24/06/2009

Geração preguiça

Não adianta, ninguém me convence!
Ninguém é capaz de me fazer mudar de idéia, de pensar que a época de hoje é melhor que a de ontem. Que o que os meus filhos vivem hoje é melhor do que o que eu vivi.

Desde quando menino em frente a televisão, computador e playstation é menino que sabe o que é bom?

Não gosto, não gosto, não gosto do que as crianças de hoje em dia fazem. Passam o dia inteiro em frente dessas coisas tecnológicas, não se movimentam, não brincam na rua, não fazem esportes, não brincam de vôlei, não patinam, não pedalam, socorro! O que fizeram com essa nova geração?

A gente cresceu, virou pai, mãe, vivemos tudo de lindo na nossa infância (ou quase tudo de lindo) sabemos o que é brincar na rua, formar amizades num piscar de olhos, se enturmar, brincar de barra bandeira, pedalar descendo feito loucos as ladeiras da nossa rua, patinar em trenzinho, pular amarelinhas, corda, soltar pipa, se reunir em frente a nossa casa, conversar com os amigos, virar de cabeça pra baixo, pular na piscina fazendo acrobacias, brincar de boneca, de casinha, deixar nossas mães loucas com nossas peripécias... sabemos de tudo isso e não nos esforçamos pra passar aos nossos filhos?? Nos contentamos em contar historinhas de como era no nosso tempo...

Aaaaaii isso me deixa chateada.
Putz, eu sei o quanto foi bom!! Ao ver meus filhos grudados na tv, no computador, me dá uma agonia que vocês não imaginam. Se eu falo alguma coisa eles vem com a famosa frase: - Mãe, vivemos em outros tempos!

Mas que bela merda de tempo esse, viu???

Eu fico é muito puta! Com perdão da palavra. Fico puta, fula da vida mesmo, quando menino prefere ficar no playstation a ir brincar com os amigos na quadra de futebol, quando a menina prefere ficar no orkut, ao invés de ir colocar os patins e ir pra rua, curtir o ar fresco. Quando eu aviso que vamos passear de bicicleta no sábado e eles dizem: "Aiiii, porque?? To cansado!"
Menino do céu, e desde quando criança cansa?? Cansado de que??? Tá bom, vai, aquela meninada que faz mil cursos durante a semana depois da escola e não tem tempo de respirar, eu entendo, mas os meus, só tem as aulas normais e algumas aulinhas básicas de esporte, faça-me o favor.

Se eles não fossem obrigados a ir a escola eles ficariam o dia todo com a bunda grudada numa poltrona. Mas o que é isso minha gente? Os meninos de hoje não querem mais se movimentar... preferem rir das pequenas comédias da tv, olhar pras perninhas magrelinhas da Hannah Montana, ou rir das travessuras do Ned e seu manual pra aguentar a escola (ok, desse aí até a mamãe gosta), mas gente, porque???? Porque??? Quando foi que começou isso? Eu peguei o bonde andando e não me avisaram em qual estação descer. Fui empurrada do bonde num lugar onde ninguém se diverte mais entre amigos (tá certo, to exagerando, como sempre, os meninos tem muitos amigos, se encontram com eles, Laurinha está sempre encontrando as amigas em dias que não tem aula, vão aos parques, ao cinema juntas, João tem amigos aos monte na escola e no futebol que joga duas vezes por semana, mas fora esse tempo, eles ficam o dia todo parados!

Tá certo, ela lê muitos livros, ele, ele?? hmm, ele joga playstation... Tá vendo?? Socorro de novo, alguém me dá um calmante por favor, porque eu to uma mãe quase desesperada.
Não consigo aceitar isso numa boa. Acho que estou precisando de um terapeuta com urgência.

Me interna mano!

9 comentários:

  1. Um tempo na minha infância brinquei muito mesmo, mas depois que conheci a biblioteca municipal era difícil alguém me tirar do quarto hehehe
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Puts, e verdade! Eu acho que eu peguei o final do pessoal dessa epoca. Porque eu brinquei muito de amarelinha, caracol, queimada, andar de bicicleta, jogar algum jogo na frente de casa, brincar de boneca de baixo da mesa, tentar matar calango com estilingue, tudo bem que isso era atividade dos meninos, e depois que vi um morto, nao quis mais saber disso! Porque tadinho dus bixim! Subir em arvore, chupar manga e chegar em casa com a blusa manchada, tomar banho de chuva embaixo da eternite... tudo isso e bom demais!
    Mas por aqui, querendo ou nao as criancas precisam ter atividades para fazer dentro de casa tbm. Porque no inverno, nao da para ficar na rua por muito tempo ne? O Ruben passeava na floresta no inverno e tal, mas nao era todo dia, acho que ele tbm teve um playstation pre-juracico, mas teve...alem dos milhares de livros, legos... mas nada de muito moleque. Acho que isso quem curte mais sao criancas de interior, ou que tenha parques perto de casa, ou fazendas. Meninos de apartamento, aproveitam tbm, mas de uma forma diferente.
    Agora tecnologia demais eu tbm nao gosto. Da para pirar!


    bju bju

    ResponderExcluir
  3. Amarelinha, brincar de elástico, escode esconde, pega pega, jogar caçador, volei etc e tal, tb está no passado....Já se foram, o que é uma pena!

    Eu como vc, também ñ me conformo....
    Até os desenhos mudaram....
    O que eles querem ver mesmo, sao esses desenhos de Japonês que só tem luta.....

    Em fim, isso é triste!

    ResponderExcluir
  4. Nina, posso estar errada, mas acho que cada época, uma época. O Davi vive insistindo pro Caio ir brincar na rua com outros meninos(e cadê os outros meninos???), que na época dele, ele ia sozinho com os primos nadar no São Francisco(o velho Chico!), que comia manga do pé, que andava de bicicleta pela cidade inteira, etc, etc... Eu pego mais leve, em dia bonito não deixo ficar dentro de casa e pronto, vamos brincar de correr com a Pepita, vamos lavar calçada, limpar a grama(tirar matinhos), varrer a calçada da rua, ir no jardinete...
    Hoje em dia não dá mais pra largar assim não. Até em Condominio tá perigoso. Eu acho que hoje em dia as crianças precisam de supervisão, porque tem maldade muito "má" por aí, fica dificil deixar o filho brincar na rua a vontade como era na nossa época, eu não quero pensar que minha infância foi melhor que a dos meninos, eu quero pensar que é diferente, que o Caio, se fosse um menino na minha época sofreria horrores, porque é muito timido, o Pedro seria dificil de controlar porque tem um geniozinho do cão(hahahahah).
    E eu ainda me lembro quando minha mãe deu de presente pra gente um Atari, todo mundo da rua ia lá pra casa jogar, passavámos horas e horas grudados na tv...
    Outra época...

    mas quanto ao titulo eu acho que você está super certa, nunca vi crianças tão cansadas como essas...

    Beijins:*

    ResponderExcluir
  5. rsrs passei para reconpensar sua visitinha !

    ResponderExcluir
  6. O mertiolato da mamãe não parava cheio. Tantos eram os arranhões esfolões, que as brincadeiras de rua nos causavam. bj

    ResponderExcluir
  7. Ro, eu tbm adorava ler e deixei de ir a mts festinhas com minhas irmas e os amigos delas, por causa disso. Eu ADORAVA ler e poucos entendiam isso, só me viam como a menina super tímida que eu era :(

    É Chris, maninha, mt brincadeira boa mesmo, nossa, como era bom! Tecnologia é bom, mas tbm acho que demais, deixa a gente cego. Sabe que meu marido nao tem mts lembrancas boas da infancia?? acho triste... acho que aqui as coisas foram meio diferentes, os pais eram mt rígidos.

    Brincar de elástico Dani, era mt legal, no último verão, brincamos tbm Laura, eu e duas menininhas belgas, foi SUPER divertido. As menininhas nao conheciam, e depois de um tempo nao queriam brincar de outra coisa, foi bem engracado :)

    Soninha, eu super entendo o que vc disse, acho até que vc mostra uma grande sabedoria em encarar as coisas assim. Entendo o que o Davi fala (vivemos as mesmas coisas) e acho mt bom como vc lida com isso. O que me incomoda nos meus meninos, é que se eu nao os mando brincar eles nao vao!! e se eu deixar, eles ficam o dia INTEIRO na poltrona em frente a TV, e ao desligar, Laura vira pra mim e fala: "posso usar o pc??" Fora o fato de viverem cansados. É isso que me chateia. Sei que os tempos sao outros, que nao há mais tanta seguranca, e nao quero que eles vao brincar tao longe, qd eu falo em brincar, é aqui em frente a nossa casa, no jardim, ou na rua aqui, só isso, mas eles nao vao. Mas pensando em perigo, entendo que parece ter aumentado, mas eu lembrei de um fato agora, qd ia pra escola, caminhada que durava quase meia hora, era mt comum ter um taxi parado no caminho da escola, e dentro dele o motorista abria o ziper da calca e ficava exibindo o seu pinto pras meninhas de 10, 11 anos, que passavam, aquilo era perigoso, o homem era um tarado miserável, a gente via o taxi e ja saia correndo, e minha mae nunca soube disso, quem tinha vergonha era a gente, perigo teve sempre, inclusive, era extremamente comum, mulheres ou mocinhas serem estupradas, todo dia aparecia uma perto de casa que na noite anterior havia sido atacada por um maldito desses, e isso tem mais de vinte anos! mas de fato, os tempos sao outros, o que eu acho uma grande pena :(

    Valeu Ysa!

    Susi, merthilate??? ahahahaha, esse mamãe comprava caixas e caixas, porque a gente vivia se machucando, tudo era merthiloate, ooohh trocinho ardido :)

    Bjs meninas

    ResponderExcluir
  8. Mana eu to quase entrando em uma discursao filosofica dessa com uma amiga sobre a TV. Nao acho que a culpa seja das criancas... e nossa de permitir que isso aconteca. Controle, regule, imponha horários. nao concordo em tirar. Algumas vantagens esses eletronicos podem proporcionar se bem empregados, mas assim como a gente tinha horario para brincar na rua e nao podia ir muito longe, eles tb precisam de controle!

    ResponderExcluir
  9. é impossivel viver sem tecnologia, e a TV e o modo de informação, entreterimento e aprendizagem maisfacil e eficaz da atualidade , né ? sua blogeira inveterada, viciada e futurista

    ResponderExcluir