
ela nao sabe o que fez ontem
e nem sabe o que vai fazer amanha
ela só sabe dizer "vielen, vielen dank"
ela me deseja "alles alles gute"
ela me pergunta meu nome
e fica feliz ao saber que sou Nina
assim como sua sobrinha Nina
ela se chama Emma
93 anos e é uma menina
minha vizinha
ela é minha inspiracao
emma, minha menina

* * *

seus olhos azuis tao pequenos já viram muito
suas pernas hoje quase imóveis, já dancaram por muito saloes
seus ouvidos hoje quase surdos já ouviram muito boa música
suas maos frágeis já tocaram muitas coisas e pessoas

e hoje
sem saber ela me faz enxergar melhor
me inspira a também querer dancar no tempo,
pelo tempo
com o tempo
ela me inspira a ouvir mais e melhor
sem saber
hoje ela me toca...

* * *

obs. conheci Emma quando estive no hospital há mais de um ano, e hoje eu ando com uma vontade de ligar pra casa do filho dela, mas to com um medo de ouvir que ela nao está mais neste mundo... tem algum tempo, a minha filha quebrou sem querer a xicrinha de porcelana chinesa que ela me deu...apesar de eu ter conseguido colar direitinho os caquinhos, levei isso como um sinal.
será que devo telefonar???

10 comentários:

  1. Liga! De qualquer forma essa EMMA que vc escreveu aqui vai continuar viva sempre. =)

    ResponderExcluir
  2. Oi, Nina!
    Voltei! Primeiramente, obrigada pelas gentis palavras que deixastes no meu blog e o mesmo sinto quando venho aqui, tanta sensibilidade e força numa pessoa tão frágil e delicada como você.
    Bem, eu já tive uma vizinha assim quando morava em Petrópolis. Tinha 96 anos e sempre que eu podia estava lá em contato com ela, pois nossas conversas era como se eu abrisse um livro de história e eu adorava ouvir aquilo tudo que ela tinha pra contar.
    Liga sim! Se ela aqui não mais estiver, o filho pelo menos ficará feliz com sua ligação.
    E olha, passa lá no meu blog porque o assunto é de seu interesse, tenho certeza.
    um grande abraço carioca

    (Amei o novo layout)

    ResponderExcluir
  3. gostei muito do seu blog
    eu to começando...me segue:
    http://vidaazulerosa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Nina, ligue sim! Se andas pensando nela é porque deves ligar! Provavelmente ela também anda pensando em ti...
    Beijos!

    ResponderExcluir
  5. Oi Nina!
    OLha é triste mesmo perder uma pessoa que amamos...
    Mas eu acho que vc deve ligar sim, pq se ela ainda estiver com a gente vc vai ter a oportunidade de escutar ela ou até menos poder ver ela outra vez...

    Se vc tem vontade ligua sim. Mesmo que talvez ela não esteja mais aqui...
    Porque se não estiver vc já ganhou em ter ela por algum tempo.....

    Liga sim!

    Dani...
    Bjos querida...

    ResponderExcluir
  6. Valeu meninas, vou ligar sim, hj mesmo. Tava precisando de um empurraozinho, mas vcs estao certas, pra que temer o que ainda nao se sabe?? e ela merece,mesmo que já nao lembre de mim, vou procurar sim... obrigada gentes boas :=)

    ResponderExcluir
  7. Nina, tenho muito medo de perder as pessoas que amo e talvez por isso as ignoro quase que inconscientemente para evitar (ou adiar) a dor. Complicado, não?

    beijos.

    ResponderExcluir
  8. Nina, lembro da primeira vez que vc falou da Emma, me encantou...
    Liga sim, pq talvez essa urgência em saber dela se tranforme na certeza que ela está bem.
    Bjusss

    ResponderExcluir
  9. Linda a Dona Emma. Vontade de abraçá-la...
    Beijos, linda Nina!

    ResponderExcluir