06/02/2009

Olha a barata!!

A Cris me fez lembrar do meu filho com cerca de 10 meses de vida.
* * *

Ele ainda não andava, claro, só engatinhava pela casa. Quem conhece o Amazonas sabe que tem bichinhos e bichões a qualquer hora do dia, em qualquer lugar, em qualquer época.
Meu filhinho saia pela casa, apressadinho com seus joelhinhos, a descobrir novidades pelo chão. Ia de uma ponta a outra da casa e era tão rápido que dificilmente nós o achávamos. Alguém perguntava: - Cadê o João hein?? E alguém de lá respondia: - Ora, segue a trilha...

A tal trilha era de restos mortais dos bichinhos que ele ia comendo pelo caminho. Um cardápio variado, esperava meu filhinho, que ia catando pelo chão os bichinhos, e comendo um por um, pelo caminho, o que sobrava dos bichinhos era deixado pras formigas degustarem...

Eu já não sabia o que fazer pra aquilo parar. Colocar uma plaquinha na porta de casa, proibindo a entrada de bichos? Detetizar uma casa no interior do estado do Amazonas?? Como? Com duas crianças pequenas? Mudar de casa? Não interessa pra onde você vai no Amazonas, vai ter sempre bicho por perto. Vigiar o moleque 24 horas por dia? Sem chance!

Isso deve ter durado uns bons meses, até que um dia vi os restos de uma barata! Aquilo foi o fim pra mim!! Não lembro o que fiz, só sei que nunca mais deixei o moleque no chão sem supervisão.

Barata é demais, não acham??

infantil - a barata


Os bichinhos preferidos dele?
Gafanhotos, besouros, formigões, abelhas e a campeã era uma minhoquinha avermelhada super crocante que tem lá na terrinha, e que eu esqueci o nome!

E aí? Abriu o apetite?


Ahh que alívio, meu filhotinho não estava de todo errado :)
Valeu Dan!

20 comentários:

  1. Hahaha - adorei as travessuras do seu pequeno :o) Afinal, quem sabe o cardápio dele nao era mesmo gostoso, e somos nós que temos preconceito de comer os ditos cujos? :o))) Mas, tens razao Nina: barata nao, hahaha :oD
    Beijos,
    Angie

    ResponderExcluir
  2. Gente do ceu!!!ahauhauuahauahua
    Realmente barata e mais nojento, mas o resto dos bixinhos sao mais "saudaveis" hhehehe, come mais folhinha, florzinha e tal. Agora tem que ser cabrinha machinho para degustar e degustar de novo!! Tem um programa do discovery, que um cara come cobra, insetos, sapo, tudo vivo....ai sim e demais! hehehe

    Bjks e otimo fds!!

    ResponderExcluir
  3. Ai, não me abriu o apetite não,mas criança tem dessas coisas, adora por tudo na boca.
    Meu filho quando pequeno adorava lander corrimão de escada rolante, se eu não ficava atenta lá tava ele lambendo. Crianças, crianças.....bjs

    ResponderExcluir
  4. Nina, o nome da tal minhoca vermelha e crocante, não seria embuá, também chamado piolho-de-cobra (NC: Lulus sabulosus cllindroiulus)? Tem mais, li na web que comer terra faz bem. Destaque para a foto de um bebê fofo, com a boquinha cheia de lama. O endereço é esse aqui: http://super.abril.com.br/blogs/cienciamaluca/145478_post.shtml.

    ResponderExcluir
  5. ahahah, exato Dan! valeu! rsrsrs, era esse aí mesmo, rsrsrs

    ana, lamber corrimão de escada rolante? pelamordedeus, ahahaha

    chris, o cabrinha era machinho mesmo, ele sempre dizia: "eu macho"! rsrsrs quando as meninas o chamavam pra brincar com elas, mas logo depois, ia brincar com as meninas :)

    vai ver né Angie, o cardápio era até saudável...

    ResponderExcluir
  6. Oi Nina!
    A gente fala inglês um com o outro. Engracado, nao? :o) Mas ele arranha o portugues, eu arranho o espanhol, e ambos falamos alemao :o)
    Beijocas,
    Angie

    ResponderExcluir
  7. Ai que nooojo!
    Coitado do João se ele ler isso,rs!
    Será que ele tem parente na China? Rs
    Ai ai...Maluquinho seu bebê.

    ResponderExcluir
  8. Humn, Nina tenho pavor de barata hehehe
    Bjs.

    ResponderExcluir
  9. imaginem uma pessoa enjoada hoje....

    eu!

    ResponderExcluir
  10. Enjoada por que?????

    Gente, que cômico essa do João!!! rssssss...Meu Deus!!!!!!

    Nina, te mandei um e-mail, mas acho que mandei para o antigo. Achei o novo agora e vou escrever de novo...Tava precisando tanto, sabe????

    Beijo,

    Rê.

    ResponderExcluir
  11. Nininha, aqui em Curitiba temos uma vilã, a aranha marrom então por medo da danada e por prevenção também, antes de colocar os meninos no chão, eu dava uma geral bem grande nos cantos, graças a Deus nunca tive problemas com isso, mas quando o Pedro começou a se encantar pelo Homem Aranha o meu medo voltou, eu ficava cheia de neuras achando que se ele visse uma aranha ia deixar ela picar ele, o que sem exagero, era muito provável de acontecer.
    Hoje ele já entende o perigo, mas é sempre bom alertar né?
    A mãe da Amanda comia tijolos quando era bebê(sei disso porque quando a Amanda nasceu a ex-sogra do meu irmão só falava nisso), uma prima comia papel higiênico(limpo, mas já deixava os mais velhos de cabelo em pé), eu gostava de comer pétalas de rosa e beijo(sei que tem outro nome), comi até os meus 11 anos, depois mudei a dieta hahahah

    Mas como já diziam os mais velhos:"o que não mata, engorda"

    Beijins:*

    ResponderExcluir
  12. Nina e sua floresta interiorizada.
    Beijos,
    Bel

    ResponderExcluir
  13. ahahah crianças..
    essas coisas marcam..
    espero ter um filho um dia pra viver tudo isso..

    bjos Nina!!

    ResponderExcluir
  14. Nina, uiii mulé, me deu um arrepio agora!
    Outro dia eu estava assistindo um desenho na tv alemã com a Mariana e era um tal de quem comia mais insetos (um tamanduá e um outro animal que não me lembro agora). Juro que fiquei com náuseas. :/

    Mas o que importa é que ele tá aí, belo e formoso (haha, papo de vó isso!)... haha...

    Beijos!!

    ResponderExcluir
  15. Puxa, Nina,sempre deixei meus filhos à vontade, não sou nem de ficar mandando lavar as mãos, mas acho que nunca comeram nenhum bichinho.A não ser , que ao contrário do João, eles não deixavam rastros, saboreavam tudinho...rsrs

    ResponderExcluir
  16. Seu filhinho provou entao de "tudo" né? Concordo com vc; depois da barata, alguma medida tinha q ser tomada. rsrsrs Bj

    ResponderExcluir
  17. Minha mãe comia tijolos?? O.O
    Hahaha!

    Nina, talvez isso seja nojento, mas o que seria do João se ele não tivesse essa história pra contar pra os netinhos? Hahahá

    Falei pro meu pai e ele disse: - Nada aí faz mal pra saúde!
    Mas eu não me arrisco!!

    Beijos Nina*

    ResponderExcluir
  18. Obs: A parte do "Mas eu não me arrisco" fui eu quem disse!

    ResponderExcluir
  19. Muito legal. Crianças são nossas alegrias.
    Passei pra deixar um beijo

    ResponderExcluir
  20. Niníssima!!!!!!
    Vou ler este texto sempre antes de comer. Aí perco o apetite e emagreço!! hehehehehe...
    Recebeu minha cartinha???
    Nossa! Como demorou!
    Mas que bom que chegou.
    Bjo lindona e uma ótima semana pra ti!!!

    ResponderExcluir